Subimos aos céus para comemorar os 460 anos de São Paulo

No próximo sábado (25 de janeiro), a maior cidade da América do Sul completa mais um aniversário. Para comemorar os 460 anos da mais frenética e incompreendida cidade brasileira, o Viagem em Pauta selecionou algumas fotos tiradas do alto para provar que, pelo menos lá de cima, esta metrópole de mais de onze milhões de habitante também tem suas qualidades (além de um certo talento panorâmico).

São Paulo não tem cenários naturais paradisíacos como os de outras cidades do País e nem mesmo o apelo internacional de destinos como Nova York ou Buenos Aires, mas o pequeno vilarejo erguido por jesuítas no alto de uma colina, em 1554, cresceu, ficou maduro e, apesar de seus eternos problemas de deslocamento e insegurança, segue fascinando os que insistem em sobreviver nesta selva de concreto.

3
Símbolo máximo de São Paulo, a avenida Paulista possui 2,8 quilômetros de extensão, por onde passa todos os dias 1,5 milhão de pessoas, e abriga os eventos mais populares da cidade como a Parada GLBT, a Corrida de São Silvestre e a festa do Reveillon
Vista aérea da avenida Paulista, considerada a primeira via a ser asfaltada e arborizada, em 1891. No final do século 18, esta movimentada avenida paulistana era apenas uma grande floresta
Vista aérea da avenida Paulista, considerada a primeira via a ser asfaltada e arborizada na cidade, em 1891. No final do século 18, esta movimentada avenida paulistana era apenas uma grande floresta
5
Vista aérea da Marginal Tietê, via expressa às margens do rio Tietê que dá acesso a diversos bairros das zonas norte, leste e oeste da cidade. Construída a partir dos anos 50, está avenida é a primeira visão que forasteiros têm ao chegar em São Paulo por rodovias como Anhanguera, Castelo Branco, Fernão Dias e Presidente Dutra
16
Construída a partir de 1913 e inaugurada 42 anos mais tarde, a atual versão da Catedral Metropolitana de São Paulo (ou apenas Catedral da Sé) é a maior igreja da cidade, com 92 metros de altura. Localizada em frente ao pequeno monumento de mármore que determina o Marco Zero de São Paulo, a obra é considerada um dos maiores templos neogóticos do mundo
17
Do 26º andar do Edifício Martineli é possível ver outro símbolo histórico de São Paulo: o Vale do Anhangabaú. Localizado no centro, o Anhangabaú (“rio ou água do mau espírito”, em tupi) abriga jardins e esculturas, e é também palco para eventos e manifestações políticas da cidade
18
Vista aérea da São Bento, uma das ruas que formam o centro histórico de São Paulo, na região da Sé
8
Inaugurada em 1801, a Igreja da Consolação tem projeto assinado pelo mesmo arquiteto que construiu a Catedral da Sé, o alemão Maximilian Emil Hehlé. De estilo neo-românico, a igreja é um dos destaques arquitetônicos da região da Consolação e da Praça Roosevelt
7
Vista aérea do viaduto que passa sobre a Praça 14 Bis, na região da Bela Vista, bairro paulistano conhecido, tradicionalmente, pela grande afluência de imigrantes italianos, em décadas passadas
2
Final de tarde na região da avenida Nove de Julho, com as tradicionais antenas de televisão da Paulista, ao fundo. Esta é uma das principais vias paulistanas que ligam o centro da cidade e a região sul de São Paulo
6
São Paulo vista do resto-bar Skye, localizado em um dos estabelecimentos hoteleiros mais badalados da cidade: o Unique, hotel-design com projeto do arquiteto Ruy Ohtake (foto: Divulgação)
9
Todos os anos, motoristas e a população menos consumista de São Paulo reclamam do caos que se forma ao redor da decoração natalina ao longo da avenida Paulista. Mas já não dá mais para negar que este é um dos eventos que mais vem crescendo, nos últimos anos, e atrai visitantes de todos os estilos
12
Final de tarde na região da avenida Paulista, considerada a primeira via a ser asfaltada e arborizada na cidade, em 1891. No final do século 18, esta movimentada avenida paulistana era apenas uma grande floresta
14
São Paulo vista a partir do edifício Altino Arantes, no centro histórico da cidade. Conhecido, popularmente, como Torre do Banespa, este prédio de 1947 com 35 andares já foi considerado a maior construção em concreto armado do mundo e teve inspiração no Empire State, em Nova York
São Paulo a partir do mirante do Pico do Jaraguá (foto: José Cordeiro/SPTuris)
São Paulo a partir do mirante do Pico do Jaraguá (foto: José Cordeiro/SPTuris)

Saiba mais sobre as atrações deste álbum de fotos
Voos de helicóptero
Os sobrevoos de helicóptero em São Paulo são operados pelas empresa Helimarte e pela agência Andanças. O voo com duração aproximada de 30 minutos passa por pontos como o Sambódromo, Estação da Luz, centro histórico, avenida Paulista e o Parque do Ibirapuera, e custa a partir de R$ 330 por passageiro.

Catedral da Sé
Praça da Sé, s/nº
Tel.: (11) 3107-6832
Aberta d
e segunda a sexta, das 8h às 19h; aos sábados, das 8h às 17h; e aos domingos, das 8h às 13h e das 14h às 18h.
www.catedraldase.org.br

Igreja da Consolação
Rua da Consolação, 585
Tel.: (11) 3256-5356
As missas acontecem de s
egunda a sexta (7h, 12h e 18h); sábados (8h, 12h e 18h); e domingos (8h, 10h, 12h, 18h e 20h)

Hotel Unique e bar Skye
Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 4700 (Jardim Paulista)
Tel.: (11) 3055-4700
O bar está aberto das 7h às 11h; das 12h às 15h (de segunda a sexta); das 12h às 16h (aos sábados) e até as 19h (aos domingos). O jantar é servido de domingo a quinta (das 19h à meia-noite) e até à 0h30 (às sextas e sábados).
www.hotelunique.com.br

Edifício Martinelli
Avenida São João, 11 – Centro
Tel: (11) 3104-2477
As visitas acontecem de segunda a sexta (das 9:30 às 11:30 e das 14h às 16h); aos sábados (das 9h às 15h); e aos domingos (das 9h às 13h).
www.prediomartinelli.com.br

Torre do Banespa
Rua João Brícola, 24 – Centro
Tel.: (11) 3249-7180
De segunda a sexta (das 10h às 15h)

 

Salvar

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. SP 460: São Paulo vista de um ângulo diferente | Catraca Livre
  2. SP 460: São Paulo vista de um ângulo diferente | Blog Novo Turismo

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*