Em Puerto Varas, no Chile, hospedagem rima com arte

Na recepção, o imenso mapa ainda lembra o passado europeu; nas paredes dos corredores, pinturas abstratas desviam a atenção de quem passa; e no chão, ferramentas antigas dividem espaço com objetos de arte contemporânea.

O cenário até parece uma galeria ou um pequeno museu do Velho Continente, mas é o El Greco, hotel-pinacoteca localizado na chilena Puerto Varas, na Região dos Lagos, uma das principais portas de entrada para a Patagônia chilena.

LEIA TAMBÉM: “Vulcões da América do Sul

Fachada do hotel El Greco, opção de hospedagem em Puerto Varas que funciona nas antigas dependências de um colégio local que foi desmontado e reerguido em um novo endereço (foto: Eduardo Vessoni)
Fachada do hotel El Greco, opção de hospedagem em Puerto Varas que funciona nas antigas dependências de um colégio local que foi desmontado e reerguido em um novo endereço (foto: Eduardo Vessoni)

A ideia de criar um hotel interativo como esse começou na década de 60, quando o professor de artes plásticas Alfredo Vidal sugeriu que seus alunos criassem souvenirs para serem vendidos para os turistas que visitavam a pacata cidade construída em frente ao vulcão Osorno, em uma época em que o setor turístico ainda não tinha se firmado como principal produto da região.

Sem saber, Vidal rascunhava um caminho que o levaria da sala de aula para a administração hoteleira.

Mais do que uma opção de hospedagem na bela e florida Puerto Varas, um dos destinos mais visitados no Chile, o El Greco é uma sala de aula viva. Não só pelo acervo que seu proprietário colecionou durante os últimos anos, mas por sua arquitetura emprestada, literalmente, da Alemanha.

Detalhe da decoração do El Greco, hotel-pinacoteca localizado em Puerto Varas, no Chile (foto: Eduardo Vessoni)
Detalhe da decoração do El Greco, hotel-pinacoteca localizado em Puerto Varas, no Chile (foto: Eduardo Vessoni)

Inaugurado em 1981, o hotel passou por uma reforma ousada, em 2008, quando o Colégio Alemão da cidade decidiu mudar de endereço e modernizar suas instalações.

Vidal, que também havia sido professor nessa tradicional escola da cidade por 15 anos, viu uma oportunidade no que, certamente, se transformaria em sucata. Por isso comprou toda a estrutura do colégio, desmontou-a e a reergueu em um novo local.

“Mais do que inaugurar um hotel, fiz um resgate da minha própria história como professor”, conta o empresário.

E haja história.

Detalhe da decoração do El Greco, hotel-pinacoteca localizado em Puerto Varas, no Chile (foto: Eduardo Vessoni)
Detalhe da decoração do El Greco, hotel-pinacoteca localizado em Puerto Varas, no Chile (foto: Eduardo Vessoni)

No saguão, instalações e objetos produzidos por artistas latino-americanos estão ao lado de peças históricas como um acordeão do final do século 19 trazido pelos primeiros colonos alemães que deram o tom europeu a Puerto Varas e que serviu como instrumento de ensino nas aulas de música.

Nos corredores dos quatro andares estão expostos quadros produzidos por ex-alunos ou doados por amigos pintores. As portas dos quartos são as mesmas utilizadas nas antigas salas de aula e os móveis são carteiras adaptadas.

Da arte para o turismo, do turismo para a arte. E agora de volta para a sala de aula.

VEJA GALERIA DE FOTOS: Chile em 27 imagens

SAIBA MAIS
Hotel Pinacoteca El Greco
Mirador, 134 (Puerto Varas)
Diárias a partir de US$ 84, com café da manhã incluído.
www.hotelelgreco.cl

Como chegar a Puerto Varas
A viagem de ônibus a partir de Santiago dura 12 horas, aproximadamente, e pode ser feita com as seguintes empresas: Tur Bus, Condor Bus, Cruz del Sur eJAC.

De avião, a viagem dura 1h40 e os voos entre a capital do Chile e Puerto Montt, vizinha a Puerto Varas, são operados pela LAN e pela Sky Airline

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*