No ‘Dia do Cinema Brasileiro’, confira locações de filmes nacionais

Em homenagem à gravação de “Vista da baia da Guanabara”, que teria sido filmado no Brasil pelo italiano Affonso Segretto, no dia 19 de junho de 1898, hoje é considerado o ‘Dia do Cinema Brasileiro’.

E para homenagear a data, o Viagem em Pauta selecionou alguns destinos nacionais que já serviram de cenário para produções cinematográficas brasileiras.

⇒ FERNANDO DE NORONHA

1_CAROL ABRAS, MERGULHADORA

‘Sangue Azul’, em cartaz nos cinemas, é o primeiro longa-metragem rodado, inteiramente, nesse arquipélago a 545 km de Recife.

Com Daniel de Oliveira e Matheus Nachtergaele no elenco, o filme tem direção de Lírio Ferreira, e conta a história de um garoto de dez anos que foi separado de sua irmã, há vinte anos, numa ilha vulcânica.

LEIA TAMBÉM: “Fernando de Noronha é cenário de ‘Sangue Azul’”

⇒ RECIFE

A capital pernambucana já emprestou sua paisagem para produções como ‘Amarelo Manga’ (2002), ‘O som ao redor’ (2012) e ‘Gonzaga: De Pai pra Filho’ (2012).

Recife é considerado um dos importantes polos cinematográficos do Brasil, disputando espaço com o eixo Rio-São Paulo.

⇒ ROLIÚDE NORDESTINA

Cabaceiras, no interior da Paraíba (foto: Antonio David/Divulgação)
Cabaceiras, no interior da Paraíba (foto: Antonio David/Divulgação)

Localizada a 166 km de João Pessoa, capital da Paraíba, em pleno semiárido, a cidade de Cabaceiras ficou famosa em todo o Brasil após servir de cenário para produções nacionais como ‘Cinemas, Aspirinas e Urubus’, ‘O Auto da Compadecida’, e ‘Canta Maria’.

LEIA TAMBÉM: “Confira atrações turísticas de Cabaceiras”

⇒ SÃO PAULO

São Paulo (vejam só!) é uma das 10 cidades brasileiras mais procuradas para o mês de julho e tem diárias de hotéis a R$ 310, segundo o site trivago (foto: Eduardo Vessoni)
foto: Eduardo Vessoni

A mais caótica e frenética cidade brasileira não tem o mesmo talento cenográfico que o Rio de Janeiro; não segue no mesmo ritmo musical de Recife; não possui a mesma fama cinematográfica de Los Angeles; e muito menos encanta como a francesa Paris.

Ainda assim, São Paulo tem sido cenário para diversas produções de cinema que escolheram sua geografia cinza e fria para ambientar alguns filmes de sucesso.

Por aqui, já foram rodadas produções como “Boleiros – Era Uma Vez o Futebol…” (1998) e “Boleiros 2 – Vencedores e Vencidos” (2006), de Ugo Giorgetti; “O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias” (2006), gravado no bairro do Bom Retiro; e “Ensaio Sobre a Cegueira” (2008), do internacional Fernando Meirelles.

LEIA TAMBÉM: “São Paulo: cenário de cinema”

⇒ SERRA GAÚCHA

Maria Fumaça de Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha (foto: Divulgação)
Maria Fumaça de Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha (foto: Divulgação)

A região de Bento Gonçalves serviu de cenário para o último trabalho do diretor Selton Mello, “O Filme da Minha Vida”. O roteiro, uma adaptação realizada entre Selton Mello e Marcelo Vindicatto, mesma dupla que escreveu “O palhaço” e “Feliz Natal”, é baseado em “Um Pai de Cinema”, do escritor chileno Antonio Skármet, conhecido pela obra  “O carteiro e o poeta”.

A região também já foi cenário para a produção ‘O Quatrilho’, produção de 1995 com direção de Fábio Barreto.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*