Canela, Vale dos Vinhedos e cânions são cenários em tours de helicóptero

O Rio Grande do Sul guarda um dos cenários mais fotogênicos do Sul do Brasil, onde cachoeiras, cânions e extensas áreas produtoras de vinho são atrações que valem ser vistas sob todas as perspectivas, seja em trilhas ou a bordo de tours motorizados.

Mas para que não faltem novos ângulos, a região conta também com sobrevoos de helicóptero para observação de ícones como a Cascata do Caracol, uma queda d’água de 131 metros de altura, em Canela; os cânions do Parque Nacional Aparados da Serra, em Cambará do Sul; e o Vale dos Vinhedos, a primeira região do Brasil a contar com selo de Denominação de Origem (DO).

LEIA TAMBÉM: “Degustação a cegas é experiência inusitada da Serra Gaúcha”

Conheça os roteiros de helicóptero:

⇒ Canela

Cascata do Caracol, em Canela (foto: Eduardo Vessoni)
Cascata do Caracol, em Canela (foto: Eduardo Vessoni)

Símbolos arquitetônico e natural de Canela, respectivamente, a Catedral de Pedra e a Cascata do Caracol são algumas das atrações da Serra Gaúcha que podem ser vistas em sobrevoos panorâmicos sobre Canela e Gramado.

As viagens, que passam também sobre o Vale da Ferradura, a Rua Coberta e a Igreja Matriz de Gramado, saem do pequeno aeroporto de Canela.

⇒ Cânions

foto: Divulgação
foto: Divulgação

Os profundos paredões rochosos do Itaimbezinho e do Fortaleza, em Cambará do Sul, são os destaques desse sobrevoo de 3 horas de duração.

Com pouso na borda de um dos cânions, o passeio inclui um piquenique com espumante, frutas e chocolates, e segue para um hotel da região para que os passageiros possam provar pratos da gastronomia gaúcha.

⇒ Vale dos Vinhedos

foto: Divulgação
foto: Divulgação

Responsável por 85% da produção nacional de vinhos e espumantes, o Vale dos Vinhedos conta com duas opções de voos panorâmicos.

A primeira faz pouso nas videiras da vinícola Cave Geisse, onde é realizada também uma caminhada em meio à mata nativa e degustação de espumantes.

Já os amantes de vinhos podem pousar em uma das principais produtoras de vinhos da região e realizar uma visita guiada aos parreirais, acompanhados de almoço italiano no restaurante Maria Valduga.

Ambos passeios tem duração de três horas e contam também com transporte terrestre dos hotéis para o Aeroporto de Canela.

LEIA TAMBÉM:3 cervejarias artesanais que valem a pena conhecer, na Serra Gaúcha

VEJA IMAGENS

  • foto: Divulgação
    Sobrevoo de helicóptero no Vale dos Vinhedos (foto: Divulgação)

  • Sobrevoo de helicóptero na região dos cânions de Cambará do Sul (foto: Divulgação)
    Sobrevoo de helicóptero na região dos cânions de Cambará do Sul (foto: Divulgação)

  • Sobrevoo na Cascata do Caracol, em Canela, na Serra Gaúcha (foto: Divulgação)
    Sobrevoo na Cascata do Caracol, em Canela, na Serra Gaúcha (foto: Divulgação)

  • Os passeios de helicóptero incluem pousos para piqueniques no Vale dos Vinhedos e nos cânions de Cambará do Sul (foto: Divulgação)
    Os passeios de helicóptero incluem pousos para piqueniques no Vale dos Vinhedos e nos cânions de Cambará do Sul (foto: Divulgação)

  • Voo de helicóptero sobre a Catedral de Pedra, em Canela (foto: Eduardo Vessoni)
    Voo de helicóptero sobre a Catedral de Pedra, em Canela (foto: Eduardo Vessoni)

SAIBA MAIS
TRI Táxi Aéreo
www.voetri.com

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*