Centenária e cobiçada, região de Foz do Iguaçu pode ser vista do alto

Itaipu, Parque das Aves, passeios de barcos e compras no Paraguai. Não tem como escapar. Alguns clichês de Foz do Iguaçu são inevitáveis e obrigatórios.

Mas para quem já foi (ou está indo pela primeira vez), a região de Foz do Iguaçu fica ainda mais impactante quando vista do alto como o Parque Nacional do Iguaçu, a principal atração desse destino do extremo oeste do Paraná que, em 2014, completou 100 anos de fundação.

Se esse Patrimônio Natural da Humanidade já fascina em terra firme, é do alto que o visitante pode ter um dos cenários mais exclusivos bem diante dos olhos (e debaixo dos pés).

Saltos duplos sobre aquele conjunto de quase 300 quedas d’água, sobrevoos de helicóptero ou passeios inocentes sobre passarelas e mirantes são algumas das opções para quem quer ver Foz do Iguaçu sob outra perspectiva.

Considerado um dos cinco parques nacionais brasileiros mais visitados, o Iguaçu registrou, no último mês de julho, a melhor visitação de todos os tempos. Segundo a administradora Cataratas do Iguaçu S.A., 175.638 pessoas passaram pela unidade nos 31 dias do período, um crescimento de 29% com relação ao ano passado, cujos visitantes eram formados por brasileiros e visitantes do Mercosul.

Do Brasil ingressaram 90.814 pessoas, um total de 22% a mais que em 2014. Já os países do bloco contabilizaram 60.819, o que representa um acréscimo de 96%.

LEIA TAMBÉM: “Conheça opções de passeios para ver o Brasil do alto”

Confira opções de passeios para ver Foz do Iguaçu do alto:

⇒ VOO DE HELICÓPTERO

Sobrevoo em Foz do Iguaçu (foto: Helisul/Divulgação)
Sobrevoo em Foz do Iguaçu (foto: Helisul/Divulgação)

Para ver as cataratas do alto, a alternativa é o voo panorâmico de helicóptero com duração de 10 minutos.

As duas opções de passeios incluem sobrevoo nas Cataratas e no Parque Nacional do Iguaçu ou sobre a hidrelétrica de Itaipu, o Marco das Três Fronteiras, as pontes internacionais da Amizade e Tancredo Neves, e sobre a cidade de Foz do Iguaçu. SAIBA MAIS

⇒ SKYDIVE

foto: SkydiveFoz/Divulgação
foto: SkydiveFoz/Divulgação

Se enfiar a cabeça debaixo das cataratas não for suficiente, como o Macuco Safári que leva aventureiros em direção às quedas d’água próximas à Garganta do Diabo, o destino eleva o nível de adrenalina em saltos duplos de paraquedas sobre a barragem da hidrelétrica de Itaipu.

O salto sobre as cataratas é feito a uma altura aproximada de 12 mil pés, o equivalente a 4 mil metros de altura, e dura cerca de oito minutos até o pouso no solo. SAIBA MAIS

⇒ MIRANTES DE OBSERVAÇÃO

A região das cataratas abriga até 275 quedas d'água, de acordo com o nível de água na região, que podem ser vistas a partir de diversos mirantes espalhados ao longo da trilha leve que margeia o rio Iguaçu. A largura total das Cataratas no território brasileiro é de, aproximadamente, 800 metros. Na Argentina, a sequência de quedas é de 1.900 metros (foto: Eduardo Vessoni)
A região das cataratas abriga até 275 quedas d’água, de acordo com o nível de água na região, que podem ser vistas a partir de diversos mirantes espalhados ao longo da trilha leve que margeia o rio Iguaçu. A largura total das Cataratas no território brasileiro é de, aproximadamente, 800 metros. Na Argentina, a sequência de quedas é de 1.900 metros (foto: Eduardo Vessoni)

Um dos destaques da região é o Parque Nacional do Iguaçu. Criado em 1939, o local abriga o maior remanescente de floresta Atlântica da região sul do Brasil e protege uma biodiversidade formada por espécies representativas da fauna e da flora brasileiras, das quais algumas ameaçadas de extinção, como a onça-pintada, puma, jacaré-de-papo-amarelo, papagaio-de-peito-roxo e o gavião-real.

Um dos destaques dessa área com mais de 600 mil hectares de áreas protegidas são as passarelas de concreto que dão acesso a mirantes que parecem flutuar sobre as águas de quedas fortes do rio Iguaçu.

LEIA TAMBÉM: “Conheça a versão espiritualizada de Foz de Iguaçu”

SAIBA MAIS

Site do turismo de Foz do Iguaçu
www.iguassu.com.br

Parque Nacional do Iguaçu
www.cataratasdoiguacu.com.br

VEJA FOTOS

  • (foto: Parque Nacional do Iguaçu/Divulgação)
    (foto: Parque Nacional do Iguaçu/Divulgação)

  • foto: SkydiveFoz/Divulgação
    (foto: SkydiveFoz/Divulgação)

  • foto: SkydiveFoz/Divulgação
    (foto: SkydiveFoz/Divulgação)

  • foto: SkydiveFoz/Divulgação
    (foto: SkydiveFoz/Divulgação)

  • Sobrevoo em Foz do Iguaçu (foto: Helisul/Divulgação)
    Sobrevoo em Foz do Iguaçu (foto: Helisul/Divulgação)

  • 10º LUGAR: Foz do Iguaçu (foto: Eduardo Vessoni)
    Foz do Iguaçu (foto: Eduardo Vessoni)

  • foto: SkydiveFoz/Divulgação
    (foto: SkydiveFoz/Divulgação)

  • (foto: Rodrigo Soldon/Flickr-Creative Commons)
    Vista aérea do rio Paraná (foto: Rodrigo Soldon/Flickr-Creative Commons)

  • (foto: Rodrigo Soldon/Flickr-Creative Commons)
    Vista aérea do rio Paraná (foto: Rodrigo Soldon/Flickr-Creative Commons)

  • (foto: Deni Williams/Flickr-Creative Commons)
    (foto: Deni Williams/Flickr-Creative Commons)

  • (foto: Deni Williams/Flickr-Creative Commons)
    (foto: Deni Williams/Flickr-Creative Commons)

(* com informações da Cataratas do Iguaçu S.A.)

3 Comentário

  1. Saltar sobre a Hidrelétrica de Itaipu com certeza é uma das opções mais incríveis para apreciar a paisagem do céu de Foz do Iguaçu. Aqueles que tiverem a oportunidade não podem deixar de sentir a adrenalina do salto duplo. Recomendo muito a experiência é única e indescritível. Vale a pena conferir informações sobre os salto duplos, que são realizados todos os dias: http://www.skydivefoz.com/

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*