Desconhecida dos brasileiros, Amazônia abriga parques e florestas nacionais impressionantes

Certas paisagens do planeta exercem um fascínio paralisante em viajantes de alma aventureira. E na floresta Amazônica, o mais estrangeiro dos destinos brasileiros, não é diferente.

Quando o assunto é turismo no distante Norte do País, a bagagem costuma voltar com mais do que presentinhos indígenas e uma centena de imagens exóticas.

Assim como em uma típica lenda de origem amazônica, daquelas cheias de seres mágicos que aparecem em histórias fantásticas contadas na beira do rio, a região surpreende os raros viajantes que desembarcam nessas terras distantes e selvagens.

Tem igarapés que confundem a mente com copas de árvores que se fundem no reflexo das águas; tem macaco que irrompe do meio da floresta e, sem cerimônia, invade barcos simples com visitantes exaltados; tem boto que nunca deixa de aparecer quando surge um forasteiro novo; e tem até cruzeiro que, discreto, singra sem pressa aquelas águas escuras que rasgam uma das maiores florestas do planeta.

LEIA TAMBÉM: “Com quantas letras se faz um cruzeiro literário na Amazônia?”

Confira a seleção de áreas preservadas da Amazônia brasileira, realizada pelo ICMBIO (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade):

⇒ Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque 

Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque (foto: ICMBIO/Leonardo Milano)
Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque (foto: ICMBIO/Leonardo Milano)

Localizada entre o Amapá e do Pará, cobrindo 26,5 % da área total desse primeiro estado, essa área verde protegida possui abrange 38.464 km² e é considerado o maior parque nacional brasileiro.

Criado em 2002 e ainda sem estrutura para receber visitantes, esse parque se encontra em uma porção particular da Floresta Amazônica, conhecida como Escudo das Guianas, ao noroeste do Amapá.

Um dos seus acessos se dá pelo município de Pedra Branca do Amapari, região montanhosa e com desníveis acentuados, cujas terras estão no interior do Parque Nacional das Montanhas do Tumucumaque.

⇒ Parque Nacional do Jaú 

foto: Wikimedia Commons
foto: Wikimedia Commons

Localizado entre Novo Airão e Barcelos, no Amazonas, esse parque protege uma das maiores extensões de florestas tropicais úmidas contínuas do mundo, segundo o ICMBIO.

O Parque Nacional do Jaú se destaca por ser o único do Brasil que protege a totalidade da bacia hidrográfica de um rio de águas pretas, o rio Jaú.

Outra característica que merece atenção é seu cenário de antigas formações geológicas de 100 a mais de 500 milhões de anos, e a concentração de sítios arqueológicos e petróglifos.

⇒ Parque Nacional do Viruá

foto: ICMBIO/Nelson Yoneda
foto: ICMBIO/Nelson Yoneda

Com 227 mil hectares, esse parque de Roraima é marcado pela variedade de seus cenários como as lagoas do setor sul, os morros residuais do norte e as áreas inundáveis do oeste.

⇒ Parque Nacional de Anavilhanas

Parque Nacional de Anavilhanas (foto: Lincoln Barbosa/Commons Wikimedia.org)
Parque Nacional de Anavilhanas (foto: Lincoln Barbosa/Commons Wikimedia.org)

Localizado no Estado do Amazonas, entre Manaus e Novo Airão, esse parque é considerado um dos maiores arquipélagos fluviais do mundo.

Essa atração amazônica de 350 mil hectares, apresenta formações florestais diversas e abriga mais de 400 ilhas, aproximadamente, 130 km de extensão e em média 20 km de largura.

O local está aberto durante todo o ano e, no período de seca que vai de setembro a fevereiro, é possível ver praias de areias brancas que emergem por todo o arquipélago. Na cheia (de março a agosto), o destaque são as trilhas aquáticas de igapó, isto é, passeios de barco por dentro das florestas alagadas.

⇒ Floresta Nacional do Amapá

foto: Wikimedia Commons
foto: Wikimedia Commons

Com 460 mil hectares, a Floresta Nacional do Amapá é a primeira Unidade de Conservação de Uso Sustentável do Amapá, no centro do Estado.

⇒ Parna Nacional do Monte Roraima

Monte Roraima (foto: Wkimedia Commons)
Monte Roraima (foto: Wkimedia Commons)

Conhecida por sua savanas, florestas de altitude e rios de forte correnteza, essa área preservada abriga algumas das mais antigas montanhas da terra, como o Monte Roraima, tepui  localizado na tríplice fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana.

⇒ Floresta Nacional do Tapajós (PA)

Flona do Tapajós (foto: Wkimedia Commons)
Flona do Tapajós (foto: Wkimedia Commons)

Essa unidade de conservação está localizada na Amazônia, às margens do Rio Tapajós, no estado do Pará, e possui cerca de 527 mil hectares e mais de 160 km de praias.

LEIA TAMBÉM: “Cruzeiro literário na Amazônia divulga roteiro para 2016”

(* fonte: ICMBIO)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*