Na temporada de cruzeiros no Brasil, confira dicas para uma boa viagem

Em novembro, começou a temporada de Cruzeiros Marítimos 2015/2016, que se estenderá até maio do ano que vem. A expectativa da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos é de que aproximadamente 600 mil passageiros viajarão pelos roteiros disponíveis, que tem mínimo de três noites e máximo de 9, em 26 cidades da América do Sul, das quais 15 são brasileiras.

Dez navios estão confirmados para o litoral brasileiro:  Costa Fascinosa, Costa Pacifica, MSC Armonia, MSC Lirica, MSC Magnifica, MSC Poesia, MSC Splendida, Pullmantur Empress, Pullmantur Sovereign, Rhapsody of the Seas (Royal Caribbean).

Se você é marinheiro de primeira viagem em algum desses cruzeiros, confira dicas abaixo para uma viagem sem sustos.

LEIA TAMBÉM: Conheça experiências inusitadas em cruzeiros pelo mundo

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA

Geralmente, os papéis da documentação pré-cruzeiro chegam pelos correios de 7 a 10 dias antes da viagem e devem ser preenchidos com as informações necessárias e entregues no Terminal de Passageiros para a empresa marítima, antes do embarque;

foto: Wikimedia Commons
foto: Wikimedia Commons

• Em cruzeiros internacionais, os hóspedes precisam apresentar uma Declaração de Bagagem Acompanhada e, caso haja algo de valor que deva ser declarado, o hóspede precisará se apresentar à Receita Federal;

• Em viagens nacionais, hóspedes brasileiros precisam levar algum documento válido com foto, como carteira de identidade, passaporte, CNH ou outros;

• Já em viagens nos países do Mercosul, somente serão aceitos passaportes válidos (mínimo de 6 meses) ou carteira de identidade emitida nos últimos 10 anos. Hóspedes brasileiros que embarcarem com a carteira de identidade e que passarão pela Argentina, deverão preencher a Tarjeta Migratoria, disponível no site de migrações do governo argentino;

• Para viagens internacionais, é necessário apresentar passaporte com pelo menos 6 meses de validade. A necessidade de vistos varia de acordo com o destino e pode ser confirmada entrando em contato com o consulado do país. Gestantes precisarão de um atestado médico e não poderão embarcar com mais de 23 semanas. Já bebês precisam ter no mínimo 6 meses para cruzeiros de até 9 noites e 12 meses completos para os que durarem mais.

TARIFAS COBRADAS

• No ato da compra de um pacote, é paga a Taxa Portuária, separadamente do preço da viagem, e é usada para cobrir as despesas administrativas de cada porto, cujo preço varia de acordo com o local. No entanto, os portos brasileiros costumam cobrar mais caro do que portos estrangeiros. Crianças de 2 a 12 anos têm desconto nas tarifas;

• Também pagas no ato da compra, as gratuities são gorjetas para a tripulação no valor de US$ 18,90 por pessoa e por dia, distribuídos entre camareiros e garçons;

FAZENDO AS MALAS

• Além das roupas comuns para viajar, deve-se levar vestido de noite ou roupas esporte fino, pois é costume nas companhias oferecerem um jantar especial que tem esse tipo de traje requisitado. Também, para quem gosta, pode-se levar roupas esportivas, pois muitos navios apresentam locais para fazer exercício;

foto: Pauls Imaging Photography/Flickr-Creative Commons
foto: Pauls Imaging Photography/Flickr-Creative Commons

• Não é permitido embarcar com objetos que produzam calor, como velas, incensos ou ferros de passar, mesmo portáteis, nem com objetos cortantes, como tesouras ou facas. Alimentos e bebidas também são proibidos e serão retirados da bagagem;

• Companhias marítimas não possuem limite de bagagem, mas a Associação Brasileira das Empresas Marítimas (ABREMAR) recomenda a quantidade máxima de duas malas por passageiro, pesando em média 20 quilos;

• É muito importante identificar a bagagem com nome, navio, endereço e telefone para contato. Navios costumam receber cerca de 3 mil malas, por isso recomenda-se etiquetá-las e lacrá-las com cadeado;

• As bagagens demoram a chegar até as cabines, por isso é indicado levar um muda de roupas na bagagem de mão. Objetos de valor, como joias, e artigos tecnológicos, como computadores e tablets, devem também estar na bagagem de mão.

CHECK-IN

Vista do navio MSC Poesia (foto: MSC/Divulgação)
Vista do navio MSC Poesia (foto: MSC/Divulgação)

• Em qualquer companhia, o check-in não se inicia antes das 11h da manhã, quando acontece o desembarque dos hóspedes do período anterior. É recomendado chegar após esse horário, mas ressaltando que, em navios, o período de check-in termina 2h antes do horário de saída;

• Dirija-se ao setor de bagagem para deixar as suas malas e, em seguida, procure o balcão de atendimento da companhia de cruzeiro que você vai embarcar e informe-se sobre os procedimentos e horários de embarque.

DENTRO DO NAVIO

• Como as companhias são estrangeiras, a moeda oficial no navio é o dólar e, por isso, deve ser apresentado cartão internacional ou fazer um depósito caução de dólares, dos quais serão debitados os gastos durante a viagem. É importante, antes de viajar, avisar a companhia de cartão de crédito que o mesmo será usado fora da área regular de gasto;

• Todos os alimentos consumidos a bordo estão incluídos no valor da viagem, porém as bebidas são pagas a parte e muitas vezes são cobrados altos valores por elas, o que pode encarecer o total gasto;

Simulador de Grand Prix, uma atração insuitada a bordo do Costa Pacifica (foto: Costa Pacífica/Divulgação)
Simulador de Grand Prix, uma atração insuitada a bordo do Costa Pacifica (foto: Costa Pacífica/Divulgação)

• Os navios são equipados com centro médico e equipe a bordo para atender hóspedes que tenham complicações de saúde, mas esse serviço é cobrado a parte e pode ser muito caro, por isso é recomendado adquirir um seguro médico ou seguro de viagem que inclua despesas médicas antes de embarcar.

• Caso o passageiro tenha vontade de conhecer melhor alguma das cidades em que o navio ficará atracado, é possível adquirir excursões em terra no balcão de informações do navio. No entanto, os custos desses passeios costumam ser bem elevados. Se você for um viajante mais independente e se o destino contar com fácil acesso entre o porto e as atrações principais, faça seu roteiro por conta, porém é preciso ficar atento ao horário de reembarque, estipulado na saída;

• Cada navio oferece uma programação diferente, mas costumam ter atividades para crianças com monitores, atividades na piscina, shows noturnos e, em alguns, cassinos, caso o navio não fique nos limites marítimos brasileiros, sendo assim liberado.

LEIA TAMBÉM: Cruzeiro literário na Amazônia divulga roteiro para 2016

ONDE NAVEGAR

• Os navios da linha Costa com saída de Santos passam pelo Rio de Janeiro, Salvador e Ilhabela ou com opções internacionais, saindo do Rio de Janeiro, passam pelo Nordeste, em Salvador, Maceió e Recife,  e depois Canárias, Portugal, França e Itália. Há opções também para Angra dos Reis, Montevidéu e Buenos Aires.

Salão do navio Rhapsody of the Sea (foto: Royal Caribbean/Divulgação)
Salão do navio Rhapsody of the Sea (foto: Royal Caribbean/Divulgação)

• Os cruzeiros da linha MSC, saindo de Santos, passam por Cabo Frio, Búzios e Ilhabela ou Montevidéu e Buenos Aires e saindo do Rio de Janeiro passam por Búzios, Salvador e Ilhéus.

• A linha Pullmantur oferece roteiros saindo de Itajaí, por Ilha Grande, Búzios, Rio de Janeiro e Santos ou saindo de Santos para Montevidéu, Punta del Este e Buenos Aires.

• O navio Rhapsody of the Seas, da Royal Caribbean, sai de Santos para Búzios ou sai também do porto de Santos, passando por Rio de Janeiro, Salvador, Tenerife, nas Ilhas Canárias, Málaga e Barcelona, na Espanha.

DESEMBARCANDO

•  Ao final da viagem, é importante conferir todas as despesas efetuadas, pois divergências só poderão ser resolvidas dentro do navio. Nenhum reembolso será feito após o passageiro sair do cruzeiro.

CONFIRA GALERIA DE IMAGENS:

  • Simulador de Grand Prix, uma atração insuitada a bordo do Costa Pacifica (foto: Costa Pacífica/Divulgação)
    Simulador de Grand Prix, uma atração insuitada a bordo do Costa Pacifica (foto: Costa Pacífica/Divulgação)

  • Vista do navio MSC Poesia (foto: MSC/Divulgação)
    Vista do navio MSC Poesia (foto: MSC/Divulgação)

  • Salão do navio Rhapsody of the Sea (foto: Royal Caribbean/Divulgação)
    Salão do navio Rhapsody of the Sea (foto: Royal Caribbean/Divulgação)

  • Estúdio de gravação a bordo do Costa Pacifica (foto: Costa Pacífica/Divulgação)
    Estúdio de gravação a bordo do Costa Pacifica (foto: Costa Pacífica/Divulgação)

  • Exterior do navio Empress (Pullmantur/Divulgação)
    Exterior do navio Empress (Pullmantur/Divulgação)

  • Local de apresentações no navio MSC Magnifica (foto: MSC/Divulgação)
    Local de apresentações no navio MSC Magnifica (foto: MSC/Divulgação)

  •  

     

*Com informações da Associação Brasileira de Viagens (ABAV) e da Associação Brasileira de Empresas Marítimas (ABREMAR)

1 Comentário

  1. MAGNÍFICO, EXTRAORDINÁRIO, MARAVILHOSO, DESLUMBRANTE, APAIXONANTE. Estes são poucos elogios que posso fazer aos magníficos roteiros pelo Brasil e pelo Mundo, que acabei de assistir. Sonho em poder em breve usufruir de algumas dessas maravilhas, viajando e admirando todas essas belezas e tentações.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*