Confira experiências inusitadas para passar o Carnaval, no Brasil

Eis que o ano mal começou e o Brasil volta a parar mais uma vez para celebrar uma das datas mais esperadas em terras nacionais.

Mas não é todo viajante brasileiro que está a fim de sair atrás do trio elétrico, suar sob um abadá ou ver a escola passar. Se você é um deles, que tal trocar a folia dos camarotes e dos blocos de rua por uma viagem inusitada pelo Brasil?

Nesse post, o Viagem em Pauta selecionou sete experiências inusitadas para fazer em terras brasileiras como roteiros de bicicleta, vivência com indígenas e até a travessia da maior praia do mundo (que fica no Brasil, claro).

PEDALADA NA SERRA CATARINENSE

foto: Caminhos do Sertão/Divulgação
foto: Caminhos do Sertão/Divulgação

Considerada um dos melhores destinos brasileiros de ecoturismo, a catarinense Urubici será cenário de um inusitado roteiro de bicicleta.

Durante quatro dias, os cicloviajantes passarão por endereços como o gelado Morro da Igreja, a impressionate Serra do Corvo Branco, o Parque Nacional de São Joaquim e cachoeiras do Rio Sete Quedas, na Serra Catarinense.

SAIBA MAIS
Caminhos do Sertão
www.caminhosdosertao.com.br

 

CICLISMO NO VALE DOS VINHEDOS

foto: Caminhos do Sertão/Divulgação
foto: Caminhos do Sertão/Divulgação

Nesse roteiro, os ciclistas passam por rotas temáticas da Serra Gaúcha, como a Rota do Sabor, Vale do Rio das Antas e os Caminhos de Pedra.

Com paradas para degustações em vinícolas da região, a viagem tem retorno diário em traslados de van ou microônibus (assim dá para provar mais uma taça de Cabernet Sauvignon.

SAIBA MAIS
Caminhos do Sertão
www.caminhosdosertao.com.br

 

TRAVESSIA DA MAIOR PRAIA DO MUNDO

foto: Roraima Adventures/Divulgação
foto: Roraima Adventures/Divulgação

Com saída no dia 7 de fevereiro, essa caminhada garante dias de isolamento, pelas areias da Praia do Cassino, no Rio Grande do Sul.

Localizada entre a barra da Lagoa dos Patos, no balneário do Cassino, e o arroio Chuí, na fronteira com o Uruguai, a isolada Praia do Cassino é considerada a maior praia do mundo, segundo o Guinness Book. De um total de 220 km de praia, 180 km são, totalmente, desertos.

SAIBA MAIS
Roraima Adventures
www.roraimabrasil.com.br

 

PRAIAS ISOLADAS DO SUL DA BAHIA

Rio da Barra, uma das atrações naturais do roteiro de bicicleta, entre Arraial d'Ajuda e Trancoso, no litoral sul da Bahia (foto: Ediuardo Vessoni)
Rio da Barra, uma das atrações naturais do roteiro de bicicleta, entre Arraial d’Ajuda e Trancoso, no litoral sul da Bahia (foto: Ediuardo Vessoni)

É nas praias do litoral sul da Bahia, onde carros não entram e banhistas só chegam com certo esforço, que acontecem as travessias em bike, entre Porto Seguro e Caraíva, uma viagem de quase 50 km, feita sobre duas rodas e combinada com um trekking, no trecho final.

O roteiro, que pode ser a partir de um dia de duração, conta com extensas faixas de areia onde você e seu guia serão os únicos; piscinas naturais que emergem bem na beira da praia; falésias imponentes que se erguem sobre nossas cabeças; e uma sequência de outros cenários que só podem ser vistos por quem chega a pé ou de bicicleta.

LEIA TAMBÉM: “Praias isoladas do litoral sul da Bahia se exibem em viagem de bicicleta”


 

VIVÊNCIAS ESPIRITUAL COM OS YAWANAWÁ

foto: Turismo Consciente/Divulgação
foto: Turismo Consciente/Divulgação

Especializada em viagens e experiências na Amazônia, a operadora Turismo Consciente lançou esse roteiro nas terras indígenas do Rio Gregório, no Acre.

Com duração de sete dias, a viagem tem viagens de barco até a vila de São Vicente, às margens do Rio Gregório, no município de Tarauacá, no oeste do estado, paradas para banhos de rio, vivências com comunidades e alimentação natural.

Na chegada à aldeia Sete Estrelas, com hospedagem em redes e convívio com integrantes indígenas Yawanawá, no Centro de Medicina da Aldeia Sete Estrelas.

Na comunidade Mutum, destino final da viagem, os participantes terão vivências a partir dos cantos e rituais tradicionais, pintura corporal, trabalho cotidiano, histórias, noites de Uni (chá Ayahuasca) e Rapé, entre outras experiências.

SAIBA MAIS
Turismo Consciente
www.turismoconsciente.com.br

 

EXPEDIÇÃO AO MONTE RORAIMA

Monte Roraima (foto: Paulo Fassina / Flickr – Creative Commons)
Monte Roraima (foto: Paulo Fassina / Flickr – Creative Commons)

Mas se a ideia em terras do norte for aumentar o grau de adrenalina, o Monte Roraima é o seu próximo destino (e em pleno Carnaval).

Com duração de nove dias (4 noites no topo), essa viagem leva os aventureiros até o topo desse famoso tepui, entre o Brasil, Venezuela e Guiana. O desgastante roteiro em terrenos bem acidentados inclui passagem pela venezuelana Santa Elena de Uairén, visita à comunidade Paraitepuy, acampamento no rio Kukenan e caminhadas diárias de até 24 km.

SAIBA MAIS
Roraima Adventures
www.roraimabrasil.com.br

 

JALAPÃO

Jalapão (foto: Guilherme Jofili/Flickr-Creative Commons)
Jalapão (foto: Guilherme Jofili/Flickr-Creative Commons)

Nem que você queira vai dar para ferver nesse destino do Tocantins, localizado na divisa com a Bahia, Piauí e Maranhão.

Com uma densidade demográfica que não chega a um habitante por km² e vegetação semelhante às das savanas africanas, o Jalapão é um dos destinos turísticos mais isolados do Brasil.

Sua paisagem árida abriga montanhas em forma de platô, dunas móveis, cachoeiras, praias de água doce e poços naturais de águas cristalinas que não deixam o visitante afundar, conhecidos como fervedouros ou ressurgência, um fenômeno em águas borbulhantes, capaz de fazer qualquer adulto virar criança nesses poços de águas transparentes rodeadas por bananeiras.

SAIBA MAIS
Korubo Safari Camp
www.safarinojalapao.com.br

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*