Câmaras subterrâneas e estátuas funerárias são destaques arqueológicos da Colômbia

Bosque de las Estatuas, em San Agustín, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)
Bosque de las Estatuas, em San Agustín, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)

Aquelas estátuas de granito em formas humanas são como guardiões silenciosos que protegem os restos mortais da antiga população local, guardados em sarcófagos de pedra ou câmeras subterrâneas. Ao lado, oferendas como panelas com alimentos e ferramentas de pedra.

E isso é tudo (ou quase tudo) o que se sabe sobre um dos mais importantes endereços arqueológicos da Colômbia.

Localizado a longas e penosas 10 horas de Bogotá, no departamento de Huila, o Parque Arqueológico de San Agustín guarda uma das histórias mais misteriosas de todo o país, um conjunto funerário monumental que uma sociedade desconhecida, convencionalmente conhecida como agustiniana, teria criado na cidade de San Agustín, entre os anos 200 a.C. e 800 d.C.

Bosque de las Estatuas, em San Agustín, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)
Bosque de las Estatuas, em San Agustín, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)

Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, desde 1995, o parque abriga uma área de 78 hectares, a 3 km de San Agustín, onde podem ser visitadas as mesitas, montículos funerários com lascas horizontais de pedra que se assemelham a uma mesa, cujo tamanho podia chegar a 4 metros de altura.

O Parque Arqueológico de San Agustín abriga também o impressionante Bosque de las Estatuas, uma trilha autoguiada que passa por conjuntos funerários, decorados com 39 figuras em pedra que combinam características humanas e animais.

Acredita-se que cada uma das estátuas, escondidas entre uma floresta densa, eram esculpidas em homenagem à profissão ou às preferências do falecido.

LEIA TAMBÉM: “Conheça 8 experiências inusitadas para fazer na América do Sul”

Parque Arqueológico Alto de los Ídolos e Alto de las Piedras
A 30 km de San Agustín, o município de San José de Isnos abriga esses vestígios arqueológicos em formas humanas e animais.

Estátua funerária de Alto de los Ídolos, próximo a San Agustín, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)
Estátua funerária de Alto de los Ídolos, próximo a San Agustín, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)

Essas estruturas funerárias são consideradas as de melhor estado de conservação e se estima que foram feitas pela mesma sociedade agustiniana que ergueu as peças de San Agustín. Desde 1995, o Parque Arqueológico Alto de los Ídolos é declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Tierradentro
A sete horas de San Agustín, outra daquelas penosas viagens típicas do interior de países hispânicos da América do Sul, o Parque Arqueológico de Tierradentro é outra experiência que merece entrar no roteiro colombiano.

É ali, entre paredes com desenhos antropomorfos, geométricos e de animais, que se localizam os hipogeus, câmaras subterrâneas com desenhos geométricos, construídas no ano 1.000 d.C., no Departamento de Cauca, próximo aos municípios de Belalcázar e Inzá. Era ali que se realizavam em urnas os enterros secundários dos ossos exumados.

Vista interior de uma das câmaras funerárias de Tierradentro, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)
Vista interior de uma das câmaras funerárias de Tierradentro, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)

Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, o local abriga essas tumbas coletivas, que podiam chegar a 9 metros de profundidade e 12 de largura, e que serviam com uma espécie de reprodução das moradias da época, cujo acesso se dá por escadas de pedra.

Seu estado de conservação se deve à geografia de difícil acesso, um cenário formado por encostas íngremes e cânions profundos. Daí o nome Tierradentro.

LEIA TAMBÉM: “O Peru que vai além de Cusco e Machu Pichu”

VEJA IMAGENS

  • Vista interior de uma das câmaras funerárias de Tierradentro, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)
    Vista interior de uma das câmaras funerárias de Tierradentro, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)

  • Vista interior de uma das câmaras funerárias de Tierradentro, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)
    Vista interior de uma das câmaras funerárias de Tierradentro, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)

  • Tierradentro, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)
    Tierradentro, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)

  • Estátua funerária de Alto de las Piedras, próximo a San Agustín, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)
    Estátua funerária de Alto de las Piedras, próximo a San Agustín, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)

  • Estátua funerária de Alto de las Piedras, próximo a San Agustín, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)
    Estátua funerária de Alto de las Piedras, próximo a San Agustín, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)

  • Estátua funerária de Alto de los Ídolos, próximo a San Agustín, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)
    Estátua funerária de Alto de los Ídolos, próximo a San Agustín, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)

  • Estátua funerária de Alto de los Ídolos, próximo a San Agustín, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)
    Estátua funerária de Alto de los Ídolos, próximo a San Agustín, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)

  • Bosque de las Estatuas, em San Agustín, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)
    Bosque de las Estatuas, em San Agustín, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)

  • Bosque de las Estatuas, em San Agustín, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)
    Bosque de las Estatuas, em San Agustín, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)

  • Bosque de las Estatuas, em San Agustín, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)
    Bosque de las Estatuas, em San Agustín, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)

  • Bosque de las Estatuas, em San Agustín, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)
    Bosque de las Estatuas, em San Agustín, na Colômbia (foto: Eduardo Vessoni)

LEIA TAMBÉM: “Conheça a Avenida dos Vulcões, no Equador”

SAIBA MAIS
Turismo oficial da Colômbia
www.colombia.travel

Distâncias
San Agustín fica a 520 km de Bogotá, a 227 km de Neiva e a 45 km de Pitalito.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*