Abismo Anhumas

Rapel de 72 metros, no Abismo Anhumas, em Bonito, Mato Grosso do Sul (foto: Eduardo Vessoni)
Rapel de 72 metros, no Abismo Anhumas, em Bonito, Mato Grosso do Sul (foto: Eduardo Vessoni)

Na última semana, o Viagem em Pauta desembarcou em Bonito, no Mato Grosso do Sul, e uma das nossas experiências foi a exigente descida ao Abismo Anhumas.

Considerado uma das maiores cavernas submersas do Brasil, o Buraco, como o local também é chamado, possui uma fenda de 72 metros de altura, o equivalente a um edifício de 26 andares, que pode ser alcançado em um rapel negativo (quando não há contato dos pés com a parede).

A atividade é exigente e pode ser combinada com passeios de bote no interior da caverna e flutuações sobre cones naturais de até 20 metros de altura, localizados em um lago interior de 80 metros de profundidade.

Para os credenciados, é possível fazer também mergulho com cilindro, onde aquelas formações calcárias podem ser vistas em sua totalidade, bem como um esqueleto de um tamanduá, a 18 metros de profundidade.

Em breve, o Viagem em Pauta contará a experiência em detalhes. Por enquanto, a aventura fica como destaque da seção FOTO DA SEMANA.

Rapel de 72 metros, no Abismo Anhumas, em Bonito, Mato GRosso do Sul (foto: Eduardo Vessoni)
Rapel de 72 metros, no Abismo Anhumas, em Bonito, Mato Grosso do Sul (foto: Eduardo Vessoni)
SAIBA MAIS
Abismo Anhumas
www.abismoanhumas.com.br

 

 

Salvar

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*