África do Sul em 10 cidades

Tão perto e tão longe.

Localizada a pouco mais de 9 horas do Brasil, em voos diretos que partem de São Paulo, a África do Sul ainda é destino desconhecido e exótico para viajantes brasileiros.

Dali chegam apenas velhas imagens sobre animais selvagens, violência em guetos e uma infinidade de notícias de rodapé de jornal que, por sorte, não representam o país (ou pelo menos, não se resumem a isso).

Se há pouco mais de 20 anos, a África do Sul recebia 3,4 milhões de forasteiros, os últimos números já ultrapassam os 13 milhões de pessoas que desembarcam naquelas terras, anualmente, provenientes de continentes como a Europa.

Durante séculos, a África exportou para o mundo, involuntariamente, seus filhos para terras distantes do outro lado do Atlântico. Suas línguas maternas ganharam novas palavras, seus sons se fundiram em outros ritmos e sua história foi apagada em nome de uma cultura desconhecida que lhe fora imposta por estrangeiros.

Mas agora o caminho é contrário.

Conheça as 10 principais cidades turísticas da África do Sul:

10. Pietermaritzburg (KwaZulu-Natal)

Fachada da Tatham Art Gallery, em Pietermaritzburg (foto: South Africa Net/Divulgação)
Fachada da Tatham Art Gallery, em Pietermaritzburg (foto: South Africa Net/Divulgação)

Capital da província de KwaZulu-Natal, essa cidade do interior é conhecida por seu cenário arquitetônico de influências vitorianas, considerada uma das cidades do gênero com melhor estado de preservação, em todo o mundo.

9. Polokwane (Limpopo)

Baobá em Polokwane, na província de Limpopo, na África do Sul (foto: South Africa Net/Divulgação)
Baobá em Polokwane, na província de Limpopo, na África do Sul (foto: South Africa Net/Divulgação)

A capital de Limpopo é conhecida não só por seus clubes de jazz mas também como a porta de entrada para o Great Limpopo Transfrontier Park, área selvagem de 35 mil km² que avança terras vizinhas de Moçambique e Zimbábue.

8. Kimberley (Cabo Setentrional)

Big Hole, em Kimberley (foto: Eduardo Vessoni)
Big Hole, em Kimberley (foto: Eduardo Vessoni)

Fundada na segunda metade do século 19, em plena corrida alucinada por diamantes, essa cidade histórica tem como principal atração o Big Hole, uma imenso buraco em uma antiga mina, considerado o maior já feito pelo homem, com uma extensão equivalente a 8 campos de futebol.

7. Nelspruit (Mpumalanga)

Elefantes no Kruger National Park, a atração mais famosa da província de Limpopo (foto: South Africa Tourism/Divulgação)
Elefantes no Kruger National Park, a atração mais famosa da província de Mpumalanga (foto: South Africa Tourism/Divulgação)

Essa metrópole à beira da selva costuma servir apenas de passagem para quem visita o obrigatório Parque Nacional Kruger e as famosas reservas de Sabi-Sabi.

LEIA TAMBÉM: “10 experiências inusitadas em safáris na África”

6. Bloemfontein (Free State)

Bloemfontein (foto: África do Sul/Divulgação)
Bloemfontein (foto: South Africa Tourism/Divulgação)

Conhecida como a “Cidade das Rosas”, a histórica Bloemfontein é um dos destinos sul-africanos que fazem parte da Rota N6, chamada também de ‘Rota Simpática’. O roteiro conecta Reddersburg, em Free State, a East London, no Cabo Oriental, passando por montanhas, fazendas e povoados Basotho e Xhosa.

5. Porto Elizabeth (Cabo Oriental)

Vista de Hobie Beach, em Porto Elizabeth (foto: South Africa Tourism)
Vista de
Hobie Beach, em Porto Elizabeth (foto: South Africa Tourism)

A famosa hospitalidade local e suas praias são os destaques dessa cidade, dona de um dos principais portos da África do Sul.

4. Pretória (Gauteng)

Union Buildings, em Pretória (foto: Eduardo Vessoni)
Union Buildings, em Pretória (foto: Eduardo Vessoni)

Sem dúvida, essa é uma das cidades históricas mais belas de todo o país. Capital Administrativa da África do Sul (Bloemfontein e Cidade do Cabo são as outras), Pretória fica a quase 60 km de Joanesburgo e tem como principais atrações os Union Buildings, a imponente sede do governo que é rodeada por bem cuidados jardins externos.

3. Durban (KwaZulu-Natal)

Umhlanga Beach, em Durban (foto: Eduardo Vessoni)
Umhlanga Beach, em Durban (foto: Eduardo Vessoni)

Se você estiver procurando um destino quente, Durban é o endereço certo. Não só por suas praias banhadas pelo oceano Índico mas também pela grande influência trazida por imigrantes indianos (inclusive o apimentado tempero, facilmente, encontrado nos restaurantes da cidade).

2. Joanesburgo (Gauteng)

Joanesburgo (foto: South African Tourism/Divulgação)
Joanesburgo (foto: South African Tourism/Divulgação)

Eis a principal porta de entrada para quem vem do Brasil. A capital da província de Gauteng, cidade com mais de 5 milhões de habitantes, concentra o maior número de atrativos relacionados a um dos períodos mais dolorosos do país: o apartheid.

LEIA TAMBÉM: “África do Sul celebra democracia com roteiro turístico dedicado a Madiba”

1. Cidade do Cabo (Cabo Ocidental)

Cidade do Cabo, na África do Sul, vista durante voo panorâmico de helicóptero. SAIBA MAIS (foto: Eduardo Vessoni)
Cidade do Cabo, na África do Sul, vista durante voo panorâmico de helicóptero. SAIBA MAIS (foto: Eduardo Vessoni)

Conhecido como uma das cidades mais bonitas do mundo (sem exageros, diga-se de passagem), o destino é um dos mais procurados em toda a África do Sul.

LEIA TAMBÉM: “África do Sul celebra 20 anos de democracia com música do mundo”

SAIBA MAIS
Turismo oficial da África do Sul
southafrica.net

(* com informações do site southafrica.net)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*