8 paraísos do Nordeste para esquecer da vida

A gente sabe que não anda nada fácil para ninguém.

Crise econômica, disputa política e uma incerteza nacional que faz a gente temer qualquer planejamento.

Mas o litoral brasileiro tá cheio de endereços isolados capazes de fazer a gente esquecer os perrengues e cair na estrada por alguns dias.

Embora conte com mais de 7 mil km, o litoral do Brasil faz fama mesmo na sua porção nordeste, onde destinos como Caraíva, Maragogi e Galos são alguns dos destinos desenhados para a gente esquecer da vida (ainda que por alguns dias). E a boa notícia é que o inverno brasileiro nem sempre chega àquelas terras e os dias de frio do lado de cá do País podem ser substituídos por sol e praia.

O Viagem em Pauta selecionou apenas 8 desses paraísos, por onde andamos nos últimos meses, mas a lista de destinos nordestinos cobiçados pode ser ainda maior.

LEIA TAMBÉM: “10 experiências únicas para o verão no Nordeste”

8. ARACAJU

Ilha dos Namorados, próximo a Aracaju (foto: Eduardo Vessoni)
Ilha dos Namorados, próximo a Aracaju (foto: Eduardo Vessoni)

Sem nenhuma estrutura, para sorte de quem também busca sossego, a poucos minutos de Aracaju, a Ilha dos Namorados é uma das paradas dos catamarãs que partem da Orla Pôr do Sol, em direção ao rio Vaza Barris.

Serviços de praia como bebidas e petiscos, cadeiras para descanso e tendas simples sob sombras ficam a cargo da empresa responsável pelo transporte, com parada também na Croa do Goré).

SAIBA MAIS: “Aracaju, capital de Sergipe, é a pequena notável do litoral do Nordeste”

7. CARAÍVA

Caraíva (foto: Eduardo Vessoni)
Caraíva (foto: Eduardo Vessoni)

Essa é a Bahia que não deixa a gente querer voltar para casa; que nos convida caminhar por ruas estreitas de areia que beira o rio e risca o casario colorido de fachadas simples e eletricidade subterrânea, recém-chegada à região, uma solução exigida pela população local que trocou o ronco dos geradores pela invisibilidade dos cabos de luz enterrados, há 6 anos.

Naquelas terras onde a curta alta temporada vai apenas do Natal ao Carnaval, a sensação de que tudo segue igual se repete, quando a Bahia, mais uma vez, mostra sua versão mais isolada do seu litoral sul.

SAIBA MAIS: “Trilha entre a Praia do Espelho e Caraíva é a Bahia que passa devagar”

6. MARAGOGI

Maragogi, em Alagoas (foto: Eduardo Vessoni)
Maragogi, em Alagoas (foto: Eduardo Vessoni)

A gente nunca sabe se aquelas águas cristalinas são azuis, celestes, verdes ou turquesas, mas seus tons colocaram esse destino alagoano na rota dos endereços mais cobiçados do Nordeste brasileiro (que o diga as, sempre lotadas, piscinas naturais que emergem na maré baixa e são rodeadas por barreiras de corais).

Uma das mais visitadas de Alagoas, depois da capital Maceió, Maragogi é dona das maiores barreiras de corais do Brasil, possui uma das melhores visibilidades marinhas do País e se orgulha de ser considerada o Caribe brasileiro.

5. MARCENEIRO

Piscinas naturais da Praia do Marceneiro, em Alagoas (foto: Eduardo Vessoni)
Piscinas naturais da Praia do Marceneiro, em Alagoas (foto: Eduardo Vessoni)

Há tempos que a alagoana Rota Ecológica não é novidade para viajantes em busca de tranquilidade (que o diga destinos já descobertos como São Miguel dos Milagres e Porto de Pedras, onde fica a Praia do Patacho).

Mas é na Praia do Marceneiro, em Passo de Camaragibe, que o visitante se sente único em terras ainda pouco exploradas.

É ali que jangadas rústicas seguem em direção a piscinas naturais recortadas por corais, a poucos metros da praia, onde você corre o delicioso risco de ser o único forasteiro, com uma piscina inteira só pra você. Destaque também para o encontro do mar com a foz do rio Camaragibe, e para as falésias da Praia dos Morros.

4. BARRA DE CAMARATUBA

Vista aérea da Barra de Camaratuba, em Mataraca, a 110 km de João Pessoa (foto: Cacio Murilo/PBTur)
Vista aérea da Barra de Camaratuba, em Mataraca, a 110 km de João Pessoa (foto: Cacio Murilo/PBTur)

Com um litoral de apenas 130 km de extensão, a Paraíba tem faixas de areia para todos as gostos. De praias de rio, em Cabedelo, próximo da capital João Pessoa, a endereços isolados do norte da Paraíba.

Localizada em Mataraca, o último município do norte do estado, Barra de Camaratuba tem 13 km de praia de mar aberto e trilha até mangues e lagoas. A região abriga a praia da Baía da Traição, considerada a última reserva de índios Potiguar.

3. GALOS E GALINHOS

Praia do Farol, em Galinhos (foto: Eduardo Vessoni)
Praia do Farol, em Galinhos (foto: Eduardo Vessoni)

Localizados a 170 km de Natal, na costa norte do estado, esses dois vilarejos rústicos têm charretes e bugues como únicas opções de transporte, lagoas que viram piscinas naturais entre dunas móveis, praias isoladas que surgem e desaparecem no ritmo da maré, montanhas de sal que riscam o horizonte das salinas locais e um mangue que serve de cenário para passeios gastronômicos de barco.

Como carros não entram no vilarejo de Galos e devem ficar em um estacionamento de Pratagil, de onde saem os barcos que navegam por 10 minutos até a região, a sensação é sempre a de estar desembarcando em algum lugar onde o turismo ainda não chegou (e que seja assim por muito tempo).

LEIA TAMBÉM: “10 motivos para visitar a desconhecida Galinhos, no Rio Grande do Norte”

2. BARRA DO CUNHAÚ

Barra do Cunhaú (foto: Eduardo Vessoni)
Barra do Cunhaú (foto: Eduardo Vessoni)

A vizinha Praia de Pipa segue no seu estilo hedonista de receber forasteiros, onde o espírito Paz e Amor dos anos 70 deu lugar a baladas fervidas, boutiques que destoam do espírito Flower Power daquela época e restaurantes bem decorados que exageram nas cifras do cardápio.

Mas do outro lado do estreito rio Catú, onde carros seguem sobre jangadas rústicas de madeira até a margem seguinte, a Barra do Cunhaú dá as costas para o turismo de massa e segue a vida na direção dos ventos.

SAIBA MAIS: “Barra do Cunhaú: o Rio Grande do Norte que você ainda não conhece”

1. FERNANDO DE NORONHA

Praias do Meio e da Conceição, vistas do Forte da Vila dos Remédios, em Fernando de Noronha (foto: Eduardo Vessoni)
Praias do Meio e da Conceição, vistas do Forte da Vila dos Remédios, em Fernando de Noronha (foto: Eduardo Vessoni)

Esse pedaço de terra nada discreto com apenas 26 km², a pouco mais de 540 km de Recife, é daqueles destinos brasileiros capazes de colocar um sorriso fácil em quem acaba de desembarcar.

Faz a gente desacelerar o ritmo, paralisar diante de um dos cenários mais intocados do Brasil e até descer a profundidades pouco comuns a mergulhadores de primeira viagem.

LEIA TAMBÉM: “Isolado e paradisíaco, arquipélago de Fernando de Noronha também tem opções econômicas”

VEJA MAIS FOTOS DE DESTINOS PARADISÍACOS DO NORDESTE

  • Fernando de Noronha (foto: Eduardo Vessoni)
    Fernando de Noronha (foto: Eduardo Vessoni)

  • Pelo 3ª ano consecutivo, Baía do Sancho é eleita uma das melhores praias do mundo
    Pelo 3ª ano consecutivo, a Baía do Sancho, em Fernando de Noronha, é eleita uma das melhores praias do mundo

  • Praia do Leão, no Mar de Fora (foto: Eduardo Vessoni)
    Praia do Leão, no Mar de Fora, em Fernando de Noronha (foto: Eduardo Vessoni)

  • Pelo 3ª ano consecutivo, Baía do Sancho é eleita uma das melhores praias do mundo
    Pelo 3ª ano consecutivo, a Baía do Sancho, em Fernando de Noronha, é eleita uma das melhores praias do mundo

  • Praia de Carneiros, no litoral sul de Pernambuco (foto: Karla Vidal/Flickr-Creative Commns)
    Praia de Carneiros, no litoral sul de Pernambuco (foto: Karla Vidal/Flickr-Creative Commns)

  • Praoa do Farol, em Galinhos (foto: Eduardo Vessoni)
    Praoa do Farol, em Galinhos (foto: Eduardo Vessoni)

  • Barra do Cunhaú (foto: Eduardo Vessoni)
    Barra do Cunhaú, no Rio Grande do Norte (foto: Eduardo Vessoni)

  • Final de tarde sobre a Duna do André, um dos clássicos da região de Galinhos (foto: Eduardo Vessoni)
    Final de tarde sobre a Duna do André, um dos clássicos da região de Galinhos (foto: Eduardo Vessoni)

  • Piscinas naturais de Maracajaú, no Rio Grande do Norte (foto: Divulgação)
    Piscinas naturais de Maracajaú, no Rio Grande do Norte (foto: Divulgação)

  • Outro cenário surreal do litoral norte paraibano é Areia Vermelha, ilha com 1,5 quilômetro de extensão que se forma na maré baixa e dá lugar a piscinas naturais rodeadas por areias de tons avermelhados, no município de Cabedelo, região metropolitana de João Pessoa (foto: Cacio Murilo/PBTur)
    Outro cenário surreal do litoral norte paraibano é Areia Vermelha, ilha com 1,5 quilômetro de extensão que se forma na maré baixa e dá lugar a piscinas naturais rodeadas por areias de tons avermelhados, no município de Cabedelo, região metropolitana de João Pessoa (foto: Cacio Murilo/PBTur)

  • Vista aérea da Barra de Camaratuba, em Mataraca, a 110 km de João Pessoa (foto: Cacio Murilo/PBTur)
    Vista aérea da Barra de Camaratuba, em Mataraca, a 110 km de João Pessoa (foto: Cacio Murilo/PBTur)

  • Praia de Coqueirinho, em Conde, na Paraíba (foto: Eduardo Vessoni)
    Praia de Coqueirinho, em Conde, na Paraíba (foto: Eduardo Vessoni)

  • Conde, município próximo a JOão Pessoa, na Paraíba (foto: Eduardo Vessoni)
    Conde, município próximo a João Pessoa, na Paraíba (foto: Eduardo Vessoni)

  • Mangue Seco, no litoral norte da Bahia (foto: Eduardo Vessoni)
    Mangue Seco, no litoral norte da Bahia (foto: Eduardo Vessoni)

  • Caraíva (foto: Eduardo Vessoni)
    Caraíva, no litoral sul da Bahia (foto: Eduardo Vessoni)

  • Rio dos Frades, entre Trancoso e a Praia do Espelho, no sul da Bahia (foto: Eduardo VESSONI)
    Rio dos Frades, entre Trancoso e a Praia do Espelho, no sul da Bahia (foto: Eduardo VESSONI)

  • Jacumã, praia que fica no roteiro que vai de Trancoso à Praia do Espelho, no litoral sul da Bahia (foto: Eduardo Vessoni)
    Jacumã, praia que fica no roteiro que vai de Trancoso à Praia do Espelho, no litoral sul da Bahia (foto: Eduardo Vessoni)

  • Rio da Barra, uma das atrações naturais do roteiro de bicicleta, entre Arraial d'Ajuda e Trancoso, no litoral sul da Bahia (foto: Ediuardo Vessoni)
    Rio da Barra, uma das atrações naturais do roteiro de bicicleta, entre Arraial d’Ajuda e Trancoso, no litoral sul da Bahia (foto: Ediuardo Vessoni)

  • Barra Grande, no litoral norte de Maragogi (foto: Eduardo Vesoni)
    Barra Grande, no litoral norte de Maragogi (foto: Eduardo Vesoni)

  • Maragogi, em Alagoas (foto: Eduardo Vessoni)
    Maragogi, em Alagoas (foto: Eduardo Vessoni)

  • Localizada na orla principal de Maceió, a Praia da Jatiúca é outro endereço frequentado por turistas e moradores locais (foto: Eduardo Vessoni)
    Localizada na orla principal de Maceió, a Praia da Jatiúca é outro endereço frequentado por turistas e moradores locais (foto: Eduardo Vessoni)

 

7 Comentário

  1. vc precisa conhecer as maravilhosas praia dos sonhos, de morro de sao paulo, as praia de barra de camamú,do porto da barra em salvador,monte cristo, penisula de maraù ,barra de marau,as praias de porto seguro,entes diversas em nosso estado,ja vi, que vcs. nao conhece a bahaia,que pena.

  2. Apesar da beleza que este pais tem, o que falta é estrutura local, atendimento e preparo para atender os turistas. Tive oportunidade de conhecer vários países, mas o Brasil, infelizmente, explora demais o turista, preços fora da realidade. Os valores fora são bem inferiores e a estrutura muito melhor.

  3. e tão dificio de numerar as praia do brasil pois se falar de uma vai ficar devendo para outra, se voce tiver tempo e dinheiro meu irmão praia bonita não vai faltar de norte a sul pode escolher. não se arrepender.

  4. O que aconteceu que nenhuma praia do litoral cearense foi mencionada? Com toda certeza os que fizeram essa pesquisa não conheceram nosso belo litoral de praias maravilhosas.

  5. Um dos meus maiores desejos é conhecer as belezas de Fernando de Noronha. Amo praias! Deus fez toda a natureza com a máxima perfeição. Para mim os oceanos são a obra-prima do Criador. Felizmente eu tive o privilégio de nascer em um dos litorais mais lindos do Brasil, que é Natal/Rio Grande do Norte.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*