Helicóptero faz viagem alternativa até o topo do Monte Roraima

foto: Roraima Adventures/Divulgação
foto: Roraima Adventures/Divulgação

Eis uma das trilhas mais complexas e fascinantes, em território brasileiro.

Com terreno, extremamente, acidentado e altitude que beira os 3 mil metros, a trilha até o topo do Monte Roraima é para poucos. O desgastante roteiro inclui passagem pela venezuelana Santa Elena de Uairén, visita à comunidade Paraitepuy, acampamento no rio Kukenan e caminhadas diárias de até 24 km.

Mas para quem ainda não se sente preparado para tal experiência, uma agência de Boa Vista dá uma ajudinha (aérea, diga-se de passagem).

LEIA TAMBÉM: “Destinos da América do Sul para conhecer na temporada de inverno”

foto: Roraima Adventures/Divulgação
foto: Roraima Adventures/Divulgação

Nessa viagem alternativa, os visitantes passam duas noites no topo do Monte Roraima, acampados em barracas, e fazem caminhadas para conhecer atrativos da região. A breve viagem de 30 minutos começa em Santa Elena, já em território venezuelano, e pode ser feita por até 5 pessoas, além do piloto.

As viagens de helicóptero acontecem independente de saídas regulares por terra, desde que previamente agendadas.

LEIA TAMBÉM: “Destinos da América do Sul que brasileiros não costumam incluir em suas viagens”

Segundo Magno Souza, diretor da agência responsável pelas viagens ao Monte Roraima, essa alternativa é voltada para aventureiros com pouca disponibilidade de tempo, limitações físicas ou para aqueles que gostam de longas caminhadas, mas que gostariam também de ter a experiência de ver o Monte Roraima do alto.

“É um outro cenário visto de cima”, completa Magno.

Chegada ao topo do Monte Roraima (foto: Marcelo Seixas/Roraima Adventures)
Chegada ao topo do Monte Roraima (foto: Marcelo Seixas/Roraima Adventures)

LEIA TAMBÉM: “Calor ou frio: onde é mais barato passar as férias de julho, no Brasil?”

O Monte Roraima, uma das mais antigas montanhas do planeta, está no extremo norte desse estado amazônico, nas fronteiras com a Venezuela e a Guiana, e é um dos picos mais altos do Brasil, com 2.875 metros de altitude e 40 km² de extensão, aproximadamente.

Esse tepui, como são chamadas as mesetas de paredões verticais e topo plano, abriga piscinas naturais de água gelada, devido ao fundo formado por cristais de quartzo.

foto: Roraima Adventures/Divulgação
foto: Roraima Adventures/Divulgação

LEIA TAMBÉM: “Desconhecida dos brasileiros, Amazônia abriga parques e florestas nacionais impressionantes”

VEJA FOTOS

  • foto: Roraima Adventures/Divulgação
    foto: Roraima Adventures/Divulgação

  • Chegada ao topo do Monte Roraima (foto: Marcelo Seixas/Roraima Adventures)
    Chegada ao topo do Monte Roraima (foto: Marcelo Seixas/Roraima Adventures)

  • foto: Roraima Adventures/Divulgação
    foto: Roraima Adventures/Divulgação

  • foto: Roraima Adventures/Divulgação
    foto: Roraima Adventures/Divulgação

  • foto: Roraima Adventures/Divulgação
    foto: Roraima Adventures/Divulgação

SAIBA MAIS
Roraima Adventures
O valor total da viagem U$ 8.500 pode ser compartilhado por até 5 pessoas. Outra opção é realizar a expedição normal, via terrestre, e fazer o retorno de helicóptero. Nesse caso, é adicionado um custo extra de U$S 3.000 (voo de volta e logística para o retorno para Boa Vista).
www.roraimabrasil.com.br

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*