‘Rota dos Contos de Fadas’ é viagem inusitada por cidades da Alemanha

Está tudo lá como em um autêntico conto de fadas: pequenas estradas que levam a castelos medievais, florestas que rodeiam povoados minúsculos e até príncipes que recepcionam hóspedes recém-chegados.

A ‘Rota dos Contos de Fadas’ é considerado um dos trajetos mais antigos da Alemanha e tem 600 quilômetros de extensão, entre Hanau, a trinta minutos de trem de Frankfurt, e Bremen, no norte do país.

foto: Eduardo Vessoni
foto: Eduardo Vessoni

Nesta viagem independente, o visitante passa por cidades e pequenos povoados relacionados com a biografia e com os famosos contos dos Irmãos Grimm, autores de clássicos literários do início do século 19.

Baseados em relatos orais que foram coletados em setores isolados da Alemanha, esses contos deram vida a histórias que todos conhecem e que fazem parte dessa viagem temática, como Rapunzel, Cinderela, Chapeuzinho Vermelho e o Flautista de Hamelin (só para citar alguns dos personagens que devem cruzar seu caminho).

LEIA TAMBÉM: “Vilarejo alemão tem rios como ruas e barcos de madeira como veículos”

Confira detalhes das atrações da ‘Rota dos Contos de Fadas’, na Alemanha:

CIDADE DOS IRMÃOS GRIMM
(Hanau)

Vista do monumento nacional dedicado aos Irmãos Grimm, em Hanau, declarada 'Cidade dos Irmãos Grimm' e cidade natal desses irmãos (foto: Eduardo Vessoni)
foto: Eduardo Vessoni

Início do roteiro, Hanau é a cidade natal de Jacob e Wilhelm Grimm e abriga o Monumento Nacional em homenagem aos Grimm, marco zero do roteiro, na Neustädt Marketplace.

Outro endereço dedicado aos Grimm é o Philippsruhe Castle, castelo barroco em estilo rococó e interior revestido com paredes de carvalho talhado, erguido no início do século 18, onde o Museu Histórico de Hanau tem uma sala dedicada aos escritores.

MUSEU DOS GRIMM
(Steinau)

Vista da Amtshaus, casarão renascentista onde os Irmãos Grimm passaram parte da infância e, que atualmente, abriga um museu interativo com exemplares de suas obras traduzidos para outros idiomas, manuscritos, salas com versões que personagens como Branca de Neve e Chapeuzinho Vermelho, além de exemplares de trabalhos assinados por eles (foto: Divulgação)
foto: Divulgação

Localizada a 60 km de Hanau, a medieval Steinau é endereço da Amtshaus, sobrado de 1512, erguido em estilo enxaimel, onde Jacob e Wilhelm passaram parte da infância, entre 1791 e 1796.

A casa abriga o Museu dos Irmãos Grimm, um espaço com salas interativas e mais de 200 manuscritos, exemplares de suas obras – consideradas as mais difundidas em todo o mundo após a Bíblia – e atividades interativas que incluem contação de histórias em iPods instalados em coroas de reis e miniaturas que reproduzem passagens de alguns de seus contos.

Pelas ruas estreitas de Steinau é possível também participar de um tour histórico conduzido por atores fantasiados com figurinos de personagens dos contos de fadas, como o feiticeiro do Gatos de Botas (Brüder-Grimm-Straße, 70).

LEIA TAMBÉM: “Centenária, torta Floresta Negra é atração da Alemanha”

NOS PASSOS DOS GRIMM
(Marburg)

Em Marburg, na Alemanha, é possível ver essa escultura com o sapato da Cinderela, um dos trabalhos que fazem parte da Rota dos Contos de Fadas (foto: Eduardo Vessoni)
foto: Eduardo Vessoni

Os Irmãos Grimm estudaram Direito na universitária Marburg, cidade que pode ser explorada em um roteiro a pé autoguiado, conhecido como Grimm Path.

A proposta é passar por 15 pontos com pinturas e esculturas relacionadas aos contos dos Grimm, como a Cinderela e os Sete Anões, e com informações disponíveis em Código QR.

Schwalmstadt é a "Cidade da Chapeuzinho Vermelho", outro destino da Rota dos Contos de Fadas da Alemanha. O local é considerado o endereço original da história da garotinha de capuz vermelho que leva comida para a sua avó (foto: Divulgação)
foto: Divulgação

CHAPEUZINHO VERMELHO
(Schwalmstadt)

Schwalmstadt é considerada a cidade original da história da garotinha de capuz vermelho que leva comida para a sua avó.

Com arquitetura toda em madeira, o destino abriga também o Schwalm Regional Museum, espaço de exposições dos típicos trajes vermelhos que teriam inspirado o figurino de Chapeuzinho Vermelho.

CIDADE DA BRANCA DE NEVE
(Baden Wildungen)

Localizada ao norte do estado de Hesse, essa pequena cidade é um destino de águas termais e abriga a famosa casa da Branca de Neve e dos Sete Anões, com direito a anões de jardim e suas sete camas.

Dizem que foi na região que envenenaram a princesa Margarethe von Waldeck, inspiração para a famosa história de Branca de Neve. O destino conta com a antiga mina extratora de cobre Besucherbergwerk Bertsch, de onde os Grimm teriam se inspirado para a criação dos sete anões.

CASTELO DA RAPUNZEL
(Trendelburg/Kessel)

O Hotel Burg Sababurg funciona em um castelo do século 14, no Vale Diemel, construído por Konrad III. Segundo relatos dos Irmãos Grimm, a construção teria sido a residência da famosa moça que jogava seus longos cabelos loiros.

De longe já dá para avistar a torre alta de pedras por onde desliza uma trança dourada com um laço vermelho na ponta. E, ao cruzar a ponte de acesso, os hóspedes são recebidos com a reverência de um príncipe de capa verde.

Hotel Burg Sababurg, no castelo original da Rapunzel (foto: Eduardo Vessoni)
foto: Eduardo Vessoni

Este hotel boutique permite aos hóspedes visitar a verdadeira torre da Rapunzel, de onde se tem vista panorâmica da floresta que recorta povoados minúsculos e, aos domingos, recebe em pessoa a anfitriã de cabelos longos. SAIBA MAIS

LEIA TAMBÉM: “Seis hotéis inusitados que você não deve deixar de conhecer na Alemanha”

ATRÁS DO ENCANTADOR DE RATOS
(Hameln)

Localizada na Baixa Saxônia, Hameln é a cidade do famoso Flautista de Hamelin.

Entre os destaques do destino estão o tour guiado pelo anfitrião mais conhecido, um passeio com uma hora de duração pelas construções medievais da cidade, e o Hamelin Museum, onde uma das salas é dedicada à história do encantador de ratos.

CASTELO DA BELA ADORMECIDA

Na pequena Sababurg, o viajante pode conhecer o castelo original da Bela Adormecida, construção de 1334 que, segundo fontes oficiais, teria abrigado a verdadeira Bela Adormecida. Atualmente, o local abriga um hotel temático: o Dornröschenschloss Sababurg, onde é possível dormir e participar de jantares acompanhados da própria Bela Adormecida e de seu tão esperado príncipe (foto: Divulgação)
foto: Divulgação

A apenas cinco quilômetros de Trendelburg, o viajante pode se hospedar em uma construção de 1334 que teria inspirado a história da Bela Adormecida. Desde o final do século 19, o local é citado como a residência oficial da jovem amaldiçoada pelo sonho eterno.

Localizado na floresta de carvalhos de Reinhardswald, o castelo recebe hóspedes com jantares, ao som de violino tocado ao vivo, acompanhados pela Bela Adormecida e seu príncipe. SAIBA MAIS

DICAS VIAGEM EM PAUTA

⇒ A viagem é longa e exige planejamento. Procure começar seu roteiro pelo sul, onde fica Frankfurt, uma das poucas cidades alemãs que contam com voos diretos do Brasil.

⇒ Faça seu roteiro por cidades relacionadas com os personagens que mais lhe interesse e não hesite em deixar destinos para uma segunda visita à região. Lembre-se que o turismo nos destinos do roteiro não gira em torno de personagens de contos e oferecem outras atrações que também merecem ser visitadas.

⇒ Estar com veículo próprio é fundamental, uma vez que nem todas as atrações podem ser visitadas com transporte público.

⇒ Tenha em conta que estabelecimentos como hotéis e atrações nem sempre contam com funcionários que falam inglês, bem como sites ou material publicitário em língua estrangeira. Por isso a regra por ali é planejamento e paciência.

⇒ A ‘Rota dos Contos de Fadas’ fica na Alemanha e não na Disney. Não espere castelos coloridos, nem personagens com cara de desenho animado. Este é um roteiro clássico por cidades medievais e com personagens que nem sempre remetem aos que estamos acostumados a ver em histórias “disneyficadas”.

SAIBA MAIS
Site de turismo da Alemanha
www.germany.travel

Rota dos Contos de Fadas
www.deutsche-maerchenstrasse.com

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*