Selva patagônica ganha primeiro teleférico do sul do Chile

Teleférico Cóndor Andino, na Reserva Biológica Huilo Huilo, no sul do Chile (foto: Divulgação)

Localizada na selva patagônica chilena e rodeada pelas cordilheiras dos Andes, a Reserva Biológica Huilo Huilo acaba de ganhar mais um atrativo.

Declarada Reserva da Biosfera pela UNESCO, essa área preservada de 100 mil hectares, na região de Los Lagos, ganhou um teleférico, com três cabines suíças, cada uma com capacidade para seis pessoas.

LEIA TAMBÉM: “10 motivos para conhecer o Chile”

Teleférico Cóndor Andino, na Reserva Biológica Huilo Huilo, no sul do Chile (foto: Divulgação)

A viagem de 14 minutos acontece entre o setor Museo de Los Volcanes, a 547 metros de altitude, e o pico do lugar, a 1.125 metros acima do nível do mar. Na base inferior estão um restaurante, uma cafeteria com varanda, duas pistas de boliche e brinquedos para crianças.

Já a base superior conta com um bar, cafeteria, salas de estar e um mirante.

O Cóndor Andino, como a atração é conhecida, é considerado o primeiro do sul do Chile, no setor Bosque de Los Ciervos.

LEIA TAMBÉM: “Confira atrações de verão na Patagônia, entre o Chile e a Argentina”

SAIBA MAIS
Cóndor Andino
quando: Diariamente, de quinta a terça, das 10h às 18h, e tem saída a cada 20 minutos, aproximadamente.

quanto: De $6.000 a $12.500 pesos chilenos (crianças e adultos, respectivamente). Quem se hospeda na reserva paga $5.000 (de 7 a 12 anos) e $10.000 (a partir dos 13 anos de idade). Os valores incluem acesso ao Bosque de los Ciervos, Criadero de Jabalíes e ao Museo de Los Volcanes.
www.huilohuilo.com

*com informações da assessoria de imprensa do Chile e da Reserva Biológica Huilo Huilo

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*