Canela é a Serra Gaúcha para curtir do lado de fora

Se Gramado fez fama com seu turismo no interior de museus e casas de founde, Canela é o lugar para estar do lado de fora, capaz de garantir agenda lotada durante todo a estadia.

Localizada a apenas sete quilômetros da vizinha famosa, Canela é a versão local para quem gosta de turismo ao ar livre.

Seu principal cartão postal é uma queda de 131 metros, em uma área preservada de 25 hectares. E para chegar até ali tem opção para todo estilo de visitante (e nível de disposição). A Cascata do Caracol, a sete quilômetros do centro de Canela, se exibe a partir de diferentes pontos de vista.

Do alto da plataforma com acesso por um elevador panorâmico que sobe a 27 metros; em uma trilha com 927 degraus até o pé da cascata; ou em sobrevoos panorâmicos de helicóptero que passam também sobre o Vale do Quilombo e Catedral de Pedra, símbolo arquitetônico de Canela.

Bondinhos aéreos de Canela, na Serra Gaúcha (foto: Eduardo Vessoni)

LEIA TAMBÉM: “Quartos de hotel da Serra Gaúcha ficam em antigas barricas de vinho”

Outra opção para ver  aquela queda fotogênica alimentada pelas águas do rio Caí são os Bondinhos Aéreos, com 12 cabines fechadas que realizam um percurso de 840 metros de extensão e faz paradas em três estações com vista panorâmica da cascata.

Para quem procura caminhadas curtas, o destino conta também com o Parque Municipal do Pinheiro Grosso, que abriga uma araucária de mais de 700 anos e 42 metros de altura, em que são necessárias.12 pessoas para abracá-la.

Parque do Pinheiro Grosso, em Canela (foto: Eduardo Vessoni)
Parque do Pinheiro Grosso, em Canela (foto: Eduardo Vessoni)

LEIA TAMBÉM: “10 sugestões de experiências inusitadas na Serra Gaúcha”

E como as coisas por ali parecem ser de dimensões exageradas, o Parque das Sequoias é outra atração que vale a visita, em uma área de mata nativa  com dez hectares.

Considerado uma das maiores coleções de coníferas do mundo, o local abriga sequoias de 70 anos e com cerca de 40 metros de altura e um metro e meio de diâmetro.

Parque da Ferradura, em Canela (foto: Eduardo Vessoni)

Mais afastado do centro, a 13 km de distância, o Parque da Ferradura é um dos cenários mais impressionantes do destino, formado por um vale circundado pelo rio Caí.

A atração conta com três mirantes (Vale da Ferradura, Vale do Arroio Caçador e Cascata do Arroio Caçador) e trilhas curtas de baixa  dificuldade, como a Trilha do Rio Caí, do Pórtico, das Cotias e das Pinguelas.

VEJA FOTOS

  • Parque do Pinheiro Grosso, em Canela (foto: Eduardo Vessoni)

  • Parque da Ferradura, em Canela (foto: Eduardo Vessoni)

  • Véu da Noiva, em Canela (foto: Eduardo Vessoni)

  • Bondinhos aéreos de Canela, na Serra Gaúcha (foto: Eduardo Vessoni)

  • Voo de helicóptero sobre a Catedral de Pedra, em Canela (foto: Eduardo Vessoni)

  • Sobrevoo na Cascata do Caracol, em Canela, na Serra Gaúcha (foto: Divulgação)

  • Interior de um dos quartos do Hotel Pampas, em Canela (foto: Eduardo Vessoni)

  • Interior de um dos quartos do Hotel Pampas, em Canela (foto: Eduardo Vessoni)

  • Vista aérea do Hotel Pampas, em Canela (foto: Eduardo Vessoni)

SAIBA MAIS

Turismo oficial de Canela
www.canelaturismo.com.br

Bondinhos Aéreos
www.parquesdaserra.com.br

Parque das Sequoias
www.sequoias.com.br

Sobrevoos de helicóptero
www.voetri.com

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*