Atrações grátis em Buenos Aires, capital da Argentina

Buenos AIres (foto: Nestor Galina/Flickr-Creative Commons)

Taí o que o Viagem em Pauta mais gosta em um viagem: atrações inusitadas com entrada gratuita.

Mais do que um destino com endereços feitos à medida para atrair turistas, como os shows de tango com preços estratosféricos e a manjada rua Caminito, em La Boca, a capital da Argentina também conta com atrativos que merecem estar incluídos no seu roteiro pela cidade.

E o que é melhor: não pesa no bolso.

Confira a seleção:

Histórias em quadrinhos

foto: Turismo de Buenos Aires/Divulgação

Talvez a politizada Mafalda, a garotinha que odeia sopa e sempre questiona o mundo adulto, seja a figura mais conhecida (e adorada) fora da Argentina, mas fãs das histórias em quadrinhos contam com um dos mais simpáticos roteiros da capital portenha.

Conhecido como Paseo de la Historieta, esse tour é feito no bairro Montserrat e passa por estátuas de personagens das mais populares histórias em quadrinhos produzidas nas últimas décadas, na Argentina, como Mafalda, Isidoro e Clemente.

SAIBA MAIS: “Roteiro em Buenos Aires homenageia personagens dos quadrinhos argentinos”

Tours temáticos

Bicicletas em Buenos Aires (foto: Divulgação)

Na onda das cidades turísticas internacionais, Buenos Aires também tem roteiros guiados sem custo para o visitante.

Os tours guiados por bairros da cidade acontecem em diversos endereços portenhos e são temáticos, como o que passa por endereços relacionados ao futebol (os ingressos para visitar os estádios são pagos à parte); o Circuito Amarillo, sobre tangos y milongas; e roteiros ciclísticos por bairros como Palermo e La Boca.

Reserva Ecológica

Reserva Ecológica, em Buenos Aires (foto: mista stagga lee/Flickr-Creative Commons)

Considerada o maior espaço verde de Buenos Aires, a Reserva Ecológica Costanera Sur ocupa uma área de 350 hectares, em pleno centro financeiro da cidade.

Localizado entre Puerto Madero e o Río de la Plata, o local é declarado a primeira área natural protegida da capital portenha e abriga lagoas, bosques e trilhas.

LEIA TAMBÉM: “Reserva ecológica é atração inusitada do centro financeiro de Buenos Aires”

Bonde histórico

Bondinho histórico de Buenos Aires (foto: www.tranvia.org.ar/Reprodução)

Nessa espécie de museu sobre rodas, o passageiro realiza tours gratuitos por endereços portenhos como as avenidas Emilio Mitre, Rivadavia e Directorio.

O pecurso total é de dois quilômetros e dura 20 minutos, com saída a cada 25 minutos, nas esquinas da Emilio Mitre e José Bonifacio, no Bairro Caballito. SAIBA MAIS

Barco a remo

Passeio a remo em Puerto Madero, em Buenos Aires (foto: www.turismo.buenosaires.gob.ar/Reprodução)

Taí uma maneira diferente de conhecer Buenos Aires.

Esse circuito turístico tem duração de uma hora e passa por atrações de Puerto Madero, como antigo porto e monumento Puente de la Mujer.

As saídas ocorrem às quartas e domingos (10h15 e 11h45), no  Yacht Club Puerto Madero, dique 4; e é obrigatória reserva prévia por email ([email protected]). SAIBA MAIS

Parque de la Memoria

Parque de la Memoria, em Buenos Aires (foto: Parque de la Memoria/Divulgação)

Esse emocionante espaço ao ar livre, situado às margens do Rio da Prata, presta homenagem às vítimas da ditadura argentina, nos anos 70 e 80.

Com 14 hectares, o parque é endereço do Monumento a las Víctimas del Terrorismo de Estado, um paredão feito com rocha patagônica que abriga os nomes dos desaparecidos políticos. O atrativo está a apenas 300 metros do Aeroparque Metropolitano, o aeroporto local de onde partiam os vuelos de la muerte, como eram conhecidos os voos militares que transportavam as vítimas. SAIBA MAIS

LEIA TAMBÉM: “Buenos Aires do lado de fora: conheça atrativos ao ar livre”

(*com informações do Turismo de Buenos Aires)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*