Cidades históricas do Sergipe

Igreja do Senhor do Bonfim, vista do Alto do Bom Jesus, onde fica a Igreja Bom Jesus Navegantes, em Laranjeiras, cidade histórica de Sergipe (foto: Eduardo Vessoni)

Se o litoral do menor estado brasileiro não teve a mesma sorte cenográfica dos vizinhos nordestinos, Laranjeiras e São Cristóvão souberam preservar seu passado histórico em forma de praças, igrejas e museus.

Neste vídeo, você conhece esses dois destinos históricos, a poucos quilômetros de Aracaju, a capital sergipana.

Tombada pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), Laranjeiras parece querer nos contar uma história a cada ladeira vencida.

Esse destino a apenas 20 km de Aracaju foi a cidade sergipana mais importante do período imperial, onde nasceu a primeira Alfândega do estado, em 1836, e chegou a receber, em 1860, uma comitiva europeia que incluía ninguém menos do que o imperador Dom Pedro II e sua esposa Teresa Cristina.

SAIBA MAIS: “Conheça Laranjeiras e São Cristóvão, cidades históricas do Sergipe”

Praça São Francisco, declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, em São Cristóvao, Sergipe (foto: Eduardo Vessoni)

A 25 km de Aracaju, São Cristóvão é a nossa parada seguinte.

As ruas estreitas de acesso à primeira capital do Sergipe, na Região Metropolitana de Aracaju, escondem um dos mais belos cenários arquitetônicos do estado.

Desde 2010, a Praça São Francisco, na parte alta da cidade, é declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, onde se localizam os museus Histórico e de Arte Sacra, o Convento de São Francisco e o Palácio Provincial.

LEIA TAMBÉM: “Aracaju, capital de Sergipe, é a pequena notável do litoral do Nordeste”

arte: Wagner Polak

‘Volta ao mundo em 80 segundos’ é uma espécie de ‘serviço ilustrado’, em que um destino ou uma experiência turística são abordados em vídeos de apenas 80 segundos.

Confira playlist com outros vídeos no formato: www.youtube.com

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*