Sul da Espanha tem caminhada, a mais de 100 metros de altura

Caminito del Rey, em Málaga, na Espanha (foto: Domínio Público/Flickr-Creative Commons)

O que era a trilha mais perigosa do mundo se transformou em uma premiada atração de ecoturismo e conservação do patrimônio.

Realizado no sul da Espanha, a Caminito del Rey é conhecida como a vertiginosa trilha sobre passarelas, em abismos a mais de 100 metros de altura, no Desfiladero de los Gaitanes, uma cânion formado pelo Rio Guadalhorce.

A atração foi reformada, recentemente, e vai de Ardales, no norte, a Álora, em sentido único, na província de Málaga.

Caminito del Rey, em Málaga, na Espanha (foto: Domínio Público/Pixabay)

O local é um antigo caminho de manutenção de um canal que foi construído a mando do rei Alfonso XIII, no início do século passado, com o objetivo de levar água dos reservatórios do norte até El Chorro, onde termina a trilha.

Reinaugurado em março de 2015, o atrativo ganhou passarelas de madeira e, desde então, vem colecionando prêmios como o de “um dos melhores projetos urbanísticos na Espanha” (XIII Bienal Española de Arquitectura y Urbanismo); o de proteção patrimonial (Premio ‘Europa Nostra’); além de prêmios internacionais, em Milão, (Prêmio de Arquitetura do Archmarathon) e, em São Paulo, na X Bienal Iberoamericana de Arquitetura e Urbanismo.

LEIA TAMBÉM: “‘Camino Norte’ é opção litorânea do Caminho de Santiago de Compostela”

Como chegar
A trilha tem acesso pelos municípios de Ardales e Álora, a 500 km de Madri, aproximadamente. Da estação Málaga María Zambrano, a viagem de trem dura 1h52m, até El Chorro, e custa 20 euros. SAIBA MAIS

Extensão
8 quilômetros, aproximadamente (2,9 km sobre passarelas). A caminhada é dividida em sete etapas: da recepção, onde ficam o estacionamento e um restaurante, até a trilha de descida para a estação EL Chorro, nos últimos 2 km, passando pelos cânions do Desfiladeiro de Gaitanejo.

Caminito del Rey, em Málaga, na Espanha (foto: Domínio Público/Pixabay)

Tempo
A caminhada total é estimada em 4 horas, aproximadamente, entre o setor Norte (Ardales) e o Sul (El Chorro, Álora).

Transporte
Com sentido único e não linear, a trilha vai de norte a sul e exige contratação de transporte, caso o visitante não queira refazer o mesmo caminho.
A atração conta com transporte em ônibus, entre os acesso Norte (Ardales) e Sul (El Chorro, Álora). O trajeto custa 1,55 € (segundo o site do Caminito del Rey.

SAIBA MAIS
Caminito del Rey
www.caminitodelrey.info

VEJA TAMBÉM: “Dicas de sobrevivência para encarar o Caminho de Santiago de Compostela”

(* fonte: www.spain.info e Caminito del Rey)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*