Cinco roubadas que você deve evitar em Gramado, na Serra Gaúcha

Recebi olhares tortos quando anunciei, entre amigos, que meu próximo destino seria Gramado.

Uma jornalista de Porto Alegre não demorou em dizer “Bah, Gramado é o Projac da Serra Gaúcha”, em referência à cenografia de casas de estilo alpino e à sequência de lojinhas boutique da avenida principal.

Com uma estrutura capaz de envergonhar outros endereços turísticos do país, Gramado é um dos destinos nacionais mais procurados por brasileiros e até levou, recentemente, o título de melhor destino do Brasil, naquelas votações virtuais feitas por internautas.

Não que a cidade precise ser riscada da sua lista de viagens, mas ver um grupo de brasileiros carentes de neve, entocados numa construção fechada que imita uma estação de esqui, com um sol a pino do lado de fora, em pleno mês de março, foi uma das experiências mais deprimentes que senti em viagens.

Gramado, na Serra Gaúcha (foto: Augusto Janiski Júnior/Flickr-Creative Commons)

LEIA TAMBÉM: “10 sugestões de experiências inusitadas na Serra Gaúcha”

O dia azulado lá fora, no meio da manhã, já passava dos 26 graus. Mas a senhora metida em um pesado macacão azulado tentava aquecer as mãos sob o par de luvas que segurava uma xícara de um (ralo) chocolate quente que, na época, era vendido por R$ 14, em um quiosque com neve cenográfica no telhado, em um cenário que eles juram que é a réplica de um vilarejo alpino.

Até vinho tinto descia melhor naquele dia de sol forte, na última semana de verão gaúcho. Se existisse, San Carlos de Bariloche se reviraria no caixão.

Como todo destino popular, Gramado também tem suas roubadas (e cada uma delas pode ser evitada para garantir uma viagem menos traumática):

Trânsito caótico
Tem que querer muito para trocar a engarrafada São Paulo e repetir o erro em Gramado, em plena temporada de férias.

Com atrações dispersas, ao longo da via que liga Gramado e a vizinha Canela, o destino mais famoso da Serra Gaúcha exige um carro (e muita paciência) para quem quer explorar ruas estreitas que se entopem de motoristas indisciplinados que engrossam filas inertes, nas saídas das atrações.

A população temporária de Gramado parece programada para fazer as mesmas atividades, nos mesmos horários. Todo mundo quer comer no mesmo restaurante, visitar o mesmo museu e fazer compras na mesma lojinha.

Sem falar nas modeletes que circulam pela avenida Borges de Medeiros, metidas em roupas,  como se estivessem na Bahnhofstrasse de Zurique (essa, sim, suíça e com serviços à altura).

E para não se sentir na 25 de Março, em semana de datas comerciais comemorativas, evite a cidade em época de Páscoa ou pré-Natal (dizem que a população local se multiplica como coelhos ou ajudantes de Papai Noel).

LEIA TAMBÉM: Quartos de hotel da Serra Gaúcha ficam em antigas barricas de vinho”

Chocolate indigesto
Tô bem longe de ser especialista em chocolates, mas, logo na primeira mordida, a gente sabe a diferença entre barras doces feitas com generosas doses de açúcar e as feitas com cacau.

Os chocolates dali são lindos e tem até uns em forma de Kikito do Festival de Cinema de Gramado. Mas a experiência é desastrosa: um pedaço pesado e açucarado que se esconde sob embrulhos caprichados com lacinhos e filme plástico (!).

E as propostas por ali são ousadas. Endereços de quase 30 fábricas de chocolate, Gramado vê tramitar um projeto que lhe daria o título de Indicação de Procedência, selo que garante a procedência geográfica de um determinado produto.

Mundo do Chocolate, em Gramado (foto: Eduardo Vessoni)

Chocolate bom mesmo é aquele (não-comestível) que fica em exposição no Mundo do Chocolate, um espaço de 3 mil m² que abriga réplicas de monumentos do mundo esculpidos com chocolate.

Aliás, não tem destino brasileiro com tanto talento para inventar museu como Gramado.

Museus de nada
Enquanto Canela, a sete quilômetros dali, sabe aproveitar o que a região tem de melhor (de graça, natural e ao ar livre), Gramado se esconde em ambientes fechados que, em nenhum momento, lembra a geografia única da Serra Gaúcha.

Em Gramado, tem museu de monumentos mundiais em miniatura, de motos, de carros esportivos (onde você dirige uma Ferrari modelo 458 por R$ 799, já com o descontinho de 10%), de automóveis clássicos, de cera (com versões constrangedoras de bonecos que podem ser vistos a R$ 65 por pessoa) e tem até museu de dinossauro (!!!) com versões de bichos que se movimentam com a mesma habilidade animatrônica das séries dos anos 70.

Detalhe de um dos museus de Gramado (foto: Caliel Costa/Flickr-Creative Commons)

Segundo regras internacionais, um museu é uma instituição sem fins lucrativos que conserva, investiga e interpreta coleções de valores histórico, artístico, científico ou de qualquer outra natureza cultural, “a serviço da sociedade e de seu desenvolvimento”.

Mas por ali não tem essa de “sem fins lucrativos” e “coleções de valores histórico e artístico”. O passaporte para visitar cinco museus de um mesmo grupo custa, por exemplo, quase R$ 150 por pessoa (mas eles parcelam em seis vezes, fica tranquilo).

Sequência de fondue
Não queremos dizer que mergulhar um pão italiano em uma panelinha de queijo fumegante não seja um ato digno para noites de frio.

Mas pagar quase R$140 por pessoa para comer uma sequência de fondue em ambientes escuros que tentam dar clima romântico, com trilha sonora tirada de elevador, é uma das maiores roubadas do destino.

Foto ilustrativa (foto: izuriphoto/Flickr-Creative Commons)

No meu caso, a casa era tão mal iluminada que eu não conseguia distinguir se o que vinha nos potinhos era banana, melão ou marshmallow.

Tem também as carnes, servidas à vontade e com o acompanhamento de molhos tão diversos que a gente já nem sabe o sabor de cada um.

Neve artificial
Eles juram que o local tem clima europeu. A gente só não conseguiu ver onde, naquela mal sucedida mistura de Frozen com Holiday on Ice.

Sem essa de que o local é perfeito para quem nunca viu neve.

Gramado não é Bariloche (nem qualquer outro lugar do mundo com condições naturais para nevar) e se você quer ver mesmo um cenário nevado, Gramado, definitivamente, não é o seu destino.

Os funcionários são mal-humorados, beirando à indisposição grosseira, e as atrações se resumem a atividades sobre um terreno com neve artificial, rodeada por lojinhas boutiques que comercializam produtos três vezes mais caros do que em qualquer outro centro de compras de uma capital brasileira.

Os preços também são elevados. Na alta temporada, que começou em junho, o passaporte saía por R$ 169 por cabeça (e sem direito às atrações mais interessantes do local).

Só para terminar
E uma última dica: depois das 11 da noite, Gramado fica tão agitada quanto uma cidade cenográfica do Projac, depois de um dia de gravação.

No final da viagem, a gente descobre que o melhor de Gramado é Canela.

LEIA TAMBÉM: “Canela é a Serra Gaúcha para curtir do lado de fora”

112 Comentário

  1. Meu caro. Sua matéria jornalística cujo objetivo creio que fora alertar turistas sobre as “roubadas” do destino foi mal recebida pela maioria dos leitores gaúchos. Alguns até mesmo chegaram fazer uso de difamação e injúria, crimes previsto no Código Penal brasileiro. Um litígio no caso desses exaltados, seria correto e justificável. O que não é justificável são esses ataques devido ao nacionalismo extremo (lembrando que o RS já quis até se separar do restante do Brasil, mas isso foi a muito tempo, quando o estado ainda não estava falido) Voltando a matéria, visitei o destino no início da década de 90 e recentemente no ano passado e pude perceber a diferença na estrutura (pra pior infelizmente) Realmente a reportagem não deixa de citar verdades, mas nada que um turista de ótimo humor não consiga remediar todavia, para aqueles que usando de bom senso desejem férias sem aborrecimentos, o ideal mesmo seria evitar o destino em alta temporada e, mesmo na baixa evitar atrações de relação custo benefício negativa, conforme alerta a matéria colaborativa, desta forma contribuindo para uma seleção natural na própria estrutura do destino.

  2. Ridiculo, lamentável e com objetivos obscuros. Essa é a minha análise do seu comentário a respeito de Gramado. Já vivi em Zurich, na Suiça, e comparar um comércio acolhedor e nacional, com uma avenida recheada de marcas internacionais das quais a maioria dos Brasileiros não tem nem conhecimento da existência e que provavelmente nem o próprio blogueiro tem condições financeiras de bancar, só pode ser piada. Também já morei em São Paulo, e falar em preços altos quando um pão com queijo (deliciosos por sinal) nas padarias da cidade podem chegar a R$20 e um suco de laranja outros R$15, tá brincando né? E por último, já que perdi muito do meu tempo com esse texto infeliz, na mesma Suiça, eu e meu marido deixamos quase intocável um intragavel Fondue de queijo, aos pés da uma das montanhas mais famosas do mundo, Matterhorn em Zermat, lamentando não estarmos comendo um dos deliciosos Fondues de Gramado! E acho inconveniente lembrar quanto custou!!! Triste por você, rapaz!

    • Também achei obscuro o comentário do sujeito. Conheço Zurich também e a comparação é ridícula. Gramado é acessível para brasileiros é claro que não é perfeita, como Zurich obviamente também não é.

      A única coisa que pôde-se concordar é a deprimente espera pela neve “interna” mas o sujeito aí não deve saber quanto custa manter um ambiente nessa temperatura.

      Não sabe e comenta, parece até “militante”…

  3. Parabéns Eduardo Vessoni pela audácia e coragem de falar sobre Gramado. Existe uma espécie de preconceito velado com quem fala mal da cidade, como se todos os turistas fossem obrigados a elogiar todos os parques e museus disponíveis. Visitei a cidade em Fev/2017 tive a mesma impressão, cidade muito cara e os serviços meia boca, gostei bem mais de Canela que oferece recursos naturais e sabe aproveitar melhor seus visitantes. Só que ao invés dos passeios triviais conheci as pessoas da região da Serra Gaúcha, maravilhosas e simples por sinal. Também achei o chocolate caro e ruim, mesmo o da Lugano. Gente da região me confessou que as fábricas mais famosas derretem barras da Garoto e Nestle pra fazer o tal chocolate caseiro. E o Natal Luz de 2016 foi feito com papelão na maior parte dos figurinos! Palavra de quem participou do espetáculo! Ou seja, Gramado é uma cidade pra “inglês ver”. Mesmo assim tem seu charme, mas não é pra mim. Canela 10 mil vezes. E mais uma vez, parabéns pelo tapa na cara com luva de pelica. Tá doendo até agora.

  4. No mínimo esse FDP deve morar em uma laje imunda numa favela de São Paulo, no mínimo deve ser um catador de latas sem dinheiro pra viajar, fez esses comentários pra tentar se promover pessoalmente. Sugiro a esse invivíduo, se a finalidade dele era aparecer, que ele faça o seguinte, vai na 25 de março e compre uma cueca cor de rosa (deve ser sua cor preferida) faça um corte na bunda e pinte a mesma de vermelho ou rosa pink pendure uma melancia no pescoço e uma latinha de cerveja cheia de cascalho no saco para fazer bastante barulho aí então tu venhas à Gramado e desfile pela nossa Avenida Borges de Medeiros, e pare em frente ao Palácio dos festivais, em um sábado ensolarado. Saudações Gramadense

    • O cara é jornalista e apenas expôs seu ponto de vista sobre um local. O maximo aceitável aqui é o leitor que conhece o local concordar ou não. Mas você fez uma coisa inaceitável e lamentável, foi completamente preconceituoso nos seus comentários. Qual seria o problema em morar numa laje ou em uma favela? E um “catador de latas” não teria o direito em fazer uma viagem e expor suas opinoes sobre as experiências pessoais? E o que você quis dizer nesse comentário sobre a cueca e o fato dela ser rosa? Francamente, você como Gramadense apenas envergonha seus conterrâneos e deixa transparecer uma imagem ruim sobre sua terra.
      Eu nunca fui a Gramado e não foi esse post que me fez desistir de conhecer. Ainda sim acho super válida a experiência aqui relatada, ela abre o olho para tomarmos alguns cuidados e conseguir aproveitar melhor a viagem. Li inúmeros blogs sobre Gramado e não dou crédito de 100% verdade em nenhum deles, sou maduro suficiente de absorver as experiências pessoais e traçar minhas próprias motivações e decidir se faço ou não a viagem.

    • Álvaro, adorei seu comentário!!! kkkkk. Estou sempre em Gramado e NUNCA tive nada à reclamar, muito pelo contrário, fiz inúmeras amizades familiares. Gramado é tudo de bom. Mazáaaaa.

  5. Cada coisa tem seu preço em sue local, achou caro 14 reais um chocolate quente em Gramado, mas se for 14 reais uma cerveja espremido na virada de Copacabana ou Salvador tá tudo certo né?! Qualquer lugar turístico é mais caro que uma cidade ”comum”.
    Reclamou da neve artificial, diversos lugares também tem praias artificiais ou de água doce e nem por isso são detonados.
    Podia muito bem ter criticado de forma mais sucinta, não destacando somente ”roubadas” , não cita NENHUM ponto positivo. Você viajou pro lugar para pesquisar apenas as coisas ruins.
    Para finalizar, foi pra Gramado em março e queria neve?

  6. Já morei em Gramado e sei q a qualidade de vida lá é mais cara que outros lugares do estado. E Gramado é uma cidade maravilhosa, sim! Tem um clima super agradável, os habitantes são bem hospitaleiros e queridos e na maioria dos lugares você é bem atendido. Agora se você vai passear com uma merreca de dinheiro no bolso, olhando pras pessoas com cara feia e criticando sem observar com cuidado, você vai odiar. Pq o que azeda o lugar é você mesmo! E tudo é mais caro para receber os turistas com conforto e qualidade… Inclusive os reclamões, né…
    Ah, e os chocolates de lá são deliciosos… Florybal, Caracol, Lugano, e entre tantas outras marcas… Quer ver frio? Vá na época certa! Quer comer em um ambiente iluminado? Escolha o lugar certo, pq variedade é o que não falta. Só vai pra Gramado/Canela quem tem dinheiro pra gastar! Caso contrário, poupe um pouco e pesquise bem antes, pra não ficar passando vergonha na internet. Gramado manda “beijos” de luz pra vc! E vai continuar linda e cheia de pessoas maravilhosas como sempre :3

    • Adorei seu comentário!!! kkkkk. Estou sempre em Gramado e NUNCA tive nada à reclamar, muito pelo contrário, fiz inúmeras amizades familiares. Gramado é tudo de bom. Mazáaaaa.

  7. Ridículo este retardado que redigiu esse texto ridículo, lixo de material. Quando ele fala do chocolate não li mais! 359mil lojas de chocolates na cidades variáveis marcas bem conhecidas inclusives, e os chocolates de qualidades claro que dependendo o preço vai lá nas alturas mas se paga prla qualidade!!!!!!
    Se não quer ver gente bonita volte pra puta que pariu de onde v vejo pois só deve ter gente como você!!
    O trânsito em alta temporada se tem mesmo, porém não é as tranqueiras de SP que se fica horas paradoe outra os motorias são bem educados pq vc mal coloca o pé na faixa de pedestre e os carros param pra vc passar, acidente de trânsito nunca vi por lá e vou com muita frequência!!
    Museu tem varios, da moda, do chocolate, de carros, de cera, porém vai de você se quer ou não conhecer os mesmos, fazer um passeio fechado ou em ambientes abertos. Incluisive o le jardin é em gramado e ele é um parque aberto! Deveria ir pra purificar essa tua alma podre!

  8. Concordo em parte com as indagações críticas do texto, vou todos os anos a gramado e canela mas fico hospedado em canela em cabaninhas na rua lateral da igreja.
    Vejo preços altos. .. os ônibus panorâmicos de Turismo arrancam com meia dúzia de pessoas quando poderiam arrancar lotados se praticassem o preço justo, uma lógica sem lógica preços a 69 reais um passeio por pessoa poderiam cobrar 1/3 do valor e manterem sempre seus passeios cheio de pessoas…
    Esse é um exemplo entre outros em que a gana por lucro e tão grande que cega o empresário.

    Quem já viajou a gramado entende que são tantas belezas e que se completam entre belezas artificiais e belezas naturais que o passeio se completa com a percepção de que firaram muitas oitras coisas sem ser vistas. E para deslumbre a cada ano agregam-se mais e mais coisas para serem vistas.

    Críticas são algo para pensarmos e refletirmos.

  9. Nunca li algo de tão mal gosto e agressivo em relação a um destino com seu texto! Sempre que escolho meus destinos costumo ler blogs ou videos no you tube com relação a eles,sempre com dicas e críticas sutis, mas esse seu texto é de uma total falta de respeito com quem trabalha dia e noite pra tornar aquele lugar um dos melhores destinos do país! A proposito, acabei de chegar da minha primeira viagem a gramado ! Apaixonada com a cordialidade, educação, hospitalidade, culinária, e tantos outros adjetivos que ficaria dias escrevendo ! Os museus são sim maravilhosos e divertidos, o chocolate é divino, o fundi é uma preciosidade, vale o quando custa! E tem de vários preços ! O clima de romançe ns bares a luz de velas e encantador! Tudo depende do ponto de vista e gosto do turista! Ou do quando aquele turista é amargurado, por que não ?! Agora faça um favor a humanidade, apaga esse post e escreve um pedido de desculpa para aquelas familias que dependem do turismo de gramado para sobreviver, ou se for capaz, refaça seu texto com colocações menos grosseiras! Dica mais bonito pra você !

  10. Boa tarde. Ja fui duas vezes a Gramado. Em dezembro durante natal luz e há duas semanas, em julho de 2017, onde vimos neve artificial e natural. Pois é, vi neve em Gramado! Mas ja aviso, só no inverno. Além disso, passamos um frio de doer, que tropicais como nós brasileiros, sofremos!
    Eu recomendo sempre, por ser uma cidade organizada e preparada pro turista, o que permite ter um passeio tranquilo e sem estresse. Com atrações para todos os gostos, interesses e bolsos, principalmente com crianças. Você pode tanto fazer tudo ou quase tudo a pé. Carro ajuda, mas não e esssencial. Hoje ja tem Uber!
    Por isso, eu recomendo. Valendo até o risco de encontrar situações ou atrações “roubadas”, pois no final, o custo benefício é positivo.
    Boa viagem à Gramado. Com criança melhor ainda.

  11. Babaca vem na baixa temporada (março) e quer neve? Se quiser ver neve economiza uma grana e vai pra Europa em dezembro, ou pra Bariloche no inverno. Pagou 140 reais no founde de trouxa, se não tinha dinheiro pra ir em algum museu, não fica desbancando a qualidade e preços dos locais. Faz assim, não venha mais pra Frente, fique na sua casa que é melhor, pra você e para os outros.

    • Se você ve tudo de uma forma tao ruim, reveja sua felicidade meu caro. Deve estar com a vida muito amarga mesmo.
      Nao quer gastar? Nao quer ver neve artificial? Fica em casa ou escolhe outro destino. Quer uma dica? Pesquise ( em sites decentes com comentarios construtivos) o local antes de escolher visitar.
      Sobre as roupas de quem esta na cidade….bem, provavelmente sao turistas da SUA cidade conhecendo Gramado. Isso altera seu humor durante seus passeios? Devem ser chatas mesmo suas férias.

      Gramado é uma cidade limpissima, linda, com receptividade e sim, bastante romantica. Mas quem quer passear com uma nuvem escuta na cabeça e com o propósito de escrever besteira depois, nao deve ir, simples assim. Como disseram, ninguem é obrigado a ir para Gramado. Mesmo assim, a cidade recebe milhares de turistas a anos. O senhor parou para pensar que enquanto essas milhares de pessoas curtiram e aproveitaram seus dias você foi para uma tortura? O erro esta no local ou em você?
      A humanidade nao precisa de pessoas amargas. Ja que voce tem acesso a meios de comunicacao e divulgacao, saiba usar para algo construtivo.

    • Cara na boa volta lá e faça essa viagem direito dessa vez! Saia da Borges de Medeiros e ande nas paralelas, coma chocolate Lugano. Vá no inverno e não no verão. Antes de chamar a cidade de cilada ou roubada tu tem noção do que é o natal luz? Comparar o trânsito de lá com o de São Paulo? Na boa, volta lá e faz de novo que vc fez tudo errado, nem semáforo a cidade tem de tão educado que o povo é que para o carro pra vc atravessar, gente educada e vc é bem atendido até na perfumaria, a melhor comida, o melhor chocolate quente tá na rua coberta, aliás vc foi lá? E aliás pagou 140 no rodízio de fondue pq não sabe procurar pq os melhores do Brasil estão lá. E são mais baratos que esses da moda aqui em SP. Repito volta lá e faça de novo! Simples assim. Quer ver neve no verão? Quer comparar neve natural com neve artificial? O primeiro hotel 6* do Brasil tá lá, neve de verdade tem lá, mas no inverno ooooo afortunado.

  12. Caramba! O cara consegue ir a Gramado e destacar as “roubadas”. Achei que ao final viria alguma coisa boa, mas ele diz que o melhor de Gramado é Canela. Com todo respeito, que adoro também Canela, nada a ver falar algo assim. De ter muito amargor na vida. Aliás, chocolate amargo pra ele.

  13. CINCO “ACHADOS” QUE VOCÊ DEVE USUFRUIR EM GRAMADO:
    1) RESPEITO AOS PEDESTRES: bote seu pé na rua e o automóvel imediatamente dará prioridade a você. Os motoristas em Gramado sofrem una metamorfose e, independentemente da forma como dirigem em sua cidade, passam a ser extremamente educados no trânsito, com respeito absoluto aos mais vulneráveis no trânsito. É bonito de ver e muito bom de usufruir. Cidados exemplares. Incrival!
    2) VARIEDADE DE CHOCOLATES: são muitas as fábricas e lojas em Gramado, para agradar à diversidsde dos muitos turistas da cidade. Desde chocolates mais divertidos, que encantam e divertem as crianças, até os mais sofisticados, para paladares mais exigentes. Não gostou de algum chocolate? Experimente outro da mesma fábrica ou de alguma outra diferente. São tantas, que dá para fazer um verdadeiro “Chocolate Tour”!

    3) MUSEU A CÉU ABERTO – CASA DO COLONO: Quer ver pães e cucas sendo assados na hora, de forma colonial e por colonos autênticos? Em Gramado é fácil. E melhor: é muito, mas muito saboroso. https://www.tripadvisor.com.br/Attraction_Review-g303536-d3877632-Reviews-Casa_do_Colono-Gramado_State_of_Rio_Grande_do_Sul.html
    4) ORGIA GASTRONÔMICA: FONDUES, CAFÉS COLONIAIS, CHURRASCARIAS, GALETERIAS, CASAS DE SOPAS, COZINHAS DAS MAIS DIVERSAS, PASTÉIS QUE NOS REMETEM A FILMES, PIZZARIAS TEMÁTICAS, CAFÉS, ETC… Comer e beber é definitivamente um dos pontos fortes de Gramado. Para variados bolsos e paladares. É bom ir preparado para trazer na mala alguns quilinhos adicionais!!
    5) NEVE (artificial, é verdade, mas marcante para quem não teve o privilégio de ver neve natural): quando se pensa em Gramado, o que vem à mente? FRIO, principalmente para quem não é do Sul. É verdade q tb faz bastante calor no verão ( e nessa época a cidade oferece muitas outras atrações tb maravilhosas – NATAL LUZ é lindo demais!). Mas Gramado e frio estão intrinsecamente relacionados no pensamento coletivo. E se não estiver frio? E se mesmo muito frio, não nevar? Afinal, neve natural é bem incomum em Gramado – infelizmente – muito embora os turistas tenham sempre essa esperança. Sair frustrado, então? Nada disso: neve artificial, ora bolas. Atração muito legal, para diferentes idades, e com muita diversão.
    Ah, um detalhe: GRAMADO e CANELA não são concorrentes, mas complementares. Afinal, SOFISTICAÇÃO e NATUREZA podem muito bem andar juntinhas.

  14. Eu concordo com o autor em parte, todo lugar turístico tem umas roubadas que só por Deus. Mas viajar é o alimento da alma, e para quem tem o espírito leve até as roubadas viram causos divertidos. Veja-se que o autor se esforçou para criticar e no resumo da obra concluiu que Gramado é cara, lotada e fake. Para quem quer pagar menos existe uma coisa chamada baixa temporada, que na serra é tipo uns 8 meses do ano, planeje e vc de saída já se livra das altas dos preços e do excesso de gente. Tem umas atrações de gosto duvidoso (qual cidade turística não tem), mas adivinha? A gente pode não ir!!! Eu subo a serra a cada 60 dias a mais de 40 anos e nunca pisei no Snowland e na metade dos “museus” de Gramado. Mas nunca deixo de ir tomar um chimas no Lago Negro ou um chá na Velha Bruxa, dar uma volta no jardim de lavanda ou na Mina. Isso sem falar das muitas atrações que tem na volta, inclusive minha amada São Chico, que tem a melhor livraria do RS, a Miragem. Falar de atendimento é ser casuísta, tem excelentes atendentes (vc foi na casa do queijo ou no empório do azeite?), e outros nem tanto, concordo. Se eu não gosto do atendimento, agradeço e saio e não retorno mais, simples assim. Não desmereça o trabalho duro de milhares de gramadenses com o seu fel, até parece que em Sampa (que eu amo tb), vc não come de pé algo servido por alguém que nem te olhou nos olhos. O comentário sobre as modeletes é tão desparatado que nem sei qual foi exatamente a crítica. Gurizada desfilando a beleza na rua principal da cidade é assim desde que o mundo é mundo. Vc já foi a Copacabana? Na paulista no findi? Na Padre Chagas em POA? Na Rodeo Drive em Beverly Hills??? Podia ficar te dando exemplos até cansar, isso é normal e agradável para muitas pessoas. Enfim, Gramado não é fake, é para todos, e que bom que nem todos gostamos das mesmas coisas. Uma coisa é certa, seja qual for a sua tribo, Gramado vai ter algo para vc.

    • Concordo com vc. Estive em Agosto do ano passado, e fiquei em um hotel entre Gramado e Canela. Fiquei encantada com as duas cidades. Realmente tem atrações que preferi não pagar para ver. Pois já fui com roteiro planejado e com dicas de quem já tinha visitado, o que valia a pena ou não. Até mesmo sequência de fondue, pesquisei muito antes de ir.Tem opções para todos os gostos e bolsos. Eu recomendo, acho a cidade linda, agradável, mas assim como toda viagem, é bom fazer um planejamento.

  15. Só um aviso o Sr não é obrigado a vir a Gramado ,aliás ninguém é obrigado a nada, então se veio ninguém te forçou agora se faz um favor ,para com esse mimimi pq tá parecendo paparazzi de pobre ou seja um belo fofoqueiro! Bjinhos no ombro! Vá pra Dubai!

  16. Conheci Gramado em 1990, ainda quando criança. Depois voltei lá muitas vezes e posso dizer que tem piorado muito. Antes era uma cidade pacata, feita por colonos alemães, com características únicas. Agora, está cheia de empreendimentos internacionais, alguns de gosto duvidoso. Está muito mais caro passear por lá, e os restaurantes estão desqualificados. Os muitos museus, são cópias dos primeiros que surgiram, e que eram interessantes. O que ainda vale a pena é a natureza de rara beleza, e outros lugares que podem ser visitados de graça. Faltou um pouco de orientação ao visitante.

  17. cada um tem o direito de amar ou odiar e tem que ser respeitado.Nem tudo que é bom para você é bom para o outro.Eu me mudei de São Paulo para Gramado de tanto que gostei e estou amando morará. Mas tem gente que não gosta .Cada um no seu quadrado.

  18. Cara, faz um favor… se vc ler este comentário, o que eu duvido que vc se de ao trabalho… NÃO VENHA MAIS AO RS… se é tão ruim assim se faça esse favor… nos faça esse favor, de não nos dar o desprazer de sua presença… me arrependo do tempo que perdi aqui lendo tanto desvareio…

  19. Concordo com quase tudo que está neste artigo, texto, enfim.
    Gramado é uma linda cidade, ótima pra morar mas, se o comércio( restaurantes, museus, parques,…) forem denunciados para vigilância sanitária, ministério público e afins, muitos fecharão. Porque conseguir vender uma sequência de fondue de 60 reais por pessoa por 40 reais com as mesmas carnes e molhos(a base de maionese hellmans), não é pra qualquer restaurante..

  20. Concordo com quase tudo que está neste artigo, texto, enfim.
    Gramado é uma linda cidade, ótima pra morar mas, se o comércio( restaurantes, museus, parques,…) forem denunciados para vigilância sanitária, ministério público e afins, muitos fecharão. Porque conseguir vender uma sequência de fondue de 60 reais por pessoa por 40 reais com as mesmas carnes e molhos(a base de maionese hellmans), não é pra qualquer restaurante.

  21. Tive que ler isso, pois não acreditei no que me falaram. Estou ainda ridicularizado como existe pessoas que deveriam sim, ao invés de blogueiros, ser animadores de velório. Texto Ridículo, sem embasamento nenhum, lhe falta um pouco de estudos meu amigo, todos sabem que em março no Brasil é verão, e que neve é coisa de inverno, até as crianças de 6 anos… acho que você pensou que a hospitalidade seria como na casa da sua vó, que não precisava pagar nada… tenha paciência e, se quer ser alguém admirado na vida, não precisa falar bem de nada e de ninguém, apenas fale a verdade e com bom senso, ou sera que os milhares de turistas que retornam a Gramado estão errados e so você certo?????

    • Blogueirinho “encomendado” e querendo aparecer.. se você quer a Europa, entra no decolar.com e parcela uma viagem.. Gramado é simplesmente maravilhosa! Tem defeitinhos, como qualquer outra cidade…mas deve ser complicado pra você, ver tanto em um só lugar e ter que procurar defeitos quando poderia estar curtindo o lugar….faltou verba do teu patrocinador ou você foi pago somente pra escrever essas besteiras?.. o que resta é colocar defeito no que é belo! Fulano acredite até a Gisele bundchen tem defeitos, se você gastar seu tempo procurando..na minha opinião você não passa de um limitado..volta pra tua vida medíocre! Deixa as pessoas curtirem esse que é com certeza um dos destinos mais perfeitos do Brasil #ficadica

    • O melhor comentário que li sobre o texto, tem gente carente que tem a expectativa de ser colocado no colo e embalado, feito criança mimada. Ele tem que estudar mesmo, neve em Março???
      Sobre os valores cobrados pelo lazer, isso sim é verdade, mas neste país mesmo com muito planejamento, sem dinheiro não é feito nada, ou seja, a cidade precisa de verba para ver crescer o seu projeto.
      Sendo assim, todas as críticas se perdem quando não há bom senso na forma como é colocado. Apenas difamar para afogar algum tipo de mágoa que ocorreu nesta visita e não ficou explícita no texto, não ajuda qualquer futuro viajante que seja.
      Para dizer tanto, no mínimo deve-se estar preparando algum brilhante comentário sobre sua estada nos Alpes Suíços.

  22. REALMENTE A CIDADE É LINDA, MAS O ATENDIMENTO DE TAXISTAS E GARÇONS DEIXA A DESEJAR,ACHO QUE ELES ESTÃO COMO NARCISO, ENCANTADOS POR SI MESMO E ESQUECEM QUE DEPENDEM DO TURISTA PARA VIVER. EM UM PASSEIO NUMA JARDINEIRA O GUIA ERA MUITO MENTIROSO, DIZIA QUE OS PREÇOS DOS IMÓVEIS ERAM ALTÍSSIMOS,DEPOIS PESQUISEI E DESCOBRI OUTRA REALIDAE. O ATENDIMENTO NAS LOJAS DE VESTUÁRIOS NÃO ERA DOS MELHORES, PESSOAS CONVERSANDO SOBRE SUA VIDA INTÍMA.TAMBÉM ACHO QUE O MÚNICIPIO É VÍTIMA DE CORRUPÇÃO, POIS AO SAIR DAS RUAS PRINCIPAIS NÃO OBSERVEI UMA CIDADE MUITO BEM CUIDADA, PARA AONDE VAI TANTO DINHEIRO, É ISSO QUE O GRAMADENSE DEVE QUESTIONAR.

  23. Sr. Eduardo,

    Primeiramente entendo que o grande segredo da convivência é saber respeitar as diferenças, por isso tive o desprazer de me deparar com o seu texto, que a propósito está cheio de elementos de ponto de vista negativo e falta de propriedade para falar de Gramado e da região. Gostaria de ler um breve relato de uma pessoa que não nasceu em Gramado, mora aqui a 16 anos (entre idas e vindas), adora a gastronomia, as atrações de entretenimento e a natureza?
    Proponho ao senhor, realmente conhecer a cidade e a região e posteriormente escrever sobre as 30 Atrações Imperdíveis na Serra Gaúchao ou sobre as 51 Razões para Amar Gramado sugerido pela leitora Vanderleia Draguetti, no seu blog.
    Gramado protagoniza destaque na Região das Hortênsias, está estrategicamente no centro das mais belas atrações da região, vale a pena citar a maior concentração de cânions da América Latina em Cambará do Sul que está a 2 horas de viagem da cidade, o Vale dos Vinhedos que está a 2 horas de viagem onde é possível visitar excelentes vinícolas, fazer minicursos de sommelier, nesse caso destacam-se as vinícolas Miolo, Chandon, Salton e Casa Valduga, dentre outras. A cidade de Nova Petrópolis de colonização 100% alemã, berço do cooperativismo no Brasil, lindíssima e original, está localizada a 40 min de carro ou ônibus distante de Gramado. O templo budista de Três Coroas, com uma vista fantástica também está próxima. A cidade de São Francisco de Paula, nos campos de cima da serra, carinhosamente chamada de São chico está a 1 hora de Gramado, lá você encontra pousadas fantásticas integrantes do roteiro do charme, cachoeiras e a verdadeira cultura gaúcha. Ufa! Estou quase sem folego, mas precisamos ainda falar de Gramado e Canela, vamos lá.
    Gramado é uma cidade jovem, foi emancipada a menos de 100 anos, inicialmente foi destino de verão para os porto alegrenses até a metade do século passado e desenvolveu-se para protagonizar posição de destaque dentre os mais famosos destinos turísticos da América Latina. Os locais, juntamente com os colonos de origem portuguesa, alemã e italiana que aqui residiam, perceberam naquele momento uma oportunidade única de empreender, por isso desenvolveu-se a cultura de respeito inabalável aos turistas que foram os pioneiros a explorar a cidade. Por verem nesses turistas a oportunidade empreender desenvolveu-se uma cultura que sempre colocou o turista num pedestal, os carros param para eles, as pessoas lhes dão uma atenção singular, eles são acolhidos e tratados com respeito e gratidão únicos. Esse traço cultural é tão forte que as pessoas que visitam e mudam para a região incorporam o mesmo espírito, somando-se à cultura de hospitalidade rica que temos aqui.
    Continua

    • Percebo que quando alguém discorda e fala mal… mas ibope dá, por isto que boa esta oportunidade para Gramado poder mostrar mais ainda o que oferece para o turista. Blogueiros se acham no direito de opinar e ditar moda para o povo, partem do pressuposto que suas idéias são as verdadeiras. Outra coisa, que lugar no mundo é perfeito? Mais ainda, Gramado não fez nenhum trato com São Pedro para mandar neve os 12 meses do ano.

  24. Achei péssimo o seu relato sobre Gramado. É claro que algumas atrações da cidade não são boas na minha opinião, mas pode agradar outras pessoas que estão buscando aquela atração. Sou de Minas Gerais e gostei muito de Gramado. Fiquei 7 dias na cidade e pude aproveitar boa parte das atrações disponíveis que, no meu ponto de vista, são muito boas.

    • Aqui no Rio Grande do Sul quando alguém morde alguém queremos saber quem é o dono do cachorro. Muito desagradável a análise feita pelo autor (autora) da matéria a respeito de Gramado. Por exemplo, gosto dos pontos turísticos do Rio de Janeiro! Nunca farei uma análise do Rio pelo lado ruim da agenda que o Rio poderia nos possibilitar. Jamais. Como Brasileiros temos que passar a enaltecer o lado bom de nosso país, é uma questão de caráter!

  25. Esse Eduardo Vessoni é um tipo hippie-comunista que viaja o mundo com 10 reais na carteira e quer dar exemplo, mas se não pode possuir as riquezas de graça, prefere que seja destruída.

    Eu ja passei o tão sonhado reveillon na praia de Copacabana, eu não gostei, mas antes de tacarem pedras em mim, eu nunca gostei de praia ou do tipo de festa que tem la, só que eu tenho que respeitar as milhares de pessoas que gostam e vão para la se divertir. Porque fazem o estilo delas, então observando as pessoas em volta que gostam de samba, praia e fogos de articifio, ali é o lugar perfeito para passar o Ano Novo. Se não gosta de samba, vai a pé ate a praia de Ipanema depois que normalmente tem música eletronica.

    Nunca fui a Gramado mas se esse cara que se diz jornalista, não gosta deste tipo de cidade avise antes na matéria. Não vejo nem imparcialidade de um “jornalista” como este. E ainda tem um tal de Beto que deve ser o proprio jornalista ou algum puxa saco desse jornalista que ta detonando todo mundo, ou seja 1 pessoa contra milhares que concordam que a cidade é boa. O incomodo deve ser porque o capitalismo rola ali e isso incomoda o outro lado.

  26. Laventavel artigo. Definitivamente essa pessoa não conhece Gramado, ou foi a Gramado quando estava em dias de muito mau humor, sem querer saborear os encantos da Serra e do local. O artigo beira ao absurdo.

  27. Estive lá na época da Páscoa deste ano , 2017, e fiquei uma semana, não tenho nada a reclamar. Pesquisei antes de ir e não cai em nenhuma “roubada”. O texto generalizou muito, e como estive em época de cidade lotada, acho que infelizmente tu não teve sorte quando foi ou foi com expectativa alta ou não conseguiu pesquisar o que queria antes de ir. Por exemplo: paguei 69,90 em uma excelente sequência de fondue e o restaurante ofereceu transporte. Que pena que pra tu não foi bom, já Eu, vou voltar ainda este ano.

  28. Equem este imbecil se acha, um pulia desses, que deve ter vindo para o Sul com meia duzia de patacas e quer entar em atrações que seu parco dinheiro não permitem. Mas que vá para ponte de PARIS, para não ser grosso. Em Dubai tem uma atração como a Snowland. Imagina se vai poder ir. Nem as fotos do seu desatroso comentário foi ele que tirou copiou do Flickr, fotos ilustrativas, o que me levou a pensar se veio para Gramado, será que teria condições de pagar uma passagem. Deve ser turista de internet…. Procura os destinos na grande rede e sai detonando. Mas vai te catar.

  29. Lamentável matéria de alguém que com seu mau humor generalizou uma cidade e toda sua população. Felizmente Gramado é para todos, e raros entre os 6 milhões de visitantes anuais estão essas pessoas desinformados. Antes de viajar pesquise sobre a cidade, seus atrativos e valores, se não tiver condições de pagar R$140.00 em um bom fondue, procure o de R$ 40.00, porque Gramado é para todos!

  30. Repost:Ana Pacheco(melhor resposta para esse indivíduo)
    Sabe o que precisa ser dito sobre Gramado?
    Que esta cidade é SIM para todos.

    Após ler o texto que denigre a imagem do nosso município, que critica o valor investido em algumas atrações, que reclama de como as coisas funcionam por aqui, parei pra pensar em como somos acolhedores e em como somos criativos em fundamentar atrativos turísticos para todos os tipos de público.
    O jornalista Eduardo Vessoni, que desabafou e criticou o funcionamento do nosso município, precisa entender que problemas, indiferenças, trânsito, preços altos, roupas caras, pessoas desfilando suas modas, enfim, que tudo isso faz parte daquilo que somos, daquilo que vivemos, independente da cidade ou Estado que estejamos.
    Sim, meu caro Vessoni, você pode visitar Gramado e não gastar muito. Sim, você pode dirigir por aqui e usufruir da calmaria serrana. Sim, você pode saborear chocolates e fondues sem investir muito dinheiro. E sim, ver a neve artificial é uma opção, você a escolhe ou não. Sabe como, querido jornalista? Pesquisando. Lendo. Optando pela baixa ao invés da alta temporada. Vindo com o coração aberto e com o intuito de aproveitar o que lhe é oferecido e saber, acima disso, que nem tudo foi criado pra você. Que sim, para os 6 milhões de pessoas que visitam Gramado anualmente, existem opções diversificadas em hotelaria, gastronomia e turismo. Você não é obrigado a nada, nada mesmo. É tudo uma questão de escolha, de opção, só isso.
    Portanto, ao dizer que o melhor de Gramado é Canela, ah, você está redondamente enganado. Ambas as cidades se complementam, se abraçam, se unem e criam maneiras de bem receber quem as escolhe; Exibindo atenção, carisma, conforto e comodidade para cada um que deseja viver a magia presente na Serra Gaúcha.
    Sim, a magia. Pois isso aqui, cara, é mágico. Andar pelas ruas floridas e limpas, ter a certeza da segurança independente do horário, ver crianças correndo e brincando, praças repletas de sorrisos, chimarrão compartilhado, abraço apertado e aquela alegria bem boa de quem ama esse lugar – sendo a primeira vez que o visita ou, também, daquele que faz aqui a sua rotina.
    Portanto, Vessoni, lembre-se com atenção que Gramado ama o que faz. Que o gramadense é sim um povo bairrista. Que para nós, ao falar de Gramado, o peito automaticamente se estufa.

    Quer voltar e rever os seus conceitos tão supérfluos e sem embasamento? Volte! Gramado está acostumada (super bem acostumada) a mudar opiniões e preceitos!

  31. Lamentável! Seu artigo sobre Gramado não retrata em nada o que realmente é Gramado. Você deve ter visitado Gramado em alguma excursão de farofeiros, com pouca grana, e devia estar de mal com o mundo. Em primeiro lugar, quem vai para Gramado sabe que tem levar dinheiro, e muito dinheiro, senão nem vá! Você deve ter visitado restaurantes populares e comprado chocolates em lojas que anunciavam promoção! Você não conhece Gramado! Gramado tem restaurantes excelentes, atendimento primoroso, hotéis charmosos e aconchegantes e chocolates de primeiro mundo! Mas claro, tudo tem seu preço. Se você procurar pelo mais barato, vai receber o que comprou. Outro detalhe, se você não quer compartilhar os lugares com turistas, não vá em lugares turísticos, visite o deserto do Saara. Gramado foi criada para os turistas, com lugares lindos e feitos para encantar. Definitivamente, você não conhece Gramado. Ah! Por favor, não volte à Gramado, a cidade não precisa de pessoas como você.

    • é impressionante como a verdade dói, principalmente quando contraria interesses, já parou para pensar que na verdade gramado não precisa é de voce??

      • Deixa de ser ignorante otário Pois se tu não sabe a qualidade é alta já comi o chocolates mil vezes e posso dizer que dá de dez a zero em Cacau show em Ferrero Rocher se tu não sabes oque
        falar te cale

  32. Para mim, o grave no texto é a generalização. Todos os chocolates são indigestos? Todos os restaurantes são ruins e mal atendidos? De acordo com quem? Comparado com o quê? Os museus são pagos? A Snowland é ridícula? E falar ainda nas “modeletes” desfilando na Av Borges de Medeiros como se estivessem na “Bahnhofstrasse de Zurique (essa, sim, suíça e com serviços à altura)”.
    No que se refere aos chocolates, há inúmeras marcas à disposição para compra e não há como querer um produto bom com preço irrisório. Existe alguma coisa Bally (como parece que ele gosta da Suica…) com preços baixos?
    Quanto aos museus serem pagos, será que ele já entrou em algum? No mundo inteiro há os “card” ou “pass” para serem usados em vários museus, ou seja, paga-se entrada. Mesmo que se visite um único museu.
    Fondues. Qualquer restaurante, em Gramado ou em qualquer outro lugar do planeta, que não tenha coifa com filtro de água, fará com que seus clientes levem para casa o cheiro da refeição. Essa é uma informação preciosa que deveria constar nas mídias que fazem crítica de restaurantes.
    E as “modeletes”? Como o termo modelete é usado de maneira pejorativa, só posso pensar que o autor NUNCA caminhou pela Bahnhofstrasse!!! Se caminhou, não olhou para os lados.
    Acreditar que pessoas visitem Gramado porque não dispõem de recursos para ir mais longe, além de ingênuo, é cruel.
    Se a intenção do autor é a de proteger as pessoas de “roubadas”, então que nomine cada lugar- alvo de suas observações, pois da maneira como apresenta sua crítica, pode-se deduzir que a fez em um momento de desinteligência ou, quem sabe, por má-fé.

    • adorei sua resposta! “esse dito jornalista” deve ter se formado por correspondencia, odeio generalizações! parabéns pela bela resposta a esse tão mal amado e liso coitado!

  33. Você precisa de tratamento urgente, Gramado só recebeu no último ano 6 milhões de turistas, é o destino mais procurado no país. Acredito que você curta Praia Grande no Guarujá, lá é que deve ser bom para um tipo como você. Se achou caro 140 por um Founde, vá nos de 40, se achou o chocolate ruim coma uma manga. Aliás pelo teu azedume deves chupar limão diariamente. Tua matéria foi de uma infelicidade e desconhecimento total. Deves desculpas ao povo de Gramado e ao RS.

  34. Gramado no quesito alimentação eu considero bastante fraca. Nas lojas dificilmente se é bem tratado. Eu, raramente fui. Havia uma pizzaria com a temática cinema que só faltava bater nos clientes que entravam. Pedidos errados, demora fora do comum, um horror, nunca mais coloquei ali meus pés. Nem sei se sobreviveu. Com a falta de educação dos atendentes só por um milagre. Mas, na grande maioria das vezes, nunca fui bem tratada na cidade por seus comerciantes. Quase todos com cara amarrada e faz pouco que “descobriram” o cartão. Antes só aceitavam dinheiro. Mas recomendo um lugar que, sempre que vou, sou muito bem tratada, a casa da velha Bruxa. Comidinhas maravilhosas e atendimento gentil e educado. Deveriam servir de exemplo para os demais. Os comerciantes, de um modo geral, deveriam investir em seus funcionários com cursos para atendimento. E alguns proprietários, não todos, é claro, também deveriam se forçar a ser um proprietário mais gentil e educado, isso serviria de exemplo aos funcionários. Uma pena que uma cidade turística não use um bom investimento em pessoal. Quanto aos chocolates só as marcas bastante conhecidas e caras, umas duas, valem o investimento. As outras são bem duvidosas.

  35. Meus Deus, que absurdo. Gramado é sucesso no mundo, vejam as avaliações do tripadvisor. A quem interessaria uma matéria desse nível de desqualificação infundada?

  36. RESTAURANTES!! PAREM DE SERVIR O MALDITO FONDUE ONDE SE “FRITA” A CARNE NA MESA ISSO INFECTA BRUTALMENTE O AMBIENTE E DESTRÓI QUALQUER CHANCE DE ALGUÉM SENTIR OU APRECIAR UM OUTRO PRATO!

    • O bom do fondue é propiciar o cozimento da carne no momento em que é degustado, se vier pronto da cozinha a carne não fica na mesma textura. Aprenda, Beto, a saborear o que é bom. Reclamar faz parte da cultura dos mal-amados (nunca vai encontrar algo que o satisfaça).

  37. OUTRA COISA, A ATUAL PREFEITURA É PATÉTICA E INERTE, NÃO TEM A CAPACIDADE NEM DE OFERECER O UBER AOS TURISTAS QUE SÃO DEIXADOS A MERCE DE TAXISTAS DO TIPO “CACHORRO LOCO”.

  38. Sr. Eduardo,

    Tive o desprazer de me deparar com o seu texto, que a propósito está cheio de elementos de ponto de vista negativo e falta de propriedade para falar de Gramado e da região. Gostaria de um breve relato de uma pessoa que não nasceu em Gramado?
    Proponho ao senhor conhecer realmente a cidade e a região e posteriormente escrever sobre as 30 Atrações Imperdíveis na Serra Gaúcha.
    Gramado protagoniza destaque na Região das Hortênsias, está estrategicamente no centro das mais belas atrações da região, vale a pena citar a maior concentração de cânions da América Latina em Cambará do Sul que está a 2 horas de viagem da cidade, o Vale dos Vinhedos que está a 2 horas de viagem onde é possível visitar excelentes vinícolas, fazer minicursos de sommelier, nesse caso destacam-se as vinícolas Miolo, Chandon, Salton e Casa Valduga, dentre outras. A cidade de Nova Petrópolis de colonização 100% alemã, berço do cooperativismo no Brasil, lindíssima e original, está localizada a 40 min de carro ou ônibus distante de Gramado. O templo budista de Três Coroas, com uma vista fantástica também está próxima. A cidade de São Francisco de Paula, nos campos de cima da serra, carinhosamente chamada de São chico está a 1 hora de Gramado, lá você encontra pousadas fantásticas integrantes do roteiro do charme, cachoeiras e a verdadeira cultura gaúcha. Ufa! Estou quase sem folego, mas precisamos ainda falar de Gramado e Canela, vamos lá.
    Gramado é uma cidade jovem, foi emancipada a menos de 100 anos, inicialmente foi destino de verão para os porto alegrenses até a metade do século passado e desenvolveu-se para protagonizar posição de destaque dentre os mais famosos destinos turísticos da América Latina. Os locais, juntamente com os colonos de origem portuguesa, alemã e italiana que aqui residiam, perceberam naquele momento uma oportunidade única de empreender, por isso desenvolveu-se a cultura de respeito inabalável aos turistas que foram os pioneiros a explorar a cidade. Por verem nesses turistas a oportunidade empreender desenvolveu-se uma cultura que sempre colocou o turista num pedestal, os carros param para eles, as pessoas lhes dão uma atenção singular, eles são acolhidos e tratados com respeito e gratidão únicos.
    Para quem quer conhecer Gramado além das suas características culturais, sugiro que visitem o interior, com os passeios Quatrilho (região aonde foi filmado o filme O Quatrilho), Tour Vale e Tour Raízes. Para quem gosta de natureza, vale muito a pena conhecer o Panelão, o Vale do Quilombo, o Ecoparque Sperry, o Gramado Zoo e o Parque Gaúcho (lá eles contam a história pelo ponto de vista antropológico do Gaúcho), o Parque Knorr e o Le Jardin (um jardim de lavandas) que além da vista exuberante serve no seu café/loja uma torta de maça deliciosa. Para quem busca entretenimento, o Parque Tomasini oferece uma série de atividades como passeio a cavalo, pedalinhos e kart. Os pontos turísticos mais visitados de Gramado são o Mini Mundo que conta com mais de 4 mil m² de miniaturas e o Lago Negro. Caso não tenham disponibilidade para se locomover até o Vale dos Vinhedos sugiro conhecer as vinícolas Ravanello e Seganfredo.
    Em caso de curtirem fazer compras, bons restaurantes e cafés vale a pena ficar no entorno da Rua Coberta! Existem opções em Gramado para todos os bolsos, eu diria que é um destino bem democrático economicamente. Além de tudo isso, Gramado conta com uma infraestrutura excelente o que a torna lugar ideal para receber grandes feiras e eventos. Vale lembrar que o trânsito em Gramado só é problema para quem não conhecem bem as saídas alternativas.
    Canela conta com uma natureza exuberante e abençoada, são duas regiões imperdíveis na cidade. Uma delas conta com o Parque da Ferradura, Bondinhos Aéreos, Cascata do Caracol (é o ponto turístico mais visitado da região), Castelinho Caracol (uma construção com mais de 100 anos de existência onde se pode saber um pouquinho mais da colonização na região), Parque dos Paredões, Terra Mágica Florybal. A outra região que foi brindada com uma vista espetacular, onde está localizada a Vinícola Jolimont, o Parque Flor do Vale que conta com uma cachaçaria e o Alpen Parque. Com arquitetura ímpar, a Catedral de Pedra (feita só com pedras encaixadas) está esculpida no centro de Canela e no seu entorno existem várias opções de comércio, restaurantes e cafés.
    Dentro de um raio de 50 km é possível aproveitar as principais atrações citadas anteriormente, foi uma descrição bem superficial, pois Gramado e região oferecem muito mais. Aqui é possível ter uma experiência inigualável, especialmente se as atrações e cidades foram aproveitadas juntas. Para os que tem olhos sensíveis para perceber que além de beleza, não existe desigualdade social, existe um respeito inabalável pelas pessoas e principalmente que existe a cultura do capricho porque as pessoas aqui “fazem o melhor que podem com as condições que têm, até encontrarem condições melhores para fazer melhor ainda” (Cortella) a experiência fica melhor ainda.
    O desafio está lançado!

    Atenciosamente,

    Ederson Leite
    Gerente do Hostel Britânico

    • Nossa ,o que pensar deste jornalista ….tenho pena , é um doente , precisa de ajuda urgente kkkk
      Mal humorado ,ácido ,azedo enfim um infeliz ,deveria ficar em casa trancado, não contaminar ninguém com teu desconhecimento e arrogância.Nenhum lugar do mundo precisa da tua visita, muito menos Gramado,espero que Nunca mais ponha teus pés e mente imunda aqui no sul.

  39. Ele escreve falando sério, (sério) e achei que era uma brincadeira do autor. Tanto Canela como Gramado tem seu jeito próprio de agradar. São umas das pouca cidades brasileiras que o povo da cidade se envolve para dar um clima mágico para o turista, mesmo vestidos de ajudantes do bom Velhinho. Pode ser até que pelo conceito dele que seja uma cidade “pega-turista”, mas se for fazem isso perfeitamente e deixa a vontade de “quero voltar”.

  40. Hahahaha…
    O cara não deve ter ganho nenhuma cortesia. Deve ter tentado dar um carteiraço, dizendo ser jornalista (????) e não levou nem sequer uma lembrancinha.

  41. Mas, qto mimimi?..nossa, isso que eu chamo de virar os holofotes pra si!..surreal!
    Comentários infantis que espelham o protótipo do “menino mimado” que esqueceu de crescer!..
    O mundo está precisando de adultos!!
    Fazer toda uma faculdade de jornalismo para esse tipo de matéria?
    Mas, sabem o que lamento? Não são os comentários infelizes, que lembram pré-adolescentes. Mas, lamento pelos profissionais (garçons, atendentes, etc..), que tiveram o desprazer de se conectar com esse tipo de vibração. Lamento por esses profissionais que se desdobram para bem servir e acolher os visitantes, terem que se deparar com essa minoria que entra na cidade com arrogância e prepotência, se achando doutores no assunto de seus “achismos”. Senhores esses, que mesmo comendo Godiva numa ilha, acharam do que reclamar.
    A essência de se conectar com a cultura da região, e é o grande presente que podemos receber ao visitar essa tão baralhada cidade, impressa no trabalho de muitas gerações.

    Não gostou do chocolate? Procura um Godiva pro seu descontentamento!
    Não gostou do trânsito? Sempre tem uma ilha pra se isolar!
    Não gostou do founde? Só respondendo com gargalhadas!
    Pessoas que entram na cidade com essa prepotência e falta de humildade, são minoria e saem da mesma sem entender a essência da cidade…Consumir é uma opção, assim como estar desperto para o belo da cultura de uma região.
    Cada um faz suas escolhas!..enquanto uns infantilóidemente reclamam do chocolate, founde e apreciam seu sedentarismo no trânsito..outros apreciam uma bela maçã no Lago Negro com o calor do sol contemplando seus rostos!

  42. Eduardo, faço minhas suas palavras. Cresci na Serra e realmente Gramado está na mão de sanguissugas. É uma cidade linda que está sendo dizimada. Parabéns pelo texto.

  43. Fondue a R$140? Só se não souber procurar. Encontra-se BEM mais barato. Não neva? Bom, talvez tenha sido ilusão de ótica o que houve na semana passada. Chocolate? Bebê, tu deve ter comido qualquer coisa, menos os 70¢ cacau M A R A V I L H O S O S. O preço já foi menos salgado, nisso concordo. Mas não diga inverdades sobre a qualidade. A cidade é um charme para se caminhar (anda de carro só se tiver algum ponto turístico mais longe e específico, senão é burrice), tem pessoas maravilhosas, tudo limpinho…e quanto ao parque com neve artificial: bom, nem todo mundo tem grana pra ir esquiar em Bariloche. BÊSO!

  44. Perfeito!
    Falou toda a verdade, o que a maioria já constatou, mas ninguém ainda tinha tido a coragem de falar!
    Já fui algumas vezes pra gramado, e não descarto a possibilidade de ir novamente no futuro. Mas moro no RS e a viagem não se torna tão cara. Tenho pena de quem vem de longe visitar e se depara com o apontado pelo jornalista.

  45. Com certeza enquanto ele pensa assim,centenas de pessoas estão encantadas aqui, outras centenas querem voltar e milhares de pessoas querem conhecer. Esse sujeito não deve ter conhecido outros lugares a não ser Gramado e a cidadezinha que ele mora, pois por valores meu caro, é assim em todas as cidades turísticas. Vai andar em outra cidade com celular na mão … Eu poderia falar muito aqui. Mas só umas dicas.. tem fondue ótimo por nem 50 reais, pontos turísticos gratuitos para visitar, lojas de roupas conta, como toda cidade. Faço minhas as palavras do povo ai dos comentários. Esse cidadão tem que saber que é um dos destinos mais indicados mas não obrigatório! Então não venha ainda mais com esse rancor todo. Nosso atendimento é ótimo, nossa recepção maravilhosa, cidade limpa e segura!! Vá pra canela, vá pra onde quiser, mas dispensamos gente igual a vc.
    E sempre estaremos prontos a receber todos!!

  46. PERDEU A OPORTUNIDADE DE GUARDAR PARA SI SUA OPINIÃO.

    RAZÕES PARA AMAR GRAMADO
    1 Cidade inquestionavelmente linda
    2 Tranquilidade
    3 Limpeza
    4 Gastronomia de grande qualidade e variedade
    5 Cidade romântica
    6 Perfeita para família
    7 Perfeita para melhor idade
    8 Tem barzinhos ultra descolados
    9 Clima agradável na maior parte do ano
    10 Pessoas educadas em sua maioria
    10 Fabricas de chocolates para todos os gostos
    11 Hotéis luxuosos
    12 Hotéis muito bons e com preços acessíveis
    13 Pousadas simples agradáveis e super em conta
    14 Churrascarias diversas
    15 Fondue de queijos, carnes e chocolates para todos os bolsos, A PARTIR DE R$ 40,00
    16 Hamburguerias
    17 Rua coberta
    18 Tem comida italiana? Tem sim senhor
    19 E Alemã? Claro
    20 Tem Mac Donalds e Subway (ha quem goste)
    21 Tem até sushi
    22 Tem tradicao
    23 Cultura
    24 Vc vai lembrar do seus avós
    25 Doces e mais doces
    26 Tem passeio de supercarros e museus de carros e motos (Feliz de quem tem R$ 799,00 para andar numa FERRARI,INVEJA causa MIMIMI)
    27 Tem parque de neve
    28 Tem bar de gelo
    29 Tem vinicola
    30 Tem flores e mais flores e todo tipo de flores
    31 Tem neve, fraquinha mais tem
    32 Tem aldeia do papai noel o ano todo
    33 O lago negro é a coisa mais linda
    34 Como não se encantar com o minimundo?
    35 Tem arquitetura alemã
    36 Tem APFELSTRUDEL
    37 Tem o korvatunturi
    38 Tem passeios rurais
    39 Tem o Le Jardim
    40 Tem zoologico com animais apenas da fauna brasileira
    41 Cultura gaucha por todo lado
    42 Os melhores vinhos você encontra em Gramado
    43 Tem Cervejas artesanais
    44 Hotéis, restaurantes e vários lugares kids friendly
    45 Ao lado tem Canela cidade cheia de parques
    46 Próximo a Nova Petrópolis cidade linda e charmosa de cultura alemã
    47 Próximo a Bento Gonçalves e toda suas opções das melhores vinícolas brasileira
    48 O NATAL MAIS LINDO DO BRASIL
    49 FESTIVAL DE PASCOA
    50 FESTIVAL DE CINEMA
    51 O CHARME E ELEGÂNCIA DO INVERNO

    CITEI 51 COISAS BOAS MAS TENHO QUE FALAR UMA COM A QUAL VOCÊ DEVE SE PREOCUPAR:

    -PENSE BEM ANTES DE IR A GRAMADO PORQUE SE VOCÊ FOR CORRE O SERIO RISCO DE MARCAR SUA VOLTA ASSIM QUE CHEGAR EM CASA.

  47. Nossa, que reportagem de mau gosto. Parecia que estava lendo um artigo de alguem de mal com a vida. Ridicularizar a cidade, que é o que fizeste, foi até cruel. Gramado é linda, uma cidade projetada para o turismo sim, para encher nossos olhos e nos transportar para um outro mundo… em pleno dia dos namorados o trânsito estava ruim e não havia quase lugar para estacionar, mas não estava caotico,não se comparava ao de Porto Alegre, obviamente muito menos ao de São Paulo. Os restaurantes não estavam cheios a ponto de desistirmos, sermos mal servidos, ou qualquer outra coisa. Sim, algumas pessoas andam luxuosamente pelas ruas,mas qual o problema, gramado é feito para jeans surrado e apenas a Suíça para alta costura? Que ridículo esse pensamento que apenas a Suíça merece isso!!!! Ah, e o Louvre também se intitula museu, ne, e igualmente cobra entrada,se não estou errada… é evidente que esse tem arte, os de gramado têm diversão, mas já que pontuaste o fato de cobrarem a entrada,… poderia fazer vários outros comentários sobre essa deprimente reportagem, mas vou me furtar e dizer apenas que todos que tiverem a oportunidade deveriam conhecer Gramado, assim como Canela, Nova Petrópolis, sempre de coração aberto e sem preconceitos!

  48. Blogueiro Sincero. Eu ri bastante do Post. Até que falta gente assim, pq em geral a imprensa “não pode falar mal” da queridinha, e tem q anunciar que vai nevar todo o final de semana. O senhor teve uma bad trip por aqui e relatou. Pelo jeito freqüentou apenas a área Trash da cidade. Eu já entrei em furadas terríveis em Paris tb por ex. Pode acontecer em qualquer lugar. Eu sou Gramadense e consciente dos problemas da cidade, especialmente o trânsito nos finais de semana, talvez esse um problema Nacional. Mas é uma cidade muito boa, e os turistas por aqui são a nossa principal fonte de renda e mantém a nossa economia e empregos. Devem ser ouvidos e tratados bem. Em geral, os turistas aproveitam bastante e se divertem. Há muita coisa pra se fazer por aqui. Boas viagens.

  49. UHAUAHUHAUHA, falou o cara que frequenta piscinão de ramos.
    140,00 fondue? só se tu é otário mesmo. NEM QUERENDO tu paga isso por lá.
    Bom, começamos que tu não tem credibilidade nenhuma que todo ano mais e mais gente vai pra lá, inclusive repetindo as visitas.
    Bom, nem sei pq to falando isso. sitezinho sem vergonha, safado e mal intencionado.
    Mas agora nos conte.. o que foi que aconteceu contigo lá em Gramado? Pegou traveco? Tomou porrada de alguém por mexer com a mulher dele? é maneta e bateu o carro? Conte-me mais…

  50. Comentários e comparações infelizes de alguém que não sabe admirar o que a cidade tem de bom. O trânsito é meio complicado? Ok, é mesmo. Mas comparar com o trânsito de São Paulo? Parece que você nunca esteve em São Paulo, ou então perdeu os parâmetros comparativos de uma pessoa em sã consciência. Achou o fondue caro? Sinto muito, mês passado jantei em um muito bom por 70 reais por pessoa. Acho que você que não soube escolher bem o lugar.
    Reclama da neve artificial? Saiba que é um dos pontos turísticos que levam muitos turistas à cidade e que as pessoas adoram.
    Acha que todos os pontos turísticos tem que pagar? Errou meu amigo, não foi no Lago Negro e em outros locais que você pode visitar gratuitamente.
    Depois das 11 da noite Gramado fica igual ao Projac? HAHAHAHHA To rindo litros aqui. Acho que você bebeu muito de noite e andou vendo vultos oprimindo você. Gramado fica sim movimentada em épocas de datas comemorativas, mas comparar com o Projac?
    Sinceramente? Com estes comentários infelizes (a prova disso é as pessoas te contrariando nos posts), queimas teu filme e perde a credibilidade.
    A cidade é encantadora e tem um charme único. Talvez ela não se pareça com as cidades de primeiro mundo que deves visitar na Europa, e esteja tão intoxicado com os ares europeus que não consegue apreciar o que Gramado tem de bom.

  51. Gramado é uma cidade linda, colorida e muito acolhedora como gramadense tenho a obrigação de fazer meu comentário!
    Não fomos nós que criamos este título de cidade “estilo europeu ” foram milhares de pessoas viajadas que conhecem muito bem a Europa para nos dar este título!
    Não nem a pau e vou falar neste termo mesmo, você nunca poderá comparar nosso “transito” ao que é simplesmente Porto Alegre quanto mais São Paulo sério que comparação exagerada é desnecessária só quem não conhece Gramado para ter dúvidas com seu post.
    E nosso atendimento é impecável para não falar 100% por que nada é tão bom, como outra moça comentou acima a maioria das pessoas trabalham de domingo a domingo muitas vezes nas altas temporadas se folga, com vários treinamentos para ser diferencial é digo com muito orgulho já viajei e fiquei desapontada em ver que viajei tanto e o melhor realmente é a minha cidade! Não conheci lugar em questão de atendimento como minha linda Gramado.
    Nosso chocolates são divinos e temos, vários tipos deles:
    Sem lactose
    70% cacau
    50% cacau
    Diet
    Light
    Como já disse nada é 100% eu não gosto de todas as marcar, cada um tem seu gosto e sua exigência particular por isso TODOS os chocolates da minha linda Gramado oferecem degustação GRATUITA para você e todos decidirem qual realmente lhe agradam.
    Os chocolates quente são na minha opinião os melhores do mundo, aonde também pode ter uma degustação antes de adquirir.
    Temos:
    O Parque Hotel
    Lago Negro
    A Festa da Colônia ( que particularmente acho linda)
    Ipê Amarelo
    As visitações nas fábricas de chocolates
    Se tens filhos a pracinha do centro de Gramado está incrível
    E tudo isso sem custo!!!
    Tem muitas coisas que precisamos melhorar mas, nunca se compare com Porto Alegre aqui nós temos segurança eu por exemplo nem sei qual chave do chaveiro é a da porta da minha casa por que não a uso. Temos de segunda a sexta pessoas muito do bem, limpando nossa linda Gramado de todas as formas ruas, cordões, canteiros ( sempre floridos ), podando árvores, cortando a grama ( inclusive na frente de nossas casas) somos uma cidade difencial em bom humor, atendimento, beleza, criatividade e bom gosto!
    Quem conhece sabe e quem não conhece não vai se arrepender!!
    Ninguém precisa gastar horrores para ver Gramado eu NUNCA gastei R$140,00 num fondue e já comi em vários lugares agora se você não colocar nome na suas colocações ao meu ver são no mínimo injusta . Assim como em todas as cidades tem lugares mais caros e mais baratos realmente você não gostou de nossa cidade ou estava em um péssimo dia.

    Não temos roubadas por que tudo que citou tirando a dica de virem em altas temporadas ao meu ver é ridículo. Os restaurantes te informam o valor dos pratos antes de pagar, os chocolates te oferecem degustação antes de comprar, os museus de tão folders e te indicam como será a visitação antes de pagar, hotéis e assim por diante.
    Você escolheu os passeios mais caros por que quis ou, os ditou só para dar mais ênfase à sua tese, tem o mais caro e o mais barato assim como tem o meio termo é melhor que isso , tem a sua opção de escolha .
    Para mim roubada é quando você fica em uma situação ruim sem escolhas e tirando o trânsito nenhuma de suas críticas são dentro deste perfil!
    Não quer ver neve em pleno sol, não vá num parque de neve amigo, eles tiveram um alto investimento não vão manter fechado só por que está calor do lado de fora!!
    O Melhor de Gramado é Canela vá a Canela e ponto fica apenas 7 km do centro de Gramado nem Jesus agradou a todos não será minha linda Gramado que vai agradar!!!

    • O autor deste texto deve estar muito mal resolvido, mal amado e talvez bem amargurado…. Gramado é otimo e Canelo um sonho…nao sou muito viajada como ele, mas todos os lugares que ja fui no Brasil deixam a dejejar em organizaçao para o turismo….

    • JÁ FOI BOM MINHA SENHORA, OS RESTAURANTES SÃO CAROS E A COMIDA UMA DROGA, DA PRA VER QUE OS CHEFS POUCO SABEM DE COZINHA E OS ATUAIS DONOS MUITO MENOS DO CONTRARIO NÃO TERIA AQUELE AROMA HORROROSO DE ÓLEO VELHO DAQUELES TERRÍVEIS FONDUE DE FRITAR AFFF. ESSE RESTAURANTE TENEBROSO DO QUAL O CRITICO FALOU FICA PERTO DA RODOVIARIA E É RUIM MESMO O AMBIENTE, NO PRAZO DE 5 ANOS AS FABRIQUETAS DE CHOCOLATE AUMENTARAM BRUTALMENTE A GORDURA E O AÇUCAR NOS CHOCOLATES, FORA AQUELA GROTESCA PEGADINHA QUE SÓ FUNCIONA UMA VEZ, A DE DAR UMA AMOSTRA PREMIUM PARA O CLIENTE PROVAR E QUANTO O COITADO LEVA PRA CASA TÁ LEVANDO UM CHOCOLATE BONITO MAS DIGNO DE CAMELO DE RUA DO RIO DE JANEIRO.

      • Bom dia,
        Tirei o tempo de ler todos os seus comentarios.
        E me pergunto, quem é o Sr.?
        És um turista insatisfeito ou um morador reclamante?
        Me parece com um gama muito grande de conhecimento e experiencia.
        Penso que o Sr. deveria marcar reuniões/treinamentos com os proprietarios de restaurantes, com os Chefs de cozinha, com os chocolateiros da cidade e com a atual administração Gramadense por que acredito totalmente que ninguém deles saiba fazer algo certo e com qualidade. Estão todos desinformados e desatualizados e Gramado esta perdendo muito com isso.Pode vir até a virar uma cidade fantasma com tanta coisa ruim acontecendo por aqui. Tenho certeza que o Sr. tem muito a ensinar lhes. Agilize – se pois o Sr. tem uma longa missão pela frente.
        Sinceramente!

  52. Esse sujeito deve ter dormido mal e sonhado com o trânsito infernal de SP ou outra cidade; deve tomar cholatezinho em barracas de feiras nas ruas; não foi à Europa pois lá todo, ou quase todo, cobra para visitação. Esse sujeito tem que fazer turismo em outro lugar: GRAMADO está em um nível alto para ele.
    Sou de Vitória/ES e já fui à Gramado diversas vezes. Parabéns GRAMADO. VOCES SÃO EXÍMIOS EM TUDO

  53. De fato Gramado tem muitos defeitos, tais como o trânsito e preço oportunista de tudo, mas é de uma falta de bom senso exaltar o lado de negativo de uma cidade que em nada se compara a outros destinos turísticos no Brasil. Aquele que fez a crítica, muito provavelmente, acordou com mau humor e indisposto a aproveitar aquilo que a cidade tem melhor. Duvido que tal ser desfrute, ainda que em ruas lotadas de gente de casacos de pele e gorro em dias relativamente quentes, em qualquer outra cidade tupiniquim da segurança que Gramado possui, podendo-se andar despretensiosamente sem perigo de ser subtraído. Espero que o digníssimo “autor” dê-se uma nova oportunidade para conhecer a verdadeira Gramado, desta feita, então, de bom humor.

  54. Traduziu minha frustração em palavras.
    Um lugar com excelente potencial turístico, com história e geografia se transformou numa replica de mal gosto da Europa.Voltada absolutamente para o consumismo superficial. Uma pena.

  55. Sabe aquela frase q se diz…perdeu a oportunidade de ficar quieto…cabe direitinho nesse caso…e tanta besteira junto q não acreditei no q estava lendo.

  56. Esse sujeito deve ter dormido mal e sonhado com. O trânsito intenso infernal de SP; deve tomar chocolate em feiras de rua; nunca foi à Europa pois se tivesse ido veria que todos ou quase todosempre cobram para visitação. É bom sempre repensar antes de escrever . Estive em Gramado por diversas vezes e em nenhuma delas vi isso que esse sujeito escreveu. PARABÉNS GRAMADO!!!

    • Meu amigo, sinto muito lhe dizer, enganado esta você, moro aqui na cidade e por mais que a ame não me furto a verdade, e tudo o que ele escreveu e um pouco mais, a loucura desenfreada por lucros dos empresários da região esta acabando com a cidade, esta tudo ruim e caro, os empresario estão acharcando os turistas e os funcionários que trabalham no setor ao mesmo tempo, por isso que o turista esta sendo mau tradado até com grosserias, esses empresários creem que se o turista não volta mais problema pois virá outros novos para explorar e depenar mas estão esquecendo que vivemos em um mundo de rede social décadas atras quando conheci gramado foi pela indicação de um amigo que na época gostou muito hoje eu não indico mais para ninguém ou alerto para o perigo dos “gringos zumbis com fome de dinheiro”

    • Sinto muito em dizer, o texto está certíssimo, moro aqui na cidade e por mais que a ame não me furto a verdade, e tudo o que ele escreveu e um pouco mais, a loucura desenfreada por lucros dos empresários da região esta acabando com a cidade, esta tudo ruim e caro, os empresario estão acharcando os turistas e os funcionários que trabalham no setor ao mesmo tempo, por isso que o turista esta sendo mau tradado até com grosserias, esses empresários creem que se o turista não volta mais problema pois virá outros novos para explorar e depenar mas estão esquecendo que vivemos em um mundo de rede social décadas atras quando conheci gramado foi pela indicação de um amigo que na época gostou muito hoje eu não indico mais para ninguém ou alerto para o perigo dos “gringos zumbis com fome de dinheiro”

  57. Sou morador de Canela e concordo totalmente, chocolates sem o menor controle de qualidade e abuso nos preços desses “museus”, e Canela tem muitos lugares ainda inexplorados com vistas lindas e natureza exuberante!

    • Meu amigo, sinto muito lhe dizer, enganado esta você, moro aqui na cidade e por mais que a ame não me furto a verdade, e tudo o que ele escreveu e um pouco mais, a loucura desenfreada por lucros dos empresários da região esta acabando com a cidade, esta tudo ruim e caro, os empresario estão acharcando os turistas e os funcionários que trabalham no setor ao mesmo tempo, por isso que o turista esta sendo mau tradado até com grosserias, esses empresários creem que se o turista não volta mais problema pois virá outros novos para explorar e depenar mas estão esquecendo que vivemos em um mundo de rede social décadas atras quando conheci gramado foi pela indicação de um amigo que na época gostou muito hoje eu não indico mais para ninguém ou alerto para o perigo dos “gringos zumbis com fome de dinheiro”

  58. Nada a ver seu desabafo…. Gramado é tudo de bom, se não quiser gastar, ande pelas ruas, vá ao Lago Negro, tem muita coisa pra fazer sem gastar muito, mas se puder pagar pague, vale muito a pena. Gramado é tudo de bom, vou todos os anos e sempre voltarei.

    • O pessoa recalcada essa que escreveu o texto inicial hein.É tão simples não cair em roubada FESTA NÃO IR.Se acha tão ruim fica a também se tu mora em Porto Alegre não fez viagem kkkkk por favor minha filha Gramado não é viagem pra quem mora em Porto Alegre.Vai pro Nordeste chutar LIXO na beira da praia ai é bom né? ?? Kkkk

    • GRAMADO É SIM TUDO DE BOM, MAS OS RESTAURANTES SÃO UM TERROR, OS PREÇOS SÃO EXTORSIVOS E VERGONHOSOS, O UNICO RESTAURANTE QUE PRESTA AGORA É O ITABRASIL E O CAFE DA BANCA O RESTO É UMA DROGA!

      • Beto. Porque tu não te mudas de Gramado se estás tão infeliz lá ? O que aconteceu ?
        O teu negócio quebrou ? Estás desempregado ? Não podes usufruir do que a cidade oferece? Estou tentando achar um motivo para tamanha amargura.
        Vou a Gramado com muita frequência e conheço estes dois restaurantes.
        São bons apenas, tem muitos outros melhores que este e mais baratos ou no máximo nos mesmos valores.
        Vou fazer um pensamento positivo de modo a que tu consigas te mudar de Gramado.
        Estás precisando mudar de ares … o de Gramado é muito puro, sem poluição…
        Quem sabe tu te muda para a cidade deste demente Eduardo Vessoni e trabalha com ele para difamar injustamente a cidade de Gramado e outras.
        Costumo viajar todo o ano e sempre perquiso os destinos em sites de opinião sobre viagens e esta reportagem serviu para uma unica coisa, NUNCA ACREDITAR NO QUE ESTE SITE FALA DE QUALQUER DESTINO simplesmente por não ser sério.

  59. Não concordo com tuas colocações, Gramado tem muitas atrações, e lógico que tem que pagar na maioria delas. Esqueceu de mencionar o Lago Negro, que pode fazer uma caminhada, não se paga nada para entrar lá. Tem o Minimundo que é lindíssimo. Não sei aonde provou o chocolate, mas os chocolates de Gramado são divinos. Movimento é lógico que tem. Pagar para conhecer os lugares? É lógico que deve-se pagar, como se manteriam? Muito exagerada tua posição em relação a Gramado. Vou todos os anos e mais de uma vez por ano e nunca me arrependo. Falaste do trânsito, realmente tem muito movimento em determinadas épocas, mas discordo que são mal educados…pode atravessar tranquilamente todas as ruas porque os motoristas respeitam o pedestre, faz menção de atravessar a rua e os carros param.

  60. Sempre vou a gramado e não concordo com nada desse texto, a cidade é ótima,as pessoas educadas, cidade limpa não sei de onde tirou tanta coisa ruim de um lugar que é lindo demais, será que todos os turistas que lotam a Serra nessa época concordam?
    Vai ser Feliz em Bariloche então

  61. Adorei o artigo Eduardo. Sou gaúcha mas concordo com tudo o que escreveste. E acrescento: só não concorda quem faz o papel de “modelete”, ou que nunca viaja pra lugar algum!

  62. Seu texto vai nos tocar , com certeza. Aqui são 30 mil residentes que muito discutem e planejam o Turismo local. Um planejamento que dá certo e atrai 6 milhões de turistas ao ano e constantemente precisa rever seu plano diretor para restringir o assédio de mais e novos empreendedores. Gramado é refém do seu sucesso e é hub para o turismo regional. Você bem citou Canela mas ainda poderíamos completar com Nova Petrópolis , destaque cultural; São Francisco de Paula, destaque tradicionalista. Cabe lembrar que Gramado é ainda o ponto de partida para a maioria dos visitantes da região da Uva e Vinho. Da próxima vez, amplie sua visita pela Serra Gaúcha. Saudações Gramadenses.

  63. Típico farofeiro ao qual a cidade não precisa da opinião para sobreviver. Primeiro lugar, tenha peito para dar nome ao local vc tanto se refere: Parque de neve Snowland, se foi maltratado lá, não generalize a cidade. Nós gramadenses trabalhamos de domingo a domingo, com uma folguinha miserável na semana para que todos os turistas se sitam acolhidos, é caro sim e é dessa forma que se filtra a qualidade do turismo, turista que pesquisa onde vai comer, onde vai se hospedar, não precisa ficar reclamando de preço, agora os que se acham superiores e se despencam para ca de uma hora para outra, exigindo mil e uma coisas, claro que pagarão mais caro, e outra, não precisa alugar carro não, até pq tem umas toupeiras que mal sabem andar a pé, só atrapalham o trânsito e causam acidentes, a avenida que liga Gramado a Canela tem onibus de 20 em 20 minutos a menos de R$4 a passagem, fica a dica. PS.: Pessoas tristes e frustradas vão continuar se sentindo tristes e frustradas até na torre Eiffel, pode ter certeza que o teu problema não é Gramado, caro escritor, vai se tratar!

  64. Palmas pra Amanda do outro comentário! Concordo plenamente. Gramado é a cidade mais bonita, limpa e organizada que eu conheço no Brasil.
    Gramado é uma graça.

  65. Gramado é coisa de gente que tem dinheiro para pagar! Não tem nada de ruim lá. Se não tem dinheiro, não vai, mas não fala mal. 80% do seu texto fala de como é caro. Ok! É caro mesmo! Agora querer menosprezar e dizer que é tudo horrível, coisa de invejoso!

    • Gostei e concordo. Gramado é para quem quer fazer turismo com segurança num lugar lindo e preparado para fazer gente feliz. Quem não pode gastar muito, faz os passeios gratuitos que também vale a pena. Um lugar de gente feliz.

    • Isso mesmo .Amanda quer vim pra gramado venha com dinheiro.pois desfrutará do melhor da hotelaria e gastronomia sou cozinheiro no josephina em gramado.se come bem e preço justo.quanto aos parques e lojas vai se quer!

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*