Destinos brasileiros para amantes de chocolate

Segundo dados divulgados pelo Ministério do Turismo, 75% dos brasileiros consomem chocolate, dos quais 61% dessas pessoas compram pelo prazer e satisfação que o produto proporciona.

Só para ter uma ideia do chocolate que corre no sangue do brasileiro, de janeiro a setembro de 2016, a comercialização desse produto cresceu 13% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

E para ajudar os chocólatras a viajarem por destinos doces do Brasil, a Agência de Notícias do Turismo preparou essa lista com algumas sugestões de destinos brasileiros que se destacam pela produção industrial ou artesanal dessa delícia feita a base de cacau.

CONFIRA DESTINOS

Ilha do Combu
(PARÁ)

Ilha do Combu, próximo a Belém (foto: Eduardo Vessoni)

Combu é uma das 39 ilhas de Belém e ganhou fama com seus chocolates artesanais, feitos com cacau plantado no quintal de casas erguidas sobre palafitas, em plena floresta amazônica. Até chefs brasileiros como Alex Atala e Thiago Castanho já se renderam ao produto para a preparação de seus pratos.

Essa Área de Proteção Ambiental (APA) está na margem esquerda do rio Guamá, a 1,5 km ao sul de Belém. Com 15 km² de extensão, a ilha é procurada por seus passeios em furos e igarapés locais, como são conhecidos os braços de rios que criam canais naturais que invadem o interior da ilha.

SAIBA MAIS: “Ilha do Combu é a versão doce de Belém, capital do Pará”

Ilhéus
(BAHIA)
Declarada a “capital do cacau”, a cidade é destino para quem quer conhecer todo o processo produtivo do chocolate, desde as plantações de cacau até o doce pronto para consumo.

O destino conta com atividades turísticas como visitas a fazendas do fruto, onde é possível ouvir histórias vividas pelos antigos moradores, no início do século passado; e conhecer a Fábrica de Chocolate, considerada a primeira fábrica de chocolate artesanal do Nordeste.

Entre os eventos relacionados ao doce, Ilhéus abriga eventos anuais como o Circuito Cacau Running, uma corrida que traz a cultura da região cacaueira para as ruas do município, e o Festival Internacional do Chocolate e Cacau, encontro com cursos e palestras, feira com exposição de chocolate e atividades culturais que, em 2017, aconteceu em julho.

Vila Velha
(Espírito Santo)

Vista da fábrica da Garoto, em Vila Velha, no Espírito Samto (foto: Gabriel de Andrade Fernandes/Flickr-Creative Commons)

A atração mais famosa desse destino na Microrregião de Vitória, capital do estado, é a fábrica de chocolates da Garoto, cujas visitas incluem passeio pela fábrica e pelo museu do chocolate.

Durante o Chocotour, como é conhecida a visita, é possível acompanhar o processo de fabricação do produto e fazer degustação de bombons. SAIBA MAIS

Campos do Jordão e Caçapava
(São Paulo)
O turismo do chocolate colocou Campos do Jordão na rota das cidades mais famosas para amantes de chocolare, onde se localizam fábricas e chocolaterias especializadas em tipos, sabores e derivados do doce como fondue, chocolate quente, geléias, licores e souvenirs.

Cinco fazendas históricas do interior de São Paulo que valem a visita

Visita à fábrica da Nestlé, em Caçapava, no interior de São Paulo (foto: Reprodução)

A 6o km dali e a 109 km da capital paulista, fica Caçapava, endereço da fábrica da Nestlé com portas abertas para visitação e, claro, degustação dos doces. O Tour Nestlé dura 50 minutos, aproximadamente, e com vista panorâmica para linha de produção. SAIBA MAIS

Bate e volta paulista: cinco destinos próximos a São Paulo

* com informações do Ministério do Turismo

Salvar

Salvar

Salvar

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*