Destinos brasileiros para visitar nos últimos feriados de 2017

7 de setembro
(quinta-feira)

Os dias mais frios vão ficando para trás, o litoral brasileiro vai ganhando novos tons (e outras temperaturas) e o Brasil começa a contagem regressiva para o verão.

Setembro é perfeito para visitar um dos destinos mais cobiçados em terras brasileiras, Fernando de Noronha; desembarcar no Norte do Brasil, em pleno verão amazônico, para visitar destinos como Belém, capital do Pará, e Manaus, no Amazonas.

Vista das florestas alagadas da Amazônia, em Manaus (foto: Eduardo Vessoni)

1ª vez na Amazônia: Belém ou Manaus?

De junho a setembro, o litoral oriental do Maranhão recebe turistas nos Lençóis Maranhenses, considerados o único deserto do mundo em meio a lagoas, segundo o Ministério do Turismo. Localizado a 250 km de São Luís, esse parque nacional é a principal atração desse estado brasileiro.

12 de outubro
(quinta-feira)

Para quem conta com a sorte de poder viajar em pleno mês de outubro, destinos brasileiros oferecem atrações com poucos turistas, preços mais baixos e temperaturas mais elevadas, porém sem as tradicionais chuvas de verão.

Em outubro, ainda dá tempo de aproveitar as temporadas que começaram, no inicio do semestre, em locais como a Amazônia, Alter do Chão, Fernando de Noronha e (por que não?) destinos que ainda não receberam visitantes da alta estação como os litorais de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Morro Dois Irmãos (foto: Eduardo Vessoni)

Em outubro, Foz de Iguaçu pode ser uma boa pedida de viagem, devido ao maior volume de águas nas quedas e às flores da primavera.

Passada a temporada de seca que termina em setembro, quando bancos de areia podem causar o atolamento de veículos nas rústicas estradas locais, o Jalapão também é recomendado para ser visitado em outubro. Com sorte, ainda dá para ver também o final da temporada do capim-dourado, cujo ápice costuma ser em setembro.

LEIA TAMBÉM: “Jalapão: o deserto brasileiro”

2 de novembro
(quinta-feira)

Mais um feriadão prolongado e um bom motivo para cair na estrada, outra vez. O clima vai esquentando no Brasil e começa a contagem regressiva para o verão.

Nesse mês, as praias do Nordeste ainda não estão cheias e valem a visita, como Pipa, no Rio Grande do Norte, ou Trancoso, no sul da Bahia.

Itaquena, uma das praias isoladas, entre Trancoso e a Praia do Espelho (foto: Eduardo Vessoni)

Para quem não quer ir longe, as praias do litoral paulista também já estão com águas mais quentes e, num mês com três feriados diferentes, vale a pena descer em um fim de semana para Ilhabela ou Ubatuba.

LEIA TAMBÉM: “Explore as praias selvagens do litoral de São Paulo”

15 de novembro
(quarta-feira)

foto: Diego Torres Silvestre/Flickr-Creative Commons

Para frustração de viajantes viciados em estradas, esse é o único feriado do semestre que não vai permitir longos deslocamentos.

E como dessa vez não vai dar para ir muito longe, a gente fica por aqui mesmo, em São Paulo, ou faz um bate e volta rápido em cidades próximas.

Entre a serra e o mar, Cunha é destino de artes e aventura

Bate e volta paulista: cinco destinos próximos a São Paulo

20 de novembro
(segunda-feira)

Em novembro, já é possível curtir praias do Nordeste, como Porto de Galinhas, Aracaju e Jericoacoara, e também ter contato com a natureza na pernambucana Fernando de Noronha ou em Alter do Chão, no Pará.

No litoral sul de Pernambuco, Porto de Galinhas é uma das praias mais visitadas do Brasil. Por isso, vale a pena a ida em períodos com menos fluxo de turistas.

O destino encanta, principalmente, pela beleza natural, formada por praias e florestas de manguezais.

Orla Pôr do Sol, em Aracaju (foto: Eduardo Vessoni)

Com tarifas mais baixas em relação a outros destinos do Nordeste e praias de águas mais calmas, a capital do Sergipe é perfeita para quem busca destinos menos agitados e viagens econômicas.

Aracaju, capital de Sergipe, é a pequena notável do litoral do Nordeste

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*