Conheça atrações do Tocantins, cenário da nova novela da Globo

Parque Estadual Jalapão, no Tocantins (foto: Bart van Dorp/Flickr-Creative Commons)

Estreante como cenário de uma novela, o Tocantins não só é um desconhecido dos folhetins mas também do brasileiro em geral.

Localizado na região norte do Brasil, o estado mais novo do país será usado como ambiente para a nova trama das nove da Globo, a novela ‘O Outro Lado do Paraíso’, que teve cenas gravadas na capital Palmas e no Jalapão, e tem estreia marcada para o próximo dia 23 de outubro.

CONFIRA ATRAÇÕES

⇒ Palmas

Praia da Graciosa, em Palmas (foto: Eduardo Rolim/Flickr-Creative Commons)

Fundada em 1989, a capital mais jovem do Brasil tem algo de Brasília, com vias largas e cortadas por rotatórias; ruas com nomes alfanuméricos; sol castigante, ao meio-dia (e sem sombra para se refugiar); e concentração de prédios públicos, praticamente, em um mesmo endereço.

A história recente da região e do Brasil pode ser revisitada no centro da cidade, onde ficam o Memorial Coluna Prestes, construção de Oscar Niemeyer em referência à passagem da Coluna Prestes; o monumento ‘Os 18 do Forte de Copacabana’, uma homenagem ao movimento militar contra o governo da República Velha; e o Palácio Araguaia, que reúne as sedes dos Três Poderes e o centro geodésico do Brasil.

E Palmas, quem diria, também abriga praias, porém artificiais.

Equipadas com bares e restaurantes, essas praias que surgiram com o represamento do rio Tocantins para a construção da hidrelétrica Luís Eduardo Magalhães, as faixas de areia mais populares são as do Prata e da Graciosa, próximas ao centro.

⇒ Taquaruçu

A 35 km da capital Palmas, rodeado pela Serra do Lajeado, um mundo de cachoeiras refresca almas cansadas do calor sufocante dessa cidade inspirada na vizinha Brasília.

Com mais de 80 cachoeiras catalogadas, embora apenas 10% estejam abertas para visita pública, esse distrito de Palmas é a versão serrana do Tocantins, considerada a região mais fria do município, e surpreende forasteiros com cachoeiras de mais de 70 metros que ficam bem no quintal de casa.

Cachoeira do Evilson, em Taquaruçu (foto: Eduardo Vessoni)

SAIBA MAIS: “Conheça destinos brasileiros para amantes de cachoeiras”

⇒ Jalapão

Seu cenário desértico de dunas e lagoas talvez seja a imagem mais conhecida do Tocantins, na divisa com a Bahia, Piauí e Maranhão.

Com uma densidade demográfica que não chega a um habitante por km² e vegetação semelhante às das savanas africanas, o Jalapão é um dos destinos turísticos mais isolados do Brasil.

Dunas do Jalapão (foto: Eduardo Vessoni)

Sua paisagem árida abriga montanhas em forma de platô, dunas móveis, cachoeiras e praias de água doce.

Mas a atração mais famosa por ali são os poços naturais e cristalinos que não deixam o visitante afundar, conhecidos como fervedouros ou ressurgência, um fenômeno em águas borbulhantes, capaz de fazer qualquer adulto virar criança nesses poços de tons transparentes rodeados por bananeiras.

LEIA TAMBÉM: “Conheça atrações naturais do Tocantins”

Cachoeira do Formiga (foto: Mosar Joaquim Coelho Júnior/Wikimedia Commons)

Nessa área de mais de 34 mil km², onde dunas de até 30 metros se movimentam aos pés da Serra do Espírito Santo, os viajantes costumam chegar a bordo de caminhões adaptados ou carros 4×4 que realizam expedições de até 5 dias.

‘O Outro Lado do Paraíso’ tem cenas gravadas também em três da região: Ponte Alta, onde ficam atrativos naturais como o cânion Sussuapara e a Pedra Furada; São Felix e Mateiros, esse último conhecido pelas famosas dunas do Jalapão e pela a cachoeira do Formiga.

SAIBA MAIS: “Jalapão: o deserto brasileiro”

VEJA FOTOS

  • Fervedouro do Soninho, no Jalapão (foto: Eduardo Vessoni)

  • Prainha da Cachoeira da Velha, no Tocantins (foto: Eduardo Vessoni)

  • Prainha da Cachoeira da Velha, no Tocantins (foto: Eduardo Vessoni)

  • Fervedouro do Soninho, noJalapão (foto: Eduardo Vessoni)

  • Vista da Serra do Espírito Santo, uma das atrações naturais do Jalapão, cuja erosão deu origem às dunas locais (foto: Eder Fortunato/Flickr-Creative Commons)

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*