Confira fotos do estúdio que lançou Stevie Wonder, Marvin Gaye e Michael Jackson

Vista da fachada do Motown Museum, museu em Detroit, nos Estados Unidos, dedicado à música negra dos anos 60 (foto: Eduardo Vessoni)

Taí um acervo que todo mundo conhece.

Situado em Detroit, no nordeste dos Estados Unidos, o Motown Museum é uma viagem pela música negra dos anos 60, no estúdio que realizou gravações de artistas como Michael Jackson, Stevie Wonder, Marvin Gaye e Diana Ross.

Foi ali que nasceram hits como ‘Please, Mrs. Postman’ (The Marvelettes), ‘Baby Love’ (The Supremes), ‘ABC’ (Jackson 5) e até ‘Money – That’s What I Want’ (primeiro sucesso de Motown que chegou a ser gravado pelos Beatles, em versão na voz de John Lennon).

Partitura original da música ‘My Girl’ de Smokey Robinson, em exposição no Studio A, no Motown Museum, em Michigan, nos Estados Unidos (foto: Eduardo Vessoni)

LEIA TAMBÉM: “Conheça os 10 destinos internacionais mais procurados por brasileiros, em 2017”

Considerada uma das atrações mais visitadas do sudeste de Michigan, o sobrado de Motown foi inaugurado em 1985 por Esther Gordy Edwards, irmã do fundador do Motown Records, o artista Berry Gord.

O museu impressiona pelo acervo com figurinos de integrantes de bandas como The Velvelettes e The Marvelettes, móveis da época e capas de discos. No entanto, o destaque é o Studio A, estúdio no porão que ainda guarda partituras, instrumentos e a sala de controle de som.

LEIA TAMBÉM: “Huntington Beach: a cidade mais surfista da Califórnia”

VEJA FOTOS

  • Vista da fachada do Motown Museum, museu em Detroit, nos Estados Unidos, dedicado à música negra dos anos 60 (foto: Eduardo Vessoni)

  • Vista da sala de controle do Studio A, em Detroit. O local preserva até hoje o chão desgastado com as batidas empolgadas dos pés de Berry Gordy, fundador do estúdio Motown, nos Estados Unidos (foto: Eduardo Vessoni)

  • Foi do Studio A, no atual Motown Museum, em Detroit, que saíram hits dos anos 60 como ‘Shop Around’ e ‘Please, Mr. Postman’. Em 1965, o local era considerado a única gravadora a contar com uma mesa de oito canais, criada pelos engenheiros de som de Motown (foto: Eduardo Vessoni)

  • Partitura original da música ‘My Girl’ de Smokey Robinson, em exposição no Studio A, no Motown Museum, em Michigan, nos Estados Unidos (foto: Eduardo Vessoni)

  • Diana Ross, durante gravação nos estúdios de Motown, nos Estados Unidos (foto: Eduardo Vessoni)

  • O acervo do Motown Museum abriga também gravações históricas no estúdio , imagens de bastidores e uma galeria com capas de discos e figurinos dos artistas (foto: Eduardo Vessoni)

  • O acervo do Motown Museum abriga também gravações históricas no estúdio , imagens de bastidores e uma galeria com capas de discos e figurinos dos artistas (foto: Eduardo Vessoni)

  • O acervo do Motown Museum abriga também gravações históricas no estúdio , imagens de bastidores e uma galeria com capas de discos e figurinos dos artistas (foto: Eduardo Vessoni)

VEJA TAMBÉM: “Miami histórica: a queridinha dos brasileiros sem compras”

CONHEÇA CURIOSIDADES DO ESTÚDIO

⇒ Motown é um trocadilho com o apelido pelo qual Detroit ficou famosa, “Motor City”, em referência ao título que essa cidade tinha de “berço do automobilismo americano”.

⇒ O sobrado onde funcionou Motown ainda guarda móveis da época como o sofá do segundo andar, usado para descanso dos artistas que viravam a noite em gravação.

⇒ Na garagem da casa funcionava o Studio A, onde foram gravados hits dos anos 60.

Foi do Studio A, no atual Motown Museum, em Detroit, que saíram hits dos anos 60 como sucessos como ‘Shop Around’ e ‘Please, Mr. Postman’. Em 1965, o local era considerado a única gravadora a contar com uma mesa de oito canais, criada pelos engenheiros de som de Motown (foto: Eduardo Vessoni)

⇒ Fundada em 1959 por Berry Gord., com 800 dólares emprestados pela família, Motown se tornaria a maior gravadora independente de músicas em 45 rpm e ocuparia o Top 100 da Billboard com cinco posições, em menos de dez anos de existência.

⇒ Michael Jackson doou para o museu seu famoso chapéu Fedora, acompanhado de um cheque de 125 mil dólares.

⇒ O local exibe também a máquina de guloseimas, em que Stevie Wonder tateava os botões para retirar seu chocolate preferido, o Baby Ruth.

⇒ Durante o animado tour guiado pelas instalações do museu, o visitante conhece segredos como o buraco no teto do andar superior que funcionava para produzir e gravar estalar de dedos, palmas e vozes.

Diana Ross, durante gravação nos estúdios de Motown, nos Estados Unidos (foto: Eduardo Vessoni)

⇒ Em Motown foram gravados hits de artistas no início da carreira como Lionel Richie, Marvin Gaye, Stevie Wonder, Michael Jackson (ainda na banda Jackson 5), Diana Ross (The Supremes), Smokey Robinson (The Miracles) e Martha Reeves and the Vandellas.

⇒ O estúdio foi considerado uma fábrica de hits, em funcionamento durante 24 horas por dia. Motown só voltaria a fechar as portas durante a mudança da sede para Hollywood, na Califórnia, em 1972. 

SAIBA MAIS
Motown Museum
2648 West Grand Boulevard (Detroit/Estados Unidos)
De ter. a sáb. das 10h às 18h (de setembro a abril); sáb. das 10h às 20h e dom. das 10h às 18h (a partir de maio).
entrada: US$ 15
www.motownmuseum.org

VEJA TAMBÉM: “Conheça atrações de San Diego, na Califórnia”

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*