Mergulho de batismo na Ilha Grande, no litoral sul do Rio de Janeiro

foto: Rafael Esteves/Captain Dive

A gente até tenta adiantar as sensações de um mergulho de batismo, atividade em que se mergulha a uma profundidade de até 12 metros, guiado por um instrutor.

Mas a mente sempre vai mais longe, o ar parece querer faltar e o frio na barriga insiste em confundir mergulhadores de primeira viagem submarina.

No último mês de janeiro, o Viagem em Pauta acompanhou um mergulho de batismo, na Ilha Grande, destino de Angra dos Reis, no litoral sul do Rio de Janeiro.

VEJA VÍDEO

“Apesar da pessoa não ter que fazer nada, nenhum ajuste no equipamento [durante o mergulho], eu gosto de explicar tudo o que está sendo usado para ela não cair na água e ficar entregue, sem saber o que está acontecendo”, explica Tatiana, profissional da Captain Dive e há 10 anos como instrutora de mergulho.

VEJA TAMBÉM: “Cinco ilhas brasileiras que você não conhece (e nem vai conhecer)”

O batismo é antecedido por uma explicação sobre os principais equipamentos usados em um mergulho, seguido de um breve treino para que o futuro mergulhador se acostume com aquela parafernália aquática, já na água mas ainda na superfície.

E, enquanto isso, o frio na barriga vai aumentando.

Mas pode ficar tranquilo porque isso é sinal de que, certamente, está prestes a acontecer uma das experiências mais fascinantes de suas viagens.

Máscara e nadadeiras postas, passo de gigante para pular no mar e vai começar aquilo que você tinha certeza que não iria conseguir fazer.

“Eu já tive o prazer de levar o pessoal da Terceira Idade, crianças e até uma pessoa com deficiência física. A gente se emociona junto porque é muito gratificante você permitir que a pessoa passe por aquela experiência”, estimula Tatiana.

E, quarenta minutos depois, a emoção vem à tona, na superfície.

“Foi muito melhor do que eu esperava. Parecia que eu estava em outro mundo”, descreve a carioca Cristiane Magalhães que, depois de três décadas visitando a Ilha Grande, decidiu, por fim, encarar um mergulho com cilindro.

– “E deu medo, em algum momento?”

– “Não, pelo contrário, deu vontade de quero mais”, completa Cristiane.

SAIBA MAIS
Captain Dive
Embora esteja localizada em Campinas, em São Paulo, essa escola de mergulho organiza saídas para alunos, em pontos de mergulho no Brasil, como Paraty e da Ilha Grande, e no exterior.
captaindive.com.br

LEIA TAMBÉM: "Mergulho: saiba como é se certificar em Fernando de Noronha"

* O Viagem em Pauta viajou com o apoio da Captain Dive e da Pousada Maria Bonita

2 Comentário

  1. Edu querido, que matéria incrivel! Sentindo cada emoção deste momento… Quando chegar meu batismo, faço questão que esteja comigo!
    Essa viagem vai ficar pra sempre em nossos corações!!!

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*