Destinos do Brasil para conhecer em março

Verão terminando, ano letivo iniciado e um Brasil turístico inteiro a ser explorado por quem pode viajar nessa época do ano.

Os destinos nacionais vão ficando mais vazios e, com o início da baixa temporada, os preços começam a cair (das passagens aéreas ás tarifas de hotéis). Segundo o Ministério do Turismo, os descontos podem chegar a 30%.

E para você não perder o melhor de março, o Viagem em Pauta, selecionou alguns dos destinos do Brasil mais recomendados para conhecer em março.

CONFIRA DESTINOS

  • <strong>FOZ DO IGUAÇU:</strong> Esse destino do oeste paranaense, a pouco mais de 600 km de Curitiba, tem volume maior de água e número menor de visitantes, entre outubro e março (foto: Eduardo Vessoni)
    FOZ DO IGUAÇU: Esse destino do oeste paranaense, a pouco mais de 600 km de Curitiba, tem volume maior de água e número menor de visitantes, entre outubro e março (foto: Eduardo Vessoni)

  • FLORIANÓPOLIS: Passada a temporada de chuvas no Sul do Brasil, março é indicado também para visitar a capital catarinense. Segundo o Ministério do Turismo, outros destinos do estado também são preferidos dos turistas nessa época do ano, como Balneário Camboriú, São Francisco do Sul, Laguna e Ibituba (foto: Eduardo Vessoni)

  • CANINDÉ DO SÃO FRANCISCO: Durante o verão, as águas dos cânions desse destino a quase 200 km da capital sergipana costumam ficar mais claras. Destaques são as navegações pelo rio São Francisco e para a Trilha do Cangaço (foto: Eduardo Vessoni)
    CANINDÉ DO SÃO FRANCISCO: Durante o verão, as águas dos cânions desse destino a quase 200 km da capital sergipana costumam ficar mais claras. Os destaques são as navegações pelo rio São Francisco e  a Trilha do Cangaço (foto: Eduardo Vessoni)

  • Segundo o Ministério do Turismo, os preços nessa época podem cair até 40%. Com menos visitantes, que só devem começar a lotar a região, nos meses de inverno, o turismo com mais exclusividade acontece em cidades como Canela, Bento Gopnçalves e Garibaldi (foto: Eduardo Vessoni)
    SERRA GAÚCHA: Segundo o Ministério do Turismo, os preços nessa época podem cair até 40%. Com menos visitantes, que só devem começar a lotar a região, nos meses de inverno, o turismo com mais exclusividade acontece em cidades como Canela, Bento Gonçalves e Garibaldi (foto: Eduardo Vessoni)

  • <strong>SUL DA BAHIA:</strong>: A partir de Porto Seguro, no litoral sul baiano, trilhas e estradas levam a cenários como piscinas naturais que emergem bem na beira da praia; falésias que se erguem sobre faixas de areia isoladas; e uma sequência de outros cenários que só podem ser vistos por quem chega a pé ou de bicicleta (foto: Eduardo Vessoni)
    SUL DA BAHIA:: A partir de Porto Seguro, no litoral sul baiano, trilhas e estradas levam a cenários como piscinas naturais que emergem bem na beira da praia; falésias que se erguem sobre faixas de areia isoladas; e uma sequência de outros cenários que só podem ser vistos por quem chega a pé ou de bicicleta (foto: Eduardo Vessoni)

LEIA TAMBÉM

FLORIANÓPOLIS
“Para cada estilo de banhista, uma praia diferente em Florianópolis”
“Florianópolis: confira praias e atrações de água doce na capital catarinense”
“10 praias únicas que você não deveria deixar de visitar em Florianópolis”

SERGIPE
“Confira atrações turísticas do Velho Chico, em Sergipe”
“Principal destino do turismo sergipano, Velho Chico tem experiências únicas”
“Conheça atrações turísticas do Sergipe, o menor estado brasileiro”

SERRA GAÚCHA
“Canela é a Serra Gaúcha para curtir do lado de fora”
“Roteiro pelas vinícolas da Serra Gaúcha”
“Natureza high-tech: cabana da Serra Gaúcha tem quarto controlado por tablet”

BAHIA
“Roteiro de 32 km passa por praias isoladas de Prado, no extremo sul da Bahia”
“Praias da Bahia que você não deve deixar de visitar”
“5 praias do litoral sul da Bahia com acesso apenas de bicicleta ou a pé”
“Praias isoladas do litoral sul da Bahia se exibem em viagem de bicicleta”

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*