Conheça o bar que fica sob uma pedra, a 115 km de Natal, no Rio Grande do Norte

Lounge da Pedra do Sapo, em Serra de São Bento, no Rio Grande do Norte (foto: Carla Belke-Divulgação)

Serra de São Bento, município a pouco mais de 100 km da capital potiguar, é o turismo do tempo da pedra.

Por onde se olhe são pedras. De todos os formatos, dimensões e utilidades.

Tem pedra para ver, para se hospedar e até para fazer pêndulo humano. Mas o mais inusitado desse destino serrano do Rio Grande do Norte é um bar-restaurante que funciona debaixo de uma imensa rocha.

Lounge da Pedra do Sapo, em Serra de São Bento, no Rio Grande do Norte (foto: Carla Belke-Divulgação)

O Lounge Pedra do Sapo fica na Fazenda Floresta e funciona como lounge, onde são servidos petiscos e pizzas, ao som de música ao vivo.

Em nossa passagem pelo local, no final de 2017, o cardápio incluía sabores clássicos de pizza como mussarela, marguerita e portuguesa, a partir de R$ 43,20.

O bar-restaurante, aberto para o público em geral, é uma das atrações da Pousada Villas da Serra, conhecido pelos quartos com vistas panorâmicas da região e terraços com chão de vidro sobre uma… pedra.

VEJA FOTOS

  • Lounge da Pedra do Sapo, em Serra de São Bento, no Rio Gande do Norte (foto: Carla Belke-Divulgação)

  • Lounge da Pedra do Sapo, em Serra de São Bento, no Rio Grande do Norte (foto: Carla Belke-Divulgação)

  • Vista da Pousada Villas da Serra, no Rio Grande do Norte (foto: Carla Belke-Divulgação)

  • Lounge da Pedra do Sapo, em Serra de São Bento, no Rio Grande do Norte (foto: Carla Belke-Divulgação)

  • Vista da Pousada Villas da Serra, no Rio Grande do Norte (foto: Carla Belke-Divulgação)

  • Vista da Pousada Villas da Serra, no Rio Grande do Norte (foto: Carla Belke-Divulgação)

SAIBA MAIS
Pousada Villas da Serra
www.villasdaserra.com.br


TURISMO DE FRONTEIRA
Localizado no limite entre o Rio Grande do Norte e a Paraíba, a cidade é ponto de partida para outra experiência inusitada.

É em Araruna, já em território paraibano, que acontece o pêndulo humano na abertura de uma rocha suspensa do Parque Estadual da Pedra da Boca.

O balanço acontece a 300 metros de altura, em uma corda com 30 metros de comprimento.

SAIBA MAIS: “Pêndulo humano é destaque radical no Nordeste, entre RN e PB”

VEJA VÍDEO

LEIA TAMBÉM: “Turismo de aventura no Rio Grande do Norte”

CONFIRA OUTROS VÍDEOS NO RIO GRANDE DO NORTE

* O Viagem em Pauta viajou ao Rio Grande do Norte com o apoio da Atlantis Travel e do hotel Pousada Villas da Serra

 


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*