Caverna do Quebra Corpo é atividade de aventura no interior de São Paulo

Caverna do Quebra Corpo, em Socorro (foto: Eduardo Vessoni)

Primeiro foi o turismo das águas. Logo, veio a fama com a produção de malhas. E mais recentemente, há cerca de 15 anos, a cidade radicalizou no turismo de aventura.

Mas para conhecer uma Socorro profunda, daquelas que poucos se atrevem a explorar, a sua próxima parada é na Quebra Corpo.

VEJA VÍDEO

LEIA TAMBÉM: “Socorro, a 140 km de SP, tem turismo rural, de aventura e polo de compras”

Localizada na área rural dessa cidade, a 140 km da capital paulista, essa caverna tem 450 metros de desenvolvimento e é considerada uma das maiores de granito em todo o Brasil.

O nome é autoexplicativo e os primeiros metros, com uma pequena queda d’água logo na entrada, parecem não convidar. No entanto, é uma das experiências mais marcantes desse destino que ficou conhecido também como ‘Cidade da Aventura’.

Para alegria dos claustrofóbicos, a Quebra Corpo não é uma caverna em que o visitante fica isolado em ambiente fechado, durante todo o percurso. A trilha passa por salões iluminados por claraboias naturais, florestas protegidas e até por um ribeirão que risca o interior da caverna.

Para Eduardo Spínola, único guia autorizado a atuar na Quebra Corpo, a maior dificuldade é transpor obstáculos, em um terreno que vai dos 8 aos 20 metros de profundidade, em meio a rochas grandes e com água na altura da cintura.

“Eu preciso desse choque para a pessoa saber o que vai enfrentar pela frente”, avisa Spínola, enquanto a reportagem do Viagem em Pauta escala uma pequena cachoeira que se forma logo na entrada da caverna e (quase) faz a gente desistir.

A caverna abriga também o Salão dos Morcegos, uma espécie de gruta interior que, no verão, costuma receber até 1.500 desses mamíferos voadores, e busca de áreas mais frescas.

Catalogada no Cadastro Nacional de Cavernas, desde 2007, e com alto grau de dificuldade, a Quebra Corpo costuma ser visitada em três horas de trilha e exige acompanhamento de um guia autorizado para atuar no interior da propriedade onde se encontra a caverna.

A experiência é uma das 20 atrações de aventura de Socorro, segundo a ASTUR (Associação Socorrense de Turismo de Socorro) e pode ser provada por turistas de todas as idades.

Socorro é um dos principais destinos de aventura do Brasil e é considerada a primeira cidade do país a conquistar certificação internacional para atividades de turismo de aventura.

DICAS
– Não tem como escapar. Você vai terminar a trilha com as roupas sujas e molhadas. Por isso, leve calçados extras e uma muda de roupa para troca, após o final da atividade.

– Nos meses de inverno, procure visitar o local pela manhã, quando a luz natural ilumina o interior da caverna, através de claraboias naturais. No verão, manhãs e tardes são recomendadas para visitar a caverna.

– A trilha inclui diferentes obstáculos como transposição de pedras, travessias por águas geladas e em setores mais estreitos, e caminhadas em posições que você nem sabia mais que seria capaz de fazer. Por isso, vale preparar-se com antecedência.

Caverna do Quebra Corpo
Caminho Turístico do Rio do Peixe, km 7,7
Tel.: (19) 3855-7474 / 9 9906-7544.
www.proximaventura.com.br
* O Viagem em Pauta viajou com o apoio da Secretaria Municipal de Turismo de Socorro (www.socorro.tur.br) e dos Chalés Santa Catarina.

2 Comentário

  1. Matéria impecável! Conheço esta caverna e é realmente uma grande aventura na cidade de Socorro. E o mais importante…atende toda a família e até mesmo os.iniciantes no mundo das aventuras!! Vale muito a pena conhecer!!! #partiuAventura

  2. Matéria impecável! Conheço esta caverna e é realmente uma grande aventura na cidade de Socorro. E o mais importante…atende toda a família e até mesmo os.iniciantes no mundo das aventuras!! Vale muito a pena conhecer!!! #partiuAventura

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*