9 motivos para conhecer Fernando de Noronha

Nem precisaríamos de tantos argumentos para convencê-lo a visitar o destino mais exclusivo do litoral brasileiro.

Fernando de Noronha, a pouco mais de 540 quilômetros de Pernambuco, é endereço da praia mais bonita do mundo, tem turismo para todos os estilos de viajantes e, na medida do possível, consegue ser democrático para todos os orçamentos.

Neste post, selecionamos as melhores experiências para quem sonha visitar o arquipélago.

E se você é da turma que acredita que Noronha é destino proibido para bolsos mais apertados, é porque ainda não leu um dos guias mais procurados no site do Viagem em Pauta: “Fernando de Noronha para mãos de vaca: dicas para economizar”

9 MOTIVOS

9. TEM CACHOEIRA
Entre março e junho, os preços caem até 30%, o mar fica perfeito para mergulho, a vegetação está mais verde por conta das chuvas e você pode ser surpreendido com dias seguidos de sol quente, apesar da temporada de precipitações.

Mas a melhor notícia do período são as cachoeiras que se formam nos imponentes paredões rochosos da Praia do Sancho que, em 2017, foi eleita pela quarta vez consecutiva  uma das 10 melhores praias do planeta.

SAIBA MAIS: “Cachoeira é atração temporária da baixa temporada de Fernando de Noronha”

8. TEM MIRANTES NATURAIS
Seja qual for sua disposição, os mirantes de Fernando de Noronha são uma espécie de porta de entrada para cenários com dimensões que nem sempre podem ser vistas no nível do mar.

Naquelas terras isoladas do Atlântico tem mirante de todo tipo. Bem estruturados sobre decks de madeira biossintética; rústicos e com acesso limitado apenas para os visitantes mais intrépidos; naturais com vistas únicas; e até no fundo do mar, cuja visibilidade pode chegar a 50 metros de profundidade.

Com o acompanhamento de guias, a trilha Costa Esmeralda revela endereços que só moradores locais conhecem (foto: Eduardo Vessoni)

CONHEÇA OS MIRANTES: “Mirantes de Fernando de Noronha mostram outras perspectivas da ilha”

7. NEM TUDO É PAGO
Visitar o paraíso na Terra tem seu preço. E quando o destino é Fernando de Noronha, os custos são bem altos, diga-se de passagem.

Mas é possível, sim, desembarcar naquelas terras exibidas sem estourar o orçamento.

Praias do Meio e da Conceição, vistas do Forte da Vila dos Remédios, em Fernando de Noronha (foto: Eduardo Vessoni)

Para isso, o Viagem em Pauta listou algumas das atrações gratuitas para você conhecer, finalmente, um dos destinos mais cobiçados do litoral brasileiro. SAIBA MAIS

6. TEM OS MELHORES PONTOS DE MERGULHO DO BRASIL
Com temperatura média de 27º, as águas de Noronha contam com visibilidade que pode chegar a 50 metros, por conta da distância do litoral e da ausência de águas de rios e seus sedimentos; e sua geografia é marcada por uma variedade topográfica que reúne diversos cenários, em um mesmo ponto de mergulho.

Não se convenceu ainda? Dá um play aí no vídeo:

LEIA TAMBÉM: “Mergulho: saiba como é se certificar em Fernando de Noronha”

5. DÁ PRA VER DO ALTO

Fernando de Noronha vista do alto, na Trilha do Piquinho (foto: Eduardo Vessoni)

Antiga rota dos oficiais da Aeronáutica, a Trilha do Piquinho é um dos passeios mais inusitados de Fernando de Noronha.

São três (exigentes) quilômetros de caminhada até mirantes naturais, de onde é possível ver do alto ícones da ilha como o Morro do Pico (o ponto mais alto de Noronha, com 321 metros de altura), o Morro Dois Irmãos e a Ilha do Frade.

SAIBA MAIS: “Trilha alternativa tem vista inusitada de Fernando de Noronha, em Pernambuco”

4. É OFF ROAD
A gente até poderia falar da pousada de charme, do restaurante gourmet e da praia onde vai todo mundo… Poderia, mas não vai.

Entrada da caverna do Capim Açu, em Fernando de Noronha (foto: Eduardo Vessoni)

Neste episódio você conhece Fernando de Noronha em um roteiro alternativo por locais que poucos visitaram, em uma espécie de viagem off-road, como a Trilha Capim Açu, a caminhada mais isolada e desconhecida da ilha.

3. TEM A MAIOR CONCENTRAÇÃO DE GOLFINHOS DO MUNDO
No interior da enseada da Baía dos Golfinhos, uma das atrações naturais do arquipélago, destaca-se a alta concentração de golfinho-rotador, espécie oceânica e tropical conhecida por seu comportamento de saltar fora d’água e realizar até sete rotações em torno do próprio eixo.

foto: Laís Iná/All Angle

Segundo o projeto ‘Golfinho Rotador’, esses cetáceos marcam presença por ali em 94% dos dias do ano, quando grupos de até 2.046 golfinhos-rotadores ingressam pela Baía dos Golfinhos para descanso, reprodução, cuidado de filhotes ou busca de proteção contra ataques de tubarões.

2. TEM NÚMERO RECORDE DE TARTARUGAS
Na temporada 2017, o Projeto Tamar de Noronha registrou 424 ninhos feitos pela espécie tartaruga-verde, a única que desova nesse arquipélago. O número é recorde desde que o monitoramento começou na ilha, em 1984, mesmo ano em que o projeto se estabeleceu em Fernando de Noronha.

Localizada em área de parque nacional, a Praia do Leão recebe cerca de 60% de todos os ninhos encontrados em Noronha. “A preferência por essa praia se deve ao fato do Leão estar voltada para o Mar de Fora e receber as correntes que batem direto nessa região da ilha”, explica o biólogo Felipe Bortolon, um dos profissionais do TAMAR que atua na ilha.

E tudo isso dá para ser visto de perto.

Às segundas e quintas, a Praia do Sueste, no Mar de Fora, assiste à captura intencional de tartarugas, sob o comando de profissionais do Projeto Tamar. E a melhor notícia para o turista é que essa espécie de aula a céu aberto é gratuita e acontece ali mesmo na praia. SAIBA MAIS

1. TEM UMA DAS MELHORES PRAIAS DOS MUNDO

Baía do Sancho, uma das atrações naturais de Fernando de Noronha (foto: Eduardo Vessoni)

Destino capaz de colocar um sorriso fácil em qualquer um que desembarca ali, a Praia do Sancho foi eleita, em 2018, uma das melhores do mundo.

Pelo quinto ano consecutivo, esse faixa de areia localizada nesse arquipélago, a 545 km do Recife, está entre as mais votadas pelos leitores do site TripAdvisor, resultados do prêmio Travellers’ Choice 2018.

Em 2017, essa mesma praia ficou em primeiro lugar na votação, na frente de destinos como Ilhas Turcas e Caicos, Aruba e Cuba. Neste ano, o Sancho ficou em segundo lugar, atrás apenas de Grace Bay, nas Ilhas Turcas e Caicos.

LEIA TAMBÉM: “Fernando de Noronha para mãos de vaca: dicas para economizar”

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*