Conheça a temporada de observação de baleias na Bahia

O extremo sul do estado é a Bahia que vai além das ruidosas barracas de praia e das fitinhas coloridas enroladas à força no braço.

E é de julho a novembro que a região serve como destino de milhares de baleias jubarte que deixam a Antártica para amamentar filhotes e se reproduzir, em águas quentes, rasas e tranquilas.

Baleia jubarte em Abrolhos (foto: Projeto Baleia Jubarte/Divulgação)

O município de Caravelas, a 250 km de Porto Seguro, serve de base para quem embarca nos passeios de observação de baleias, em direção ao Parque Nacional Marinho dos Abrolhos.

Antiga estação baleeira, a cidade trocou a caça de cetáceos, nas décadas anteriores, pelo turismo de observação de baleias, a principal atividade turística do destino.

“É um animal gigante que, quando sai debaixo d’água e vem à superfície, nos mostra o quanto somos pequenos”, explica Eduardo Camargo, diretor executivo do Projeto Baleia Jubarte.

A gente fica minúsculo, mas a alma se agranda diante daqueles gigantes que podem chegar a pesar 40 toneladas. Quando uma jubarte se ergue na proa do barco, não é raro ver turistas em lágrimas, com um olho nelas e outro na selfie com o celular.

Localizado a 70 km da costa, Abrolhos é considerado o maior berço reprodutivo do Atlântico Sul e pode ser visitado em um único dia, em passeios bate e volta, a partir de Caravelas ou Prado, ou a bordo de embarcações para mergulhadores, equipadas com cabines.

SAIBA MAIS: “Observação de baleias jubarte é experiência única em Abrolhos, na Bahia”

COMO CHEGAR
Os aeroportos mais próximos a Caravelas são Porto Seguro (210 km, aproximadamente) e Teixeira de Freitas, cerca de 80 km de Caravelas.

Os passeios para observação de baleias começam em Caravelas, de onde barcos seguem mar adentro, por cerca de quatro horas.

Formado por cinco ilhas, o arquipélago tem desembarque autorizado apenas na Siriba, onde é realizada uma breve caminhada de 200 metros, acompanhada por monitores ambientais que levam os visitantes até ninhos de atobás-brancos.

VEJA TAMBÉM: “Saiba como é viajar em um liveaboard, em Abrolhos, na Bahia”

QUANDO IR
Embora seja possível visitar o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, durante todo o ano, a época de baleias costuma ir de julho a novembro.

Para atividades aquáticas em águas mais quentes e com maior visibilidade, a temporada de verão vai de dezembro a fevereiro. O verão é recomendado também para a prática de mergulho com cilindro.

Catamarã em Abrolhos, no extremo sul da Bahia (foto: Enrico Marcovaldi/Instituto Baleia Jubarte)

QUEM LEVA
Horizonte Aberto (Caravelas)
Opera bate-e-volta para Abrolhos e liveaboards de três dias para mergulhadores certificados.
horizonteaberto.com.br

Magical Tour (Cumuruxatiba)
Empresa familiar que realiza transfers dos aeroportos de Teixeira de Freitas e Porto Seguro, além de passeios em lanchas pela região, como Barra do Cahy e Corumbau.
cumurumagicaltour.com.br

Liveaboard em Abrolhos (foto: Enrico Marcovaldi/Miramundos)

SAIBA MAIS: “Guia de destinos: confira atrações e dicas em Abrolhos, no sul da Bahia”

VEJA TAMBÉM

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*