Chile é eleito melhor país para visitar

Percorrer o Chile de norte a sul é como visitar mais de um país em uma única viagem.

Dos canais estreitos e gelados dos fiordes, na Patagônia, ao cenário árido do Atacama, no norte do país, o viajante encontra uma das mais variadas geografias encontradas em um mesmo destino da América do Sul.

E talvez sejam esses os motivos que colocaram o Chile na primeira posição do ranking divulgado pelo guia de viagens Lonely Planet, à frente de outros queridinhos dos viajantes, como Portugal e Nova Zelândia.

CONHEÇA DESTINOS

⇒ LAGOS ANDINOS
Há mais de um século, navegar aquele território patagônico significa ver vulcões, canais estreitos, florestas centenárias e povoados minúsculos. E seja qual for a época do ano, a sensação é a de que você é o primeiro forasteiro a colocar os pés por ali.

foto: Cruce Andino/Divulgação

A viagem começa a mais de mil km da capital chilena, em Porto Varas, passa por Porto Montt, capital da Região dos Lagos, e segue em ritmo lento por uma sequência única de paisagens que inclui lagos de origem glacial, vulcões adormecidos de picos nevados, florestas centenárias, povoados minúsculos e bosques de lengas e alerces andinos.

VEJA DETALHES DA VIAGEM
“Travessia dos Lagos Andinos é viagem em território selvagem do Chile e Argentina”

⇒ RESERVA NACIONAL MALALCAHUELLO
Localizada na Región de la Araucanía, no sul do Chile, Malalcahuello não só é conhecido pela temporada de esqui, que vai do final de junho a outubro, como também é endereço de trilhas cenográficas, lagos e vulcões.

Temuco, principal cidade de acesso à Reserva Nacional Malalcahuello, está a quase 700 km da capital Santiago e conta com voos diretos de Santiago, capital do Chile. A viagem dura 1h20, aproximadamente.

Ciclovia Manzanar – Malalcahuello, no sul do Chile (foto: Eduardo Vessoni)

SAIBA MAIS: “Chile no verão: Reserva Nacional Malalcahuello”

⇒ CHILOÉ
Muito além das areias do deserto mais árido do planeta e das bem estruturadas estações de esqui, Chiloé é o Chile que a gente custa a acreditar que existe.

Tierra Chiloé, hotel no arquipélago chileno de Chiloé (foto: Eduardo Vessoni)

Localizado na Região dos Lagos, a menos de 200 km do aeroporto de Porto Montt, o arquipélago de Chiloé é a maior ilha do país e endereço de esportes de aventura, trilhas em cenários surreais, igrejas de madeira declaradas patrimônio da humanidade.

SAIBA MAIS: “Arquipélago de Chiloé é o Chile isolado que você precisa conhecer”

⇒ FIORDES DO CHILE
O embarque em Porto Natales é simples e sem as formalidades das outras embarcações de luxo que cruzam estreitos e lagos do Chile. Dali, a tripulação segue sem pressa os 1.500 km até Porto Montt, capital da Região dos Lagos.

No roteiro, os passageiros visitam glaciais, povoados isolados e a Laguna San Rafael, declarada Reserva da Biosfera pela UNESCO.

Laguna San Rafael, no Chile (foto: Eduardo Vessoni)

Saiba como é uma viagem pelos fiordes patagônicos do Chile

⇒ PATAGÔNIA CHILENA
Localizada na região mais austral da América do Sul, a Patagônia abriga terras virgens e isoladas, e é uma das áreas com menor densidade demográfica do planeta. Isso significa dizer que é mais fácil encontrar pinguins e leões marinhos do que gente.

Torres del Paine, na Patagônia chilena foto: Douglas Scortegagna/Flickr-Creative Commons

O Chile abriga a geografia mais isolada e inóspita de toda a Patagônia, onde é possível navegar pela 3ª maior extensão de gelos continentais do mundo, uma área de 21 mil km² que inclui atrativos como o Parque Nacional Laguna San Rafael e o glaciar Exploradores, nos Campos de Gelo Norte.

É na Patagônia chilena onde a vida animal é mais presente e pode ser vista, com mais facilidade, na beira de estradas (tanto em vias nacionais como em estradinhas vicinais), ao longo das diversas trilhas disponíveis para caminhadas ou até mesmo na porta do hotel.

LEIA TAMBÉM
“Patagônia argentina ou chilena? Saiba quais são as diferenças e programe-se”
“O que fazer na Patagônia chilena”
“Tudo o que você precisa saber antes de ir para a Patagônia”
“Hotel na Patagônia chilena tem quartos com vista para Torres del Paine”

⇒ CARRETERA AUSTRAL

Vista da Carretera Austral, na região de Coyhaique (foto: Eduardo Vessoni)

Localizada no setor oriental da Patagônia chilena, na fronteira com a Argentina, essa estrada tem mais de 1.200 km, entre a Região dos Lagos e Aysén, na Patagônia chilena.

Considerada um dos maiores orgulhos da engenharia chilena, essa via exige cuidados do visitante como o aluguel de um carro 4×4 e velocidade reduzida, sobretudo nos trechos estreitos de cascalhos soltos;

SAIBA MAIS
“Conheça o vilarejo sem ruas que vive sobre passarelas, no Chile”
“Puyuhuapi: a Patagônia chilena que fica mais ao sul do silêncio”

⇒ ATACAMA

Pedalada no Valle de la Luna (foto: Eduardo Vessoni)

A geografia por ali continua a mesma, mas este é aquele tipo de destino que a gente nunca se cansa de voltar. O Atacama é o destino mais seco do planeta, abriga o deserto mais alto do mundo, seu solo é comparado ao de Marte e a chuva segue rara por ali.

E ainda assim, a gente adora voltar para lá!!!

SAIBA MAIS
“Deserto do Atacama pela primeira vez”
“Como é o impressionante tour astronômico do Deserto do Atacama, no Chile”
“8 motivos para conhecer o Deserto do Atacama, no Chile”

⇒ ILHA DE PÁSCOA

Tongariki, na baía Haga Nui, é a maior plataforma funerária de Rapa Nui e abriga uma sequência de 15 moais (foto: Eduardo Vessoni)

A 3.700 km da costa sul-americana, no meio do nada, a Ilha de Páscoa é daqueles destinos obrigatórios para quem procura experiências inusitadas, como trilhas entre moais, mergulhos em águas, exageradamente, azuladas e caminhadas sobre vulcões.

No entanto, a atração mais famosa desse território de origem polinésia com mais de 3 milhões de anos são os moais, as estátuas gigantes feitas em homenagem aos chefes de tribos locais.

SAIBA MAIS: “10 motivos para conhecer a Ilha de Páscoa”

VEJA TAMBÉM
“9 países para viajar apenas com RG”
“Saiba como é uma viagem turística a Antártica, a mil km da Terra do Fogo”

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*