Pesquisa lista os 10 países com os gays mais felizes do mundo

Em quase um terço do mundo, ser gay ou lésbica é considerado crime e as perseguições ou não aceitação começam ainda dentro de casa. Em alguns países como Nigéria e Sudão, a homossexualidade pode ser punida com morte.
Nações como Cazaquistão, Gana, Camarões, Irã, Nigéria, Iraque, Quirguistão, Etiópia, Sudão e Uganda possuem leis rígidas contra gays e ocupam as dez últimas posições de uma lista de 127 nações. Mesmo na Europa, em nações como Hungria, Turquia e Rússia, as discussões sobre temas relacionados ao mundo gay ainda avançam em passos lentos.
Mas é no norte do planeta que se encontram os gays mais felizes (e livres), segundo pesquisa feita pelo grupo Planet Romeo, com 115 mil homens de todo o mundo, assumidamente, gays.
É em países como a Islândia, Noruega e Dinamarca (as três melhores posições da lista) que a pesquisa encontrou os gays com melhor satisfação de vida, onde os entrevistados afirmaram que leis e decisões governamentais lhe são favoráveis.
O Uruguai é o único país sul-americano que aparece nas dez primeiras posições. Já o Brasil está em 39º lugar, segundo a pesquisa.
Veja a lista completa do Gay Happiness Index (GHI).

TOP 10

10º: LUXEMBURGO

Gaymat, em Luxemburgo (foto: Andy Maar/Flickr-Creative Commons)
Gaymat, em Luxemburgo (foto: Andy Maar/Flickr-Creative Commons)

Este pequeno país da Europa Ocidental aparece na 10ª posição, com 70 pontos (de um total de 100) no índice de felicidade gay (Gay Happiness Index – GHI), respondido por 283 homens.
A parada gay de Luxemburgo ocorre de 6 a 11 de julho. SAIBA MAIS
9º: SUÍÇA
Zurich Pride Festival, na Suíça (foto: Pixxpower/Divulgação)
Zurich Pride Festival, na Suíça (foto: Pixxpower/Divulgação)

3158 gays suíços responderam à pesquisa e 77% indicaram satisfação com sua via vida atual. A semana de orgulho gay de Zurich, a principal porta de entrada do país, vai de 14 a 21 de junho. SAIBA MAIS
8º: HOLANDA
Amsterdam Canal Pride (foto: Carolina Georgatou/Fklickr-Creative Commons)
Amsterdam Canal Pride (foto: Carolina Georgatou/Fklickr-Creative Commons)

Quase 80% dos 3.012 gays holandeses afirmaram satisfação com sua vida atual, o que representa a segunda posição nesse item, de um total de 127 nações entrevistadas.
Considerada uma das melhores do mundo, a Amsterdam Gay Pride acontece entre os dias 25 de julho e 2 de agosto.
7º: ISRAEL
Parada gay de Tel Avi (foto: U.S. Embassy Tel Aviv/Flickr-Creative Commons)
Parada gay de Tel Avi (foto: U.S. Embassy Tel Aviv/Flickr-Creative Commons)

Com 71 pontos no Gay Happiness Index esse país ocupa a sétima posição da lista dos 10 países com os gays mais felizes do mundo, segundo 337 entrevistados.
A parada gay de Tel Aviv, em 2015, acontece no dia 12 de junho. SAIBA MAIS
6º: CANADÁ
Abertura do Pride Toronto, no Canadá (foto: Divulgação)
Abertura do Pride Toronto, no Canadá (foto: Divulgação)

O primeiro país das Américas a aparecer na lista é o Canadá, cuja pesquisa teve a participação de 691 gays, cujo nível de satisfação de vida é de 74%.
Toronto, a principal cidade canadense para quem vem do Brasil, abriga sua semana de eventos gays, entre os dias 19 e 28 de junho. SAIBA MAIS
5º: URUGUAI
Marcha por la Diversidad Sexual, em Montevidéu, no Uruguai (foto: Montecruz Foto/Flickr-Creative Commons)
Marcha por la Diversidad Sexual, em Montevidéu, no Uruguai (foto: Montecruz Foto/Flickr-Creative Commons)

O Uruguai é o único país sul-americano que aparece nas primeiras posições da lista divulgada (o seguinte é a Argentina, na 15ª posição, enquanto que o Brasil está em 39º lugar, atrás da Colômbia, do Chile e de Cuba).
A Marcha de la Diversidad, em Montevidéu, acontece, em setembro, em data ainda não definida.
4º: SUÉCIA
Parada gay de Estocolmo (foto: Pelle Sten/Divulgação)
Parada gay de Estocolmo (foto: Pelle Sten/Divulgação)

Com 610 entrevistadas suecos, a pesquisa aponta esse país nórdico como um dos 10 países com os gays mais satisfeitos com sua situação (75%), em todo o mundo.
A parada gay de Estocolmo, capital da Suécia, acontece entre os dias 27 de julho e 1º de agosto. SAIBA MAIS
3º: DINAMARCA
Parada gay de Copenhague, capital da Dinamarca (foto: Janus Bahs Jacquet/Flickr-Creative Commons)
Parada gay de Copenhague, capital da Dinamarca (foto: Janus Bahs Jacquet/Flickr-Creative Commons)

O GHI de 76 pontos coloca outro país nórdico na lista dos 10 países mais receptivos com os gays, cujo grau de satisfação é de 78%.
A Copenhagen Pride acontece de 11 a 15 de agosto. SAIBA MAIS
2º: NORUEGA
Parada gay em Oslo, na Noruega (foto: Jørgen Schive/Divulgação)
Parada gay em Oslo, na Noruega (foto: Jørgen Schive/Divulgação)

O mundo nórdico parece mesmo ser o paraíso dos gays, onde a Noruega assume o segundo lugar do ranking que mede o grau de satisfação e felicidade dos gays.
520 entrevistados colocaram o país na segunda posição da pesquisa, cujo grau de satisfação de vida é de 78%. A Oslo Gay Pride, na capital da Noruega, acontece de 19 a 28 de junho. SAIBA MAIS
1º: ISLÂNDIA
Reykjavík, na IslÂndia (foto: Helgi Halldórsson/Flickr-Creative Commons)
Reykjavík, na IslÂndia (foto: Helgi Halldórsson/Flickr-Creative Commons)

E como não poderia ser diferente, um país nórdico insular ganha a primeira posição na lista dos melhores países do mundo para gays, cujo GHI é de 79 pontos, de um total de 100.
A semana do orgulho gay de Reykjavik vai de 4 a 9 de agosto.

2 Comentário

  1. Estou pesquisando pois sou transexual e um dia penso em ir morar na europa, então estou pesquisando sobre a Noruega é muito bom ver que lá os gays são felizes pois onde tem gays felizes tem LGBT tbm..

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*