Conheça destinos brasileiros para visitar em dezembro

O verão já está batendo na porta, o que significa que está chegando a hora de fazer as malas e desembarcar em algum destino de areia e água salgada, para se refrescar em algumas das praias do litoral do Brasil.

Quem tiver a sorte de ter alguns dias de recesso, antes do agito das férias de janeiro, não pode deixar de visitar endereços banhados pelo Atlântico, seja no cobiçado Nordeste brasileiro ou nas faixas de areia do Sudeste e do Sul.

Em dezembro, recomendamos estender a canga em locais como as alagoanas praias do Gunga e do Francês; flutuar nas piscinas naturais de Maragogi, também em Alagoas; conhecer a ‘praia mais bonita do mundo’ em Fernando de Noronha; esquecer-se do tempo em praias da Bahia; ou ficar por aqui mesmo, no Sudeste.

LEIA TAMBÉM: 10 destinos brasileiros para ver o pôr-do-sol

Confira sugestões de destinos para dezembro, no Brasil:

JERICOACOARA – CEARÁ

foto: Wikimedia Commons
foto: Wikimedia Commons

Jericoacoara fica a 300 km a oeste de Fortaleza, capital do Ceará, e é um parque nacional composto por diferentes biomas. Apesar de ter um mar com ondas fracas e água verde, a atração principal de Jeri são as lagoas, que podem ser aproveitadas em redes dentro d’água ou barraquinhas na areia ao redor.

As ruas locais ainda são de areia e não existe estrada de acesso, portanto deve-se chegar em um veículo 4×4.

MARACAJAÚ – RIO GRANDE DO NORTE

foto: Divulgação
foto: Divulgação

Uma comunidade costeira no litoral do Rio Grande do Norte, a 55 km de Natal, no litoral Norte, Maracajaú é famosa pelos parrachos, como são conhecidas as piscinas naturais da região. A região é uma APA (Área de Preservação Natural) com 13 km2 e fica no município de Maxaranguape.

SAIBA MAIS: Maracajá: piscinas em alto mar, no litoral do Rio Grande do Norte

FERNANDO DE NORONHA – PERNAMBUCO

Praias do Meio e da Conceição, vistas do Forte da Vila dos Remédios (foto: Eduardo Vessoni)
foto: Eduardo Vessoni

Esse arquipélago pernambucano é um dos destinos mais desejados pelos brasileiros e também um dos mais preservados e exclusivos do litoral. As águas são calmas, ideais para os banhistas e para quem curte mergulho, que ainda pode observar sua variada vida marinha.

Suas praias têm areias claras e águas de tons turquesas, o que aumenta a beleza do lugar, e o visitante ainda pode fazer ecoturismo, em trilhas ou em atividades de educação ambiental como a captura intencional de tartarugas da baía do Sueste.

LEIA TAMBÉM: “Isolado e paradisíaco, arquipélago de Fernando de Noronha também tem opções econômicas”

PRAIA DO GUNGA – ALAGOAS

foto: Otávio Nogueira/Flickr-Creative Commons
foto: Otávio Nogueira/Flickr-Creative Commons

Famosa por suas areias claras e mar calmo com águas transparentes, a praia é um pontal repleto de coqueiros em sua orla, no município de Roteiro, no litoral sul de Alagoas.

O mar, na maré baixa, se encontra com a Lagoa do Roteiro, o que permite aos banhistas aproveitarem tanto a água salgada quanto a doce. Para curtir a praia, é possível alugar equipamentos náuticos ou buggys para off-roads nas falésias. Destaque para o Mirante do Gunga, na AL-101, km 15, com vista panorâmica da região.

MARAGOGI

Essa cidade do norte de Alagoas fica na Costa dos Corais, um roteiro com 130 km de praias, entre Recife e Maceió, cujos tons turquesas de suas águas guardam o mais famoso cartão postal do destino: as ‘Galés de Maragogi’, como são chamadas as piscinas naturais formadas pela maré baixa e rodeadas por barreiras de corais.

Piscinas naturais de Maragogi (foto: Eduardo Vessoni)
Piscinas naturais de Maragogi (foto: Eduardo Vessoni)

A Costa dos Corais é uma Área de Proteção Ambiental (APA) com 13 municípios que se debruçam ao longo de uma extensa área marinha que vai do norte de Alagoas ao sul de Pernambuco.

Maragogi e Japaratinga, famoso pelo litoral de falésias, são os municípios com melhor estrutura turística da região, mas a Costa dos Corais é formada também por destinos como Barra de Santo Antônio, tranquilo litoral de Passo de Camaragibe e São Miguel dos Milagres.

PRAIA DO SACO – SERGIPE

foto: Turismo Sergipe/Divulgação
foto: Turismo Sergipe/Divulgação

Esse destino fica a 50 km de Aracaju, no litoral de Sergipe, A região é formada por dunas de areia dourada cercadas por coqueirais que compõem o pontal que abriga a praia.

O ideal para conhecer toda a região, que possui 5 km de extensão, é alugar buggys para passear pelas dunas. Além da praia, na maré baixa também é possível aproveitar as piscinas naturais que se formam.

TRANCOSO – BAHIA

Praia de Itapororoca, em Trancoso (foto: Rodrigo Soldon/Flickr-Creative Commons)
Praia de Itapororoca, em Trancoso (foto: Rodrigo Soldon/Flickr-Creative Commons)

Vila tranquila, fundada pelos jesuítas, Trancoso fica a 25 km de Porto Seguro, possui e é conhecido por suas praias de areia clara, mar azul-turquesa e pelo conjunto de falésias coloridas.
O centro da vila é bastante preservado, a maior parte das ruas é fechada para a entrada de carros e a iluminação é natural. Apesar de simples, o destino possui muitas opções de pousadas e restaurantes.

ARRAIAL DO CABO – RIO DE JANEIRO

Vista de Arraial do Cabo, uma das mais belas praias da Região dos Lagos, no Rio de Janeiro (foto: Leonardo Shinagawa/Flickr-Creative Commons)
foto: Leonardo Shinagawa/Flickr-Creative Commons

O tom azul-turquesa do mar de Arraial do Cabo, município na região dos Lagos, no Rio de Janeiro, impressiona. As praias de areia branca são formadas por dunas e possuem costões rochosos, que possibilitam ver tudo do alto.
A orla é rodeada por restingas muito preservadas, o que influencia na fauna marinha, bastante rica, com melros, tartarugas, lulas e até golfinhos, criando uma condição ideal para mergulhadores, principalmente por causa do mar calmo.
LEIA TAMBÉM: 25 praias brasileiras que acham que são piscinas

PARATY – RIO DE JANEIRO

8º LUGAR: Paraty (foto: Divulgação/Prefeitura)
foto: Divulgação/Prefeitura

Paraty é uma cidade histórica no litoral sul do Rio de Janeiro, que tem construçõess preservadas e natureza intocada. O destaque fica para seu bem preserado centro histórico, com rua cobertas de paralelepípedos e casas em estilo colonial.
A baía de Paraty é formada por quase 60 praias, das quais muitas só têm acesso por barco. O mar é agitado e as areias quase brancas, mas principalmente as de díficil acesso possuem natureza intocada.

FLORIANÓPOLIS – SANTA CATARINA

No Sul, os destaques do surfe são a Praia da Joaquina (foto) e a Praia do Campeche, em Florianópolis, Santa Catarina. Na região, as ondas chegam a um metro de altura, no inverno (foto: Otávio Nogueira/Fllickr-Creative Commons)
foto: Otávio Nogueira/Fllickr-Creative Commons

A capital de Santa Catarina tem 420 km² e é formada por inúmeras praias para diferentes estilos de banhistas. O mar possui boas ondas, ideais para quem gosta de surfar e, na orla da praia, há também bastante natureza preservada.
Além do surfe, outros esportes radicais costumam ser praticados, como kitesurf, trekking e até sandboard, nas dunas de areia. Na Lagoa da Conceição, região central da ilha, concentram-se os restaurantes, cuja comida se baseia principalmente em frutos do mar, bares e baladas locais.

3 Comentários

  1. Pessoal, vcs acham de verdade que foram justos, imparciais???
    Colocaram realmente belíssimas praias para nós brasileiros visitarmos
    em dezembro. Nossas famílias ficarão felizes por conhecerem esses lugares, mas gostaria de saber, pq colocaram de Trancoso, lugar maravilhoso, belo conhecido e falado por tantas pessoas foto tão sem vida, sem expressão. Revejam pvafor nós baianos agradecemos.

    • Valdineia,agradecemos o seu contato e a sua mensagem.
      Não se trata de sermos imparciais ou não, Valdineia, trata-se apenas de uma lista que contempla uma sugestão de destino em cada um dos estados que citamos. Como vocẽ pode ler na matéria, tem Pernambuco, Alagoas, Ceará, Rio Grande do Norte, Sergipe e Santa Catarina.
      Infezlimente, não teríamos espaço para publicar tudo o que a Bahia tem para essa época do ano. Isso já seria outra publicação. 😉
      Abraços e seja sempre bem vinda por aqui.

      • Na verdade a Valdineia, não achou ruim de ter colocado Trancoso, ela achou ruim de ter colocado uma foto no meio ponto de vista feia para o local que é tão bonito. Eu já estive nessa praia e com certeza tem fotos muito mais bonita do que essa ai ….

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*