Leitores do 'Viagem em Pauta' dão dicas de destinos brasileiros

Todos os dias, o Viagem em Pauta recebe mensagens, via site ou pelas redes sociais, com sugestões de destinos que a gente deixou de citar ou que ainda nem conhecemos.
Neste post, resolvemos reunir os destinos nacionais inusitados ou pouco explorados que nossos leitores andaram sugerindo por aqui, nos últimos meses.
Minas Gerais é o destino mais sugerido, como as serras do Caraça e da Canastra, mas também tem lugares como as Dunas do Rosado, no Rio Grande do Norte; e os distantes Tocantins e Pará.
Confira a seleção:
SERRA FINA (Sudeste)

Acampamento selvagem na Pedra da Mina, uma das atrações da Travessia da Serra Fina (foto: Wikipedia Commons)
Acampamento selvagem na Pedra da Mina, uma das atrações da Travessia da Serra Fina (foto: Wikipedia Commons)

Localizada no limite entre Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro, essa área da Serra da Mantiqueira é a dica do leitor Mateus.
A região abriga uma das trilhas mais exigentes do Brasil, um trekking de 30 km que costuma ser feito em 4 dias de caminhadas por setores estreitos e por um dos maiores desníveis topográficos do Brasil, próximo ao Maciço de Itatiaia, onde se encontra o Pico das Agulhas Negras.
LEIA TAMBÉM: “Confira os melhores destinos do Brasil para conhecer no outono”
SERRA DA CANASTRA (Minas Gerais)
Parque Nacional da Serra da Canastra, em Minas Gerais (foto: Bart van Dorp/Flickr-Creative Commons)
Parque Nacional da Serra da Canastra, em Minas Gerais (foto: Bart van Dorp/Flickr-Creative Commons)

Localizado em uma área de 200 mil hectares, ao longo de seis municípios mineiros, a Serra da Canastra tem como principal atrativo o parque nacional de mesmo nome, no setor sudoeste de Minas Gerais.
Criado em 1972 para proteger as nascentes do rio São Francisco, o Parque Nacional da Serra da Canastra tem mais de 71 mil hectares e fica  a 8 km de São Roque de Minas.
Esta foi uma das sugestões dos leitores Vicente e José Hernandez.
SERRA DO CARAÇA (Minas Gerais)
O leitor Jonas Sousa indica a Serra do Caraça, conhecida por abrigar o Santuário do Caraça, onde é possível se hospedar nessa construção histórica, cujas primeiras referências datam do início do século 18.
Serra do Caraça, em Minas Gerais (foto: josep/Flickr-Creative Commons)
Serra do Caraça, em Minas Gerais (foto: josep/Flickr-Creative Commons)

É ali que acontecem as visitas inusitadas de lobos-guará, que procuram o local para serem alimentados pelos hóspedes.
Sousa também recomenda a Serra do Intendente, na cidade mineira de Conceição do Mato, a 100 km de Belo Horizonte. O local abriga atrações naturais como o Cânion do Peixe Tolo e cachoeiras, como a do Tabuleiro.
AIURUOCA (Minas Gerais)
Cachoeira dos Garcias, em Aiuruoca, Minas Gerais (foto: Wikipedia Commons)
Cachoeira dos Garcias, em Aiuruoca, Minas Gerais (foto: Wikipedia Commons)

O leitor Pedro Bissi indica outro destino mineiro que o Viagem em Pauta já colocou na sua lista de destinos desejados.
Este destino da Serra da Mantiqueira, no sul de Minas Gerais, é conhecido por suas cachoeiras e pelo Pico do Papagaio, conjunto de elevações a 2.100 metros de altitude, no Parque Estadual da Serra do Papagaio.
DUNAS DO ROSADO (Rio Grande do Norte)
Areia Branca (foto: http://rnbrasil.tur.br/Divulgação)
Areia Branca (foto: rnbrasil.tur.br/Divulgação)

O leitor Osmar indica essa atração em Areia Branca, um dos municípios potiguares da Costa Branca.
Localizadas a, aproximadamente, 10 km de Ponta do Mel, essas dunas ficam em Área de Proteção Ambiental e têm tons rosados que já serviram de cenário para cenas da novela ‘O Clone’, cuja paisagem local ambientou cenas que se passavam no Marrocos.
LEIA TAMBÉM: “Brasil é eleito melhor destino de aventura do mundo”
LINHA VERDE (Bahia)
Praia do Forte (foto: Cleferson Comarela/Wikipedia Commons)
Praia do Forte (foto: Cleferson Comarela/Wikipedia Commons)

A partir do norte de Salvador, a Linha Verde é a dica do leitor Jeff.
O roteiro cruza alguns dos destinos mais populares da região como a ecológica Praia do Forte, o vilarejo rústico de Imbassaí e a Costa do Sauípe, conhecido por seus resorts.
SERRAS GERAIS (Tocantins)
A leitora Juliana Fiori essa região ainda pouco explorado do Tocantins, onde se encontra uma das maiores cadeias de serras do Brasil.
Polo de ecoturismo, a região abriga cavernas, cachoeiras e o Cânion Encantado, em Dianópolis.
LAGO DA COCA COLA (Pará)
Lago da Coca Cola, em Salinas, no Pará (foto: Jean Barbosa/Setur)
Lago da Coca Cola, em Salinas, no Pará (foto: Jean Barbosa/Setur)

Localizado no pólo turístico Amazônia Atlântica, o município de Salinópolis é conhecido pela praia do Atalaia e por sua estância hidromineral que conta com mais de 20 km de água salgada e dunas de areia fina.
A leitora Eliana Socorro indica o Lago da Coca Coca, cujas águas doces têm tons que lembram a famosa bebida gaseificada.
LEIA TAMBÉM: “Belém, capital do Pará, comemora 400 anos com o melhor do turismo amazônico”

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*