[vídeo] Bruxelas: a capital mundial das histórias em quadrinhos

Capital mundial dos quadrinhos, a capital da Bélgica conta com um roteiro que passa por 54 murais pintados nas ruas, em homenagem a personagens como os Smurfs, Tintim e Lucky Luke.
Mais do que arte de rua em forma de HQs que se misturam à arquitetura medieval da cidade, esses trabalhos começaram a ganhar muros e paredes laterais de edifícios, nos anos 90, a partir de um projeto em que a prefeitura cedia espaços para fins publicitários, em troca de apoios financeiros de empresas para que os desenhos fossem realizados.
LEIA TAMBÉM: “Roteiro mapeia arte de rua em São Paulo”

Localizada na rua Plattesteen, a obra ‘Broussaille‘ do artista Frank Pé foi a primeira a ganhar os muros de Bruxelas, em julho de 1991, no projeto que levou personagens das histórias em quadrinhos para as ruas da capital belga (foto: Eduardo Vessoni)
Localizada na rua Plattesteen, a obra ‘Broussaille‘ do artista Frank Pé foi a primeira a ganhar os muros de Bruxelas, em julho de 1991, no projeto que levou personagens das histórias em quadrinhos para as ruas da capital belga (foto: Eduardo Vessoni)

Considerados a Nona Arte, os quadrinhos estão por todos os lados. E não é só nas ruas de Bruxelas.
A cidade abriga também o Belgium Comic Strip Center, considerado uma espécie de meca dos quadrinhos, onde os visitantes percorrem a história dos HQs em ambientes que recontam a trajetória dessa manifestação artística.

VEJA VÍDEO


LEIA TAMBÉM: “Capital mundial das histórias em quadrinhos, Bruxelas tem roteiro para fãs de HQs”

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*