Conheça os bastidores da fábrica dos pastéis de Belém, em Lisboa

Desde 1837, um casarão de azulejos azuis de Belém, bairro de Lisboa, produz um dos doces portugueses mais famosos: os pastéis de Belém.

Tudo começou quando os mosteiros de Portugal foram fechados pela Revolução Liberal de 1820 e, para sobreviver, o vizinho Mosteiro dos Jerónimos começou a fazer os tais pastéis de nata.

Mesmo distante da capital, naquela época, a região começou a conquistar clientes, devido à proximidade com endereços históricos como a Torre de Belém e o Mosteiro dos Jerónimos.

foto: Jordiet./Flickr-Creative Commons

LEIA TAMBÉM: “Ilha da madeira: a versão inusitada de Portugal”

Hoje, a situação é outra. Bondes não levam mais do que trinta minutos até o local e a casa, sempre lotada, é uma das atrações turísticas mais famosas de Lisboa.

VEJA TAMBÉM: “10 atrações diferentonas na Europa”

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*