Veja o destino no Brasil que está entre os 21 lugares do mundo para conhecer em 2019

A lista traz concorrentes de peso. Tem o selvagem Quênia, a obrigatória Paris e o isolado norte do Chile.
Mas a (nossa) melhor notícia da lista de 21 destinos mundiais que você não deve deixar de conhecer este ano, publicada recentemente pelo site Bloomberg, é o Pantanal, nos estados do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul.
Segundo nota divulgada pela Embratur, a escolha dos destinos, que incluem também Hong Kong, Malásia e Noruega, foi feita pelos “editores de tendências e correspondentes globais da agência de notícias, usando os critérios como oferta de passeios culturais, inaugurações de hotéis e novos restaurantes.”

Observação de onças, no Pantanal Norte, no Mato Grosso (foto: Eduardo Vessoni)

Transpantaneira (foto: Eduardo Vessoni)

Embora não seja tão famoso, internacionalmente, como a Amazônia, conforme lembra o site, o Pantanal é a maior planície alagável do planeta e habita de quase mil espécies de animais, segundo o ICMBio.
Localizado entre o noroeste do Mato Grosso do Sul e o sul do Mato Grosso, o Pantanal é dividido em Pantanal Norte (MT), formado por destinos como Cáceres (220 km de Cuiabá), Poconé (102 km) e Barão de Melgaço (110 km); e Pantanal Sul (MS), com destaque para cidades como Miranda (198 km de Campo Grande), Aquidauana (130 km) e Corumbá (420 km).
Em outras palavas: o Pantanal é imenso e merece planejamento para explorar essa área de 210 mil km².
SAIBA MAIS:
O que fazer no Pantanal
Quando ir para o Pantanal?
Como chegar ao Pantanal

Final de tarde na região do Rio Claro, no Pantanal Norte, no Mato Grosso (foto: Eduardo Vessoni)
Final de tarde na região do Rio Claro, no Pantanal Norte, no Mato Grosso (foto: Eduardo Vessoni)

Durante a temporada de seca no Pantanal, que costuma ir de de agosto a novembro, o menor bioma do Brasil é endereço fácil para ver animais que procuram alimento e água, às margens da Transpantaneira, entre Poconé e a localidade de Porto Jofre.
Um dos destaques da região são as saídas para observação de onças, pela manhã bem cedo e no final de tarde, quando esses felinos podem ser vistos com mais facilidade.
LEIA TAMBÉM: “Confira calendário para conhecer os melhores destinos brasileiros em 2019”

VEJA VÍDEO


LEIA TAMBÉM: “Observação de onças no Pantanal”

* com informações da Embratur

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*