Socorro, no interior de São Paulo, tem atrações a partir de R$ 20

A cidade é um dos principais destinos de aventura do Brasil e é considerada a primeira a conquistar certificação internacional para atividades de turismo de aventura.
Stand Up Paddle, no Parque Monjolinho (foto: Eduardo Vessoni)

Na Serra da Mantiqueira, no interior paulista, Socorro deixou de ser apenas um destino de malhas e águas temais para ganhar o mundo das atividades de aventura e do turismo rural bem estruturado.

Mas naquelas terras montanhosas, na divisa com Minas Gerais, os preços por ali não se contaminaram com os valores praticados em outros destinos brasileiros de aventura.

A Cidade da Aventura, como o destino ficou conhecido, tem atrativos acessíveis para todos os bolsos e para um público variado que vai dos mais tradicionais aos aventureiros.

SAIBA MAIS: “Socorro, a 140 km de SP, tem turismo rural, de aventura e polo de compras”

Confira atrações

Pedra Bela Vista (R$ 20)

Em um dos pontos turísticos mais visitados de Socorro, o local é conhecido por seu mirante, procurado nos finais de tarde com vista para a Serra da Mantiqueira e cidades vizinhas.

A Pedra Bela Vista abriga também atrações como um rapel de 98 metros (R$ 98 por pessoa), trekking em grutas (R$ 80) e o inusitado rock view (R$ 53), atividade em que os visitantes são amarrados por uma corda e se equilibram em um penhasco, a 1.250 metros de altitude.

SAIBA MAIS: “5 atividades de aventura, em Socorro, no interior de São Paulo”

Atividades aquáticas (a partir de R$ 30)

Agências locais e parques como o Monjolinho oferecem atividades como Stand Up Paddle e caiaque (a partir de R$ 30), trilhas (R$ 65 por pessoa) e passeios de quadriciclo (R$ 140, 1h com parada para banho).

Tirolesa (a partir de R$ 60)

O Hotel Fazenda Parque dos Sonhos tem day use para não hóspedes e atividades como o circuito de tirolesas.

Os valores vão de R$ 60 (circuito de 600 metros) a R$ 90 (circuito Radical com três tirolesas, totalizando 1,6 km de tirolesa.

Rafting (a partir de R$ 75)

No Rio do Peixe é possível encontrar variedade de atividades para se refrescar no verão.

O rafting por ali é um dos mais democráticos e vai da opção mais tranquila a descidas radicais, operado por agências como Rios de Aventura, PróximAventura, Aui Mauê e Mundaka.

Caverna Quebra Corpo (R$ 110)

Em área rural, a caverna tem 450 metros de desenvolvimento e é uma das maiores de granito em todo o Brasil.

O nome é autoexplicativo e é uma das experiências mais marcantes de Socorro. VEJA VÍDEO

SAIBA MAIS: “Caverna do Quebra Corpo é atividade de aventura no interior de São Paulo”

* com informações da assessoria de imprensa de Socorro

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*