Paraíso fechado: Fernando de Noronha impede desembarque de moradores

Vista parcial da pista do aeroporto de Fernando de Noronha (foto: Eduardo Vessoni)

Desde o último domingo, 5 de abril, nenhum morador poderá desembarcar nesse arquipélago, a 545 km do Recife. Em nota divulgada pela administração de Fernando de Noronha, a medida vale para os próximos 15 dias.

Determinada pelo Governo do Estado de Pernambuco, a medida proíbe também o acesso ao aeroporto local, exceto para passageiros que estejam deixando o destino. A exceção, segundo a nota, é para “funcionários do aeroporto, policiais, corpo de bombeiros e vigilância em saúde”.

Porto de Santo Antonio (foto: Eduardo Vessoni)

LEIA TAMBÉM: “Fernando de Noronha para mãos de vaca: dicas para economizar”

O Porto de Santo Antônio, principal acesso marítimo à região, também está com as atividades suspensas e todas as embarcações que chegam passam por um “rigoroso protocolo” para “investigação epidemiológica dos tripulantes”.

Os últimos turistas deixaram a ilha no último dia 21 de março, e moradores e prestadores de serviços que chegam precisam passar por uma quarentena obrigatória de sete ou 14, caso apresente sintomas.

Atualmente, Fernando de Noronha tem 22 casos em investigação e sete casos de coronavírus confirmados.

VEJA TAMBÉM: “Fernando de Noronha, a Ilha Maldita”

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*