Quatro parques nacionais do Brasil são reabertos para visitas

N

esta segunda-feira (15 de junho), o ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) reabriu mais um parque nacional brasileiro.

Com entrada gratuita pelos próximos 30 dias, o Parque Nacional de Brasília foi reaberto com restrições como redução no número de visitantes (300 pessoas por dia) e piscinas, temporariamente, fechadas.

Na semana passada, o Governo Federal já havia autorizado a reabertura do Parque Nacional de Foz do Iguaçu, no Paraná, e de outros dois no Rio Grande do Sul (Aparados da Serra e Serra Geral).

Vista aérea do cânion Itaimbezinho, em Cambará do Sul (foto: Roni Bittencourt)

VEJA TAMBÉM: “O que fazer em Cambará do Sul, a Terra dos Cânions, no Rio Grande do Sul”

O número de visitantes nos parques do Sul deverá ser reduzido até o limite de 40% de sua capacidade, observando também o distanciamento entre as pessoas.

Desde março, as visitas em todos os parques nacionais e demais unidades de conservação brasileiros estavam suspensas, por conta da pandemia do novo coronavírus.

Foz do Iguaçu (foto: Eduardo Vessoni)

VEJA TAMBÉM: “No pós-pandemia, Nordeste é preferência dos brasileiros: veja destinos diferentões”

Saiba mais

Parques Nacionais são unidades de conservação criados para proteger um determinado bioma, além de sua fauna e flora.

No Brasil, isso significa falar de áreas com mais de 400 ilhas, caverna com acesso por teleférico e até sítios arqueológicos, como os do Parque Nacional da Serra das Confusões.

Neste link, você conhece áreas de conservação que ainda são desconhecidos do grande público, do Amazonas ao Paraná, passando por Piauí, Pernambuco, Rio de Janeiro e outros estados.

foto: Eduardo Vessoni
* com informações do Ministério do Turismo

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*