Grátis e online, Festival de Jazz de Montreux terá Nina Simone, Santana e Deep Purple

E

m parceria com a Eagle Rock, a Claude Nobs Foundation e o National Museum of African American Music, esse tradicional festival de música na Suíça vai ter edição especial online, devido à pandemia de coronavírus que parou o mundo.

Ícone do verão europeu, o Festival de Jazz de Montreux, em 2020, se chamará ‘Summer of Music’ e abrirá seus arquivos de shows históricos durante 16 dias de exibição de edições anteriores, com um lineup de respeito.

A lista conta com nomes como Nina Simone (1976), Marvin Gaye (1980), BB King (1993), Carlos Santana (2004), Deep Purple (2011), Angélique Kidjo (2016), entre outros.

BB King em show de 1983, no Festival de Jazz de Montreux (foto: Divulgação)

VEJA TAMBÉM: “Artistas criam cartazes para o Festival de Montreux que não vai acontecer”

Em seus 53 anos de existência, é a primeira vez que o evento deixa de acontecer.

Programado para ocorrer, originalmente, entre os dias 3 e 18 de julho, teve que ser cancelado por conta da crise causado pela Covid-19.

Nessa cuidadosa curadoria, Montreux relembra não só a histórica 50ª edição em que Angelique Kidjo fez uma homenagem às mulheres e à África, mas também a primeira vinda do lendário bluesman John Lee Hooker (1983), o emocionante encontro entre Charles Bradley e sua platéia em 2016, um ano antes de sua morte, e o show marcante de Tom Misch, em 2019.

VEJA FOTOS

SAIBA MAIS

“54th Summer of Music”
De 3 a 18 de julho

www.youtube.com/montreuxjazzvideos

LEIA TAMBÉM: “Confira curiosidades sobre o Festival de Jazz de Montreux”

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*