5 atrativos imperdíveis na Ilha Grande

Não muito longe de São Paulo e com acesso facilitado por balsas, a Baía da Ilha Grande é um dos lugares mais exclusivos do litoral sudeste do Brasil.

Só na Ilha Grande, um dos destinos dessa baía que abriga também Paraty e Angra do Reis, são quase 200 km², mais de 100 praias e 12 enseadas.

São tantas opções de atividades que esse destino no sul do Rio de Janeiro é a viagem que não cabe na mesma viagem e sempre tem um lugar novo a ser explorado.

Confira 5 atrações imperdíveis da Ilha Grande

ENSEADA DE ARAÇATIBA
Lagoa Verde, na Enseada de Araçatiba (foto: Eduardo Vessoni

Última enseada do lado abrigado da ilha, no extremo oposto à Vila do Abraão, Araçatiba é um dos locais mais preservados do sul do Mar de Dentro.

Os destaques ficam para as pequenas e tranquilas praias Vermelha, Itaguaçu e Araçatibinha.

Com 800 metros de extensão, aproximadamente, a praia de Araçatiba é a maior delas, embora a igreja Nossa Senhora da Lapa, em plena areia, dê ares de interior com vista para o mar.

TRILHAS
Trilha para Lopes Mendes (foto: Eduardo Vessoni)

Oficialmente, são 16 trilhas em toda a ilha, uma boa opção para quem não quer depender de passeios de barco.

Uma das mais famosas é a T11, uma caminhada leve de 2 km que começa na Enseada de Palmas, na Praia do Pouso, e segue até a concorrida Praia de Lopes Mendes, no Mar de Fora.

Já a puxada T14 é uma trilha de 7 km que começa na Vila do Abraão e segue pelo antigo caminho que levava ao presídio da Praia de Dois Rios, onde dá para visitar o Museu do Cárcere.

MAR DE FORA

De águas claras e mar mais invocado por conta das correntes do mar aberto, é ali que ficam faixas de areia como Lopes Mendes, Dois Rios e Aventureiro.

O lado de fora da ilha é endereço de algumas das praias mais bonitas do litoral brasileiro e pode ser explorado em um trekking de 30 km de extensão, com pernoites em casas de pescador ou pousadas.

“O acesso de barco a esses locais é bem mais complicado e depende de condições de navegação e tipo de embarcação. Por isso, a caminhada é a melhor maneira de conhecer as praias, mangues, cachoeiras, nativos e a história da face mais selvagem da ilha”, explica Tatiana Melo, uma das guias pioneiras a atuar nesse trecho da Ilha Grande. SAIBA COMO É A TRILHA

GRUTA DO ACAIÁ

Próxima à Enseada de Araçatiba, essa fenda fica no interior de uma rocha com acesso por uma escada de madeira.

Após uma claustrofóbica “caminhada” por um corredor baixo e sem iluminação, em terreno escorregadio e úmido, a visita tem seu ponto alto em uma lagoa interior, alimentada pelas águas do mar

A gente custa a entender se é caverna com mar, mar com caverna ou um daqueles cenários surreais que ninguém se atreve a explicar.

Interior da Gruta do Acaiá (foto: Eduardo Vessoni)

VEJA TAMBÉM: “Liveaboard de mergulho na Ilha Grande”

FENDA DE JORGE GREGO

“A fenda é um dos mergulhos mais fascinantes no Mar de Fora e em toda a Ilha Grande”. Quem já mergulhou nessa ilhota em frente à enseada de Lopes Mendes sabe que a definição da instrutora Verónica Ávila não é exagero.

Mergulho na Fenda de Jorge Grego, no Mar de Fora da Ilha Grande (foto: Rafael Esteves/Captain Dive)

Em mar agitado e sem ponto de ancoragem, esse mergulho acontece no interior de uma das fendas dessa impressionante formação rochosa que tem a maior concentração de vida marinha do destino.

O ponto máximo da experiência é a subida até a superfície para ver o interior da fenda.

SAIBA MAIS: “Pontos de mergulho na Ilha Grande”

20 Comentários

  1. Prezados,
    Como Guia de Turismo Local em Angra dos Reis, agradeço imensamente por esta matéria falando sobre este destino visitado o ano inteiro por pessoas de toda parte do planeta.
    Mas uma correção precisa ser feita logo no início do texto, pois não à balsas para acesso à Ilha Grande. O acesso regular é feito por embarcações tipo Navio Barca, Lanchas Flexboat. Também é usado em casos esporádicos, Lanchas de Esporte e Recreio, Botes Taxiboat, Traineiras e Escunas.

  2. Não muito longe de São Paulo, mas exatamente no Rio de Janeiro, sim esse lugar paradisíaco está no Rio de Janeiro. Matéria interessante, porém, não entendi essa omissão!!!

  3. Ilha Grande! Natureza e lugar maravilhosos que precisam ser visitados e preservados.
    Passei minhas férias lá e em breve voltarei!
    Eu recomendo!

  4. Esse lugar é maravilhoso,meus avós nasceram no Lopes Mendes, meu pai no Caxadaxo eu fui criado em Dois Rios na época do presídio. Sempre que posso estou lá. Muito show!!
    Abraços!

  5. Estou na Ilha Grande agora.
    Amo esse lugar.
    Da próxima vez farei trilhas pro mar de fora.
    Sua beleza natural é revigorante.
    Um paraíso a ser preservado.

  6. O lugar é lindo,maravilhoso,diria mágico.Fui em 2015 a primeira vez e me apaixonei.Depois disso passei a ir todos os anos.Impossivel morar no Rio e não ter a oportunidade de conhecer a Ilha Grande.E o lugar mais lindo que já fui no Rio de Janeiro.

  7. Estive a 1 vez em 1988 , voltei por +6 vezes ainda não conheço toda a ilha ,pretendo botar muitas vezes +.
    Lugar simplesmente maravilhoso, Amo ilha grande.

  8. Tenho orgulho do meu lugar,nativa do Abraão,e agora moro na Praia do Aventureiro em ilha grande,umas das praias com mais difícil acesso,mais vale a pena conhecer,minha segunda praia q amo..

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*