Como vão ser as viagens em 2021

Se 2020 ficou marcado como o ano que não aconteceu (ainda que tenha acontecido aquilo que ninguém esperava), este 2021 mal começado traz esperanças e planos para quem pretende voltar a viajar.

Segundo levantamento* feito pela plataforma Booking.com, cinco tipos de viagens devem crescer neste ano que traz mudanças não apenas nas opções de destinos, mas também nos tipos de viagem.

Vale lembrar que viajar ainda não é seguro e deixar o país, por enquanto, continua fora dos planos. Em julho do ano passado, a própria plataforma de reservas já havia publicado outra pesquisa que apontava que 50% dos brasileiros que planejavam viajar nos 12 meses seguintes evitaria as viagens internacionais.

Ainda assim, sonhar não custa nada.

airplane near blue and grey building
Photo by 周 康 on Pexels.com

LEIA TAMBÉM: No pós-pandemia, Nordeste é preferência dos brasileiros: veja destinos diferentões”

Mesmo com as incertezas mundiais e as novas restrições de circulação em diversas cidades do Brasil e do mundo, dois terços dos viajantes brasileiros (67%) se mostraram animados com a possibilidade de voltar a viajar. Além disso, 8 em cada 10 brasileiros disseram que passarão a valorizar mais suas viagens.

E como tudo isso vem demorando muito mais tempo do que esperávamos, a nossa vontade de voltar para estrada só aumenta. Conforme explica a Booking.com, em nota enviada ao Viagem em Pauta, 65% dos viajantes do Brasil querem ver mais do mundo, e 64% desejam viajar mais no futuro para compensar o tempo perdido em 2020.

light construction tunnel architecture
Photo by MESSALA CIULLA on Pexels.com

SAIBA MAIS: “Viagens incríveis para fazer, quando tudo isso passar”

Como vão ser as viagens em 2021

1. Chega de saudade
Após tanto distanciamento, dois terços (66%) dos viajantes brasileiros entrevistados pretendem se reconectar com parentes e amigos.

Dos 28 países pesquisados, os brasileiros estão entre as nacionalidades que mais apontaram contato com os familiares e amigos mais próximos, durante a pandemia.

2. Fuga no fim de semana
Cerca de 73% dos brasileiros querem fazer viagens mais curtas em 2021.

Assim que as restrições forem suspensas, 30% dos entrevistados demonstrou também interesse em fazer uma viagem de fim de semana.

3. Viagens para descanso
86% dos brasileiros, uma das nacionalidades que mais expressou desejo de viajar, dizem que não irão subestimar as viagens no futuro.

A maioria dos viajantes do Brasil planeja uma viagem relaxante para esquecer tudo isso que aconteceu nos últimos meses.

asphalt road through cactus fields in mountainous valley
Photo by Enric Cruz López on Pexels.com

4. Viagens solo
Curiosamente, uma das tendências levantadas na pesquisa são as viagens solo.

Antes da pandemia, segundo a Booking.com, apenas um em cada quatro (25%) viajantes brasileiros planejava viajar sozinho – empatados em 1º lugar com os viajantes da Nova Zelândia no ranking global –, enquanto 39% deles afirmam agora que planejam fazer uma viagem solo no futuro.

De acordo com o site, a vontade de viajar sozinho aumentou em nível mundial, sobretudo entre indianos, sul-coreanos, tailandeses e brasileiros.

5. Viagens culinárias
O viajante brasileiro tem fome não só de estrada, mas também de experiências gastronômicas.

Sobre experimentar coisas novas, 38% dos viajantes brasileiros disseram que desejam provar e apreciar a culinária local durante uma viagem, enquanto 45% querem comer fora com mais frequência com o dinheiro economizado com as viagens para o exterior.

LEIA TAMBÉM: “5 destinos brasileiros mais procurados para o pós-pandemia”

food dinner lunch meal
Photo by Alondra Medina on Pexels.com
* A pesquisa foi encomendada pela Booking.com e realizada em julho de 2020 com 20.934 entrevistados em 28 mercados diferentes.

CONFIRA WEB STORIES

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*