Praça Roosevelt (SP) terá cortejo às vítimas da pandemia neste domingo

* Em decorrência da chuva, a  Secretaria Municipal de Cultura adiou o evento para quarta-feira, 6 de outubro, às 11h.

No próximo domingo, 3 de outubro, a partir das 16h, o entorno da Praça Franklin Roosevelt, na região central de São Paulo, será palco de um evento ecumênico.

O cortejo tem início e fim na própria praça, na face voltada para a Rua da Consolação. Ao anoitecer, velas serão acesas em tributo às 38 mil pessoas, aproximadamente, que perderam suas vidas para a Covid-19 na capital paulista.


A partir do dia 2 de outubro, sábado, a praça abrigará também um memorial temporário com 38 mil cataventos confeccionadas por membros da Escola de Samba Vai-Vai, representando todas as vidas paulistanas perdidas para a doença.

Com material reciclado da cooperativa Recifavela, na Vila Prudente, o “jardim de cataventos” contará também com uma arte pintada em mais de mil metros de muros no local, assinada pelas artistas Negana e Carol Carreiro.

Memorial da Despedida, na Praça Roosevelt, em São Paulo (foto: Rerpdoução)

VEJA TAMBÉM: “Largo da Batata terá intervenção de 11 artistas, em festival de arte de rua”

Nos finais de semana, as famílias serão recebidas por monitores e receberão fitas coloridas para que escrevam os nomes das vítimas, que então poderão ser amarradas aos cataventos.

O memorial artístico permanecerá disponível para visitação até 2 de novembro, Dia de Finados, cujo catavento em homenagem à pessoa que partiu poderá ser levado para casa.

foto: Rerpdoução

Realizadas pela Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, as ações fazem parte do projeto “Memorial da Despedida”, que tem como objetivo não só fazer um tributo às pessoas que partiram, mas também oferecer uma oportunidade às famílias e amigos de se despedirem com um ritual apropriado.

Devido às medidas que têm limitado a realização de rituais fúnebres, nos últimos 18 meses, a Secretaria Municipal de Cultura se juntou às iniciativas Luto Pela Vida e Flores Para Heróis para a realização dessa experiência memorial simbólica.

LEIA TAMBÉM: “Zoológico e Jd. Botânico são concedidos à iniciativa privada”

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*