Conheça o show de luzes na Catedral de Canela, na Serra Gaúcha

A fachada da Igreja Matriz Nossa Senhora de Lourdes, um dos principais atrativos de Canela, na Serra Gaúcha, é cenário de um espetáculo de projeção de luzes.

Por meio da técnica de video mapping, que permite a projeção de imagens e formas que acompanham o desenho arquitetônico da construção, a atração é sincronizada com um sistema de som com locução de mensagens.

Voo de helicóptero sobre a Catedral de Pedra, em Canela (foto: Eduardo Vessoni)

Segundo os organizadores, o evento “Catedral de Luzes” será contínuo e as projeções nessa construção de estilo gótico inglês terão temáticas diferentes de acordo com a época no ano.

Cada apresentação, diária e gratuita, entre às 19h30 e 20h30, conta com três projetores que geram imagens de alto brilho em superfícies curvas.

VEJA FOTOS NO LINK

Novidade em Canela

Recentemente, essa cidade a 110 km de Porto Alegre, cerca de 2h de viagem por estrada, passou a contar também com voos diretos saindo da capital gaúcha.

A viagem tem duração de 35 minutos, aproximadamente, e acontece de segunda a sábado, saindo de Porto Alegre às 12:35 e retornando à capital gaúcha às 13h35.

SAIBA MAIS: “Canela, na Serra Gaúcha, terá voo de Porto Alegre”


Canela

Um dos passeios mais inusitados desse destino a 7 km de Gramado é o voo panorâmico de helicóptero sobre a Catedral de Pedra, um percurso de cerca de 10 km, com duração entre quatro e seis minutos.

A sete km do centro de Canela fica outro atrativo imperdível da cidade, a Cascata do Caracol, uma queda de 131 metros de altura, cujas águas despencam entre rochas de formação basáltica.

Bondinhos aéreos de Canela, na Serra Gaúcha (foto: Eduardo Vessoni)

O atrativo pode ser visto dos bondinhos aéreos que fazem um percurso de 840 metros de extensão com paradas em estações com vista panorâmica da cascata.

Outra opção é o passeio que sobrevoa a Cascata do Caracol, uma viagem de 18 km, cujos voos panorâmicos duram entre 7 e 9 minutos, passando também pela Catedral de Pedra, o Castelinho do Caracol e o Vale dos Dinossauros.

VEJA TAMBÉM: “Canela é a Serra Gaúcha para curtir do lado de fora

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*