Virada Cultural 2022 terá formato inédito em São Paulo

Após um hiato de dois anos devido à pandemia de coronavírus, a Virada Cultural volta às ruas da capital paulista em 2022.

O evento é promovido pela Prefeitura de São Paulo por meio da Secretaria Municipal de Cultura, com apoio da SPTuris, e acontece em São Paulo nos próximos dias 28 e 29 de maio.


“O público está ansioso para voltar a assistir a shows e ter a experiência ao vivo do contato com os artistas frente a frente, e São Paulo é o melhor lugar para vivenciar toda essa riqueza cultural”, analisa Gustavo Pires, presidente da SPTuris, empresa oficial de turismo e eventos da cidade de São Paulo.

De acordo com nota divulgada recentemente pela Secretaria Especial de Comunicação, para promover a descentralização da cultura, a 17ª edição terá um formato inédito e será realizado em oito regiões da cidade.

foto: Paulo Pinto/SECOM

Conhecido pela programação variada que vai do teatro de rua a shows concorridos, a Virada Cultural 2022 acontecerá em locais como Butantã (Zona Oeste), Freguesia do Ó e Parada Inglesa (Zona Norte), Campo Limpo e M’Boi Mirim (Zona Sul), São Miguel Paulista e Itaquera (Zona Leste).

Os eventos terão lugar também em espaços tradicionais como o Super Vale, que engloba o Vale do Anhangabaú e o entorno, no Centro de São Paulo.

A menos de dez dias do início, porém, a Secretaria de Cultura ainda não divulgou a programação da Virada Cultural 2022.

VEJA DETALHES NO LINK

LEIA TAMBÉM: “Farol Santander e outros mirantes para ver São Paulo do alto”


Virada Cultural

O evento é conhecido pelas 24 horas de atividades artísticas com entrada gratuita, como shows, teatro, intervenções e performances, sessões de cinema, entre outras atividades espalhada por todas as regiões da cidade.

A Virada Cultural de São Paulo é inspirada no Nuit blanche (‘Noite Branca’, em português), evento com programação cultural durante toda a noite pelas ruas de Paris, capital da França.

foto: Paulo Pinto/SECOM

A versão paulista foi criada pela prefeitura do município de São Paulo, em 2005, com o objetivo de ocupar o Centro da cidade e promover a convivência em espaço público, por meio de manifestações culturais.

Uma de suas edições mais populares foi a de 2013, quando quatro milhões de pessoas acompanharam as cerca de 900 atrações em toda a cidade.

VEJA TAMBÉM: “9 destinos turísticos para conhecer no interior de São Paulo”

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*