Destinos no Brasil para viajar no inverno

No próximo dia 21 de junho (terça-feira), às 06h14, começa oficialmente o inverno no Brasil.

A estação mais fria do ano vai até o dia 22 de setembro de 2022, quando acontece o equinócio da primavera. Mas até lá, ainda tem muito Brasil gelado para conhecer.

Confira destinos no Brasil para viajar no inverno:

SÃO ROQUE
(São Paulo)

A 60 km da capital, a cidade tem trilhas, roteiro de vinhos e atrativos históricos, como o Sítio Santo Antonio, uma das primeiras propriedades de interesse histórico do Iphan.

Morro do Saboó, em São Roque (foto: Creative Commons)

SAIBA MAIS: “O que fazer em São Roque”

SOCORRO
(São Paulo)

Fora da temporada de chuvas, esse destino a 140 km da capital é ideal para a prática de esportes de aventura, atividades rurais e compras de malhas.

foto: Circuito das Águas/Reprodução

VEJA GUIA: “Socorro, a 140 km de SP, tem turismo rural, de aventura e polo de compras”

Circuito das Águas Paulista

Esse roteiro turístico no interior paulista reúne nove cidades da Serra da Mantiqueira, como Águas de Lindoia, Amparo, Socorro e Holambra.

foto: Circuito das Águas/Reprodução

SAIBA MAIS: “9 destinos turísticos para conhecer no interior de São Paulo”

S. FRANCISCO XAVIER
(São Paulo)

A 150 km da capital, esse distrito de São José dos Campos tem trilhas, mirantes com vista para a Mantiqueira e gastronomia variada.

Pedra de São Francisco, entre Monteiro Lobato e São Francisco Xavier (foto: Eduardo Vessoni)

SAIBA MAIS: “Conheça a Pedra de São Francisco”

CUNHA
(São Paulo)

Próximo de Paraty, a cidade do interior paulista tem visita a campos de lavanda, ateliês de cerâmica e trilhas na Mata Atlântica.

Final de tarde no Lavandário de Cunha, no interior de São Paulo (foto: Eduardo Vessoni)

SAIBA MAIS: “O que fazer em Cunha”

PARATY E ILHA GRANDE
(Rio de Janeiro)

No inverno, o clima é mais seco e as águas são mais frias. Porém, é a época para quem quer velejar, fazer trilhas e mergulhar em águas mais claras e sem termoclina.

Saco do Mamanguá, em Paraty (foto: Eduardo Vessoni)

SAIBA MAIS: “Como é alugar um veleiro”

SERRA CAPIXABA
(Espírito Santo)

A 90 km de Vitória, cuja cidade base é Domingos Martins, é famosa pela Pedra Azul, formação de granito que serve de cenário para trilhas de fácil acesso.

Pedra Azul, nas Montanhas Capixabas (foto: Eduardo Vessoni)

LEIA MAIS: “Montanhas Capixabas: o turismo sobe a serra”

MORRETES
(Paraná)

A menos de 70 km de Curitiba, a cidade guarda um bem conservado casario colonial e é conhecida pela viagem de trem pela Serra do Mar, a partir da capital paranaense.

Passeio de trem Curitiba a Morretes

SAIBA MAIS: “O que fazer em Morretes”

TIRADENTES
(Minas Gerais)

A 190 km de Belo Horizonte, seu bem preservado centro histórico com ruas de pedras é um dos principais destaques desse destino com trilhas e turismo rural.

foto: Alberto Lopes/Tiradentes Mais

CARAÇA
(Minas Gerais)

Construído em 1770 como a primeira igreja neogótica do Brasil, é uma das Sete Maravilhas da Estrada Real e tem 41 apartamentos para hospedagem.

Santuário do Caraça (foto: PBCM/Divulgação)

SAIBA MAIS: “Como é a “hora do lobo”, no Santuário do Caraça”

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*