LATAM cancela voos para o Chile

Com 8.112 novos casos em um único dia, segundo boletim do Ministério da Saúde do último dia 2 de abril, o Chile voltou a fechar as fronteiras para estrangeiros.

Desde o início da pandemia, é o maior número de casos em um único dia em todo o Chile, que atualmente tem 45.202 casos ativos, de um total de 1.011.485 já registrados.

Com o novo fechamento de fronteiras no Chile, a partir do próximo dia 5 de abril, a LATAM anunciou que suspenderá a maior parte de seus voos internacionais de e para aquele país.

A companhia informou que manterá uma operação reduzida durante o período da restrição, a fim de repatriar residentes ou cidadãos e estrangeiros que desejem deixar o país.

... acessar a reserva e fazer diretamente a remarcação sem custo

Quem tiver voos cancelados pode...

A medida do governo chileno foi tomada em um período não só de aumento de casos, mas também de queda brusca no número de passageiros no principal aeroporto do país, na capital Santiago.

De acordo com a Junta Aeronáutica Civil, as aéreas transportaram a partir do Chile, em janeiro e fevereiro, 384.794 passageiros em rotas internacionais, uma queda de 80,8% com relação ao mesmo período de 2020.

Atualmente, o Chile conta com 189 residências sanitárias, condição obrigatória para quem entra no Chile, ocupadas por 8.359 pessoas, de um total de 13.552 vagas disponíveis em todo o país.

No final do mês passado, a LATAM já havia cancelado também, pelo menos até o dia 9 de abril, os voos na Argentina procedentes do Brasil, México e Chile.

Chile endurece regras para brasileiros

VEJA + STORIES