Novas regras de entrada de brasileiros na França

BRASILEIROS NA FRANÇA

Assim como a maioria dos países europeus, a França divulgou novas regras de entrada de estrangeiros.

Desde 21 de julho, o "certificado COVID digital da EU” é o passe sanitário obrigatório nos locais de lazer e cultura com mais de 50 pessoas, e exclusivo para pessoas com 12 anos ou mais.

Até que o app TousAntiCovid não se estenda aos turistas, o certificado de vacina do país de origem vale como prova de vacinação.

A partir de 1º de agosto, o passe será necessário também para entrar em cafés, restaurantes, centros comerciais, hospitais e transporte de longa distância (avião, trem e ônibus).

O fluxo de viajantes entre a França e outros países está aberto de acordo com procedimentos que variam segundo a situação sanitária de cada nação, classificados por cor (verde, laranja, vermelho).

BRASILEIROS NA FRANÇA

Desde 17 de julho, todas os vacinados podem entrar na França sem restrições, independente da classificação do país por cor, como o Brasil ("vermelho").

Para isso, é precisar apresentar comprovante de vacinação completa, com vacinas reconhecidas pela European Medecines Agency), e Declaração juramentada.

BRASILEIROS NA FRANÇA

A França aceita vacinados com Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Johnson & Johnson, cujas vacinas devem seguir o seguinte cronograma:

28 dias após dose única (Johnson & Johnson)

7 dias após a 2ª dose (Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Covishield)

2 semanas após vacina em pessoas com histórico de Covid (apenas uma dose necessária)

BRASILEIROS NA FRANÇA

Para viagens aéreas a territórios ultramarinos franceses: - teste PCR (72 horas antes do embarque) OU -teste antigênico (48h).

Já os passageiros vindos de um país "vermelho", caso do Brasil, devem fornecer um teste PCR ou um teste antigênico com menos de 48 horas.

Desde 17 de junho, o uso de máscara ao ar livre não é mais obrigatório, porém exigido em locais públicos fechados.

Desde 7 de julho, os testes PCR (43,89€) e antigênicos (25€) não são mais gratuitos para turistas estrangeiros.

BRASILEIROS NA FRANÇA

edição: Eduardo Vessoni fonte: Atout France fotos/vídeo: Creative Common