‘Alien: Romulus’ ganha trailer: veja museu dedicado ao alienígena


A 20th Century Studios acaba de divulgar o material de promoção do seu novo longa, Alien: Romulus, considerada uma “experiência cinematográfica verdadeiramente assustadora do produtor Ridley Scott e do diretor e roteirista Fede Alvarez.

Nesse thriller de ficção científica e terror, que só estreia nos cinemas em 15 de agosto de 2024, o público irá voltar às raízes da franquia Alien, o Oitavo Passageiro, de 1979, em uma viagem de exploração às profundezas de uma estação espacial abandonada, onde um grupo de jovens colonizadores espaciais se depara com uma aterrorizante forma de vida.

O longa conta com Cailee Spaeny (Priscilla), David Jonsson (Agatha Christie’s Murder is Easy), Archie Renaux (Sombra e Ossos), Isabela Merced (The Last of Us), Spike Fearn (Aftersun) e Aileen Wu.

foto: Divulgação

LEIA TAMBÉM: “Confira as estreias nos cinemas brasileiros, em março”


VEJA TRAILER


Museu do Alien

Os clichês alpinos do lado de fora parecem não combinar com o mundo surreal e perturbador em exibição no interior desse museu, a 147 km de Zurique, na Suíça.

Embora não seja um acervo exclusivo de um dos maiores clássicos da ficção científica, o HR Giger Museum é dedicado ao criador dessa figura amedrontadora que estreou nos cinemas, em 1979.

O artista suíço Hans Ruedi Giger é o pai da criatura, com a qual ganhou um Oscar pelos efeitos visuais do primeiro filme da franquia, Alien, o Oitavo Passageiro, e tem seu acervo em exposição no Château St. Germain, um castelo do século 13, em Grueyéres.

Desenho de 1990, feito por Giger para Alien³, o terceiro filme da série (foto: Eduardo Vessoni)

O local impressiona pelo projeto visual com salas de paredes pretas e chão com hieróglifos em alto-relevo com obras de influências surrealistas, como esculturas, desenhos e pinturas monocromáticas em grande formato feitas com aerógrafo.

Mas, seja qual for seu grau de conhecimento artístico, o que você vai querer ver mesmo é a obra mais conhecida desse escultor, pintor e cenógrafo, morto em 2014. Tem também Alien de pé, escalando paredes e pendurado no teto, e a estatueta conquistada no Oscar, em 1980.

Como em uma tela viva em 3D, o visitante fica cara a cara com os bonecos originais criados para o ser do planeta LV-426 que alterou a rotina da tripulação da nave Nostromo.

Boneco do Alien, em Gruyères (foto: Eduardo Vessoni)

Com trabalhos de tons sombrios e cheios de detalhes, a exposição é um convite à mente humana, em uma viagem visual em que os próprios medos e pesadelos de Giger serviram de inspiração.

Assim como o artista chegou a declarar no documentário H.R. Giger Revealed, do cineasta David N. Jahn, “as coisas assustadoras me satisfazem”, misturando assim arte e suas próprias questões psicológicas, sobretudo aquelas vividas em sonhos, pesadelos e medos pessoais.

O acervo alienígena inclui também desenhos originais feitas para Alien³ (1992), detalhes do mecanismo por trás do monstro babante que aterrizou a tripulante Ellen Ripley (personagem vivido pela atriz Sigourney Weaver), além de esculturas e quadros que fazem referências ao filme.


Bar do Alien

Do outro lado da rua, a surrealidade segue no Museum HR Giger Bar, um
bar/museu com decoração e projeto arquitetônico assinados pelo próprio H.R. Giger.

Inaugurado em 2003 após uma reforma de quatro anos, o bar possui interior em forma de caverna coberto por uma estrutura de arcos que lembram um esqueleto, e as mesas de vidro são rodeadas pelas famosas cadeiras Harkonnen, outro trabalho de Giger conhecido pelos encostos que imitam uma medula espinhal.

Para estimular as sensações no bar, o artista investiu também em móveis com materiais que fazem o cliente se sentir no interior de um ser vivo como o concreto polido que imita a suavidade de uma pele animal.

HR Giger Museum Bar (foto: Divulgação)

SAIBA MAIS

HR Giger Museum
Rue du Château (Gruyères – Suíça)

Diariamente, das 10h às 18h

Ingressos: CHF 12.50 (R$ 70, aproximadamente)

hrgigermuseum.com

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*